Por que investir no exterior?

//Por que investir no exterior?

Inseguro sobre investir em outros países? Veja porque é muito mais seguro do que manter todo o seu dinheiro por aqui

Pode-se responder a indagação do título com uma outra pergunta: Por que não investir no exterior?

Hoje em dia é bastante comum viajar para o exterior, fazer compras no exterior, adquirir produtos importados, conviver com estrangeiros, etc. A globalização derrubou fronteiras em diversos segmentos da sociedade. Por que também não as derrubou nos investimentos?

O primeiro fato é de que não existe publicidade de corretoras ou bancos estrangeiros no Brasil, exceto aqueles que possuem agências aqui. O segundo fato é o comodismo do brasileiro quanto às questões financeiras. Cerca de 90% das pessoas neste país mantém todo o seu dinheiro no banco em que recebem o salário ou pagamento. Se você se encaixa neles, saiba que não existe nenhum banco brasileiro na lista dos 50 bancos mais seguros do mundo, cuja lista pode ser acessada aqui. E, veja só, nem na lista dos bancos mais seguros entre os países emergentes, encontrada neste link.

Investir no ExteriorAgora responda uma outra pergunta. Você colocaria 100% do seu dinheiro investido na Bolívia? Acredito que não, certo? Agora pergunte para algum suiço ou inglês: Você colocaria 100% do seu dinheiro aplicado no Brasil? Dificilmente responderiam sim. Percebeu como a segurança é relativa? Não é porque você nasceu em um determinado país que esse país é o melhor lugar do mundo para tudo.

Quantas moedas o Brasil teve nestes últimos 50 anos? Quantas crises de hiperinflação? Quantos calotes à dívida externa? Faça as mesmas perguntas em relação à Suiça ou Alemanha e perceberá a diferença. Em Cingapura, por exemplo, jamais houve uma quebra bancária. Quando se trata de cuidar de seu futuro financeiro e da sua família, a realidade é mais importante do que qualquer patriotismo.

Não é só uma questão de credibilidade em termos de país. Há também toda uma gama de empresas estrangeiras altamente rentáveis e com posição de destaque nos mercados globais em que você pode investir.

Para colocar em perspectiva, o mercado brasileiro de ações corresponde a apenas cerca de 1% do mercado global . Seria muita inocência acreditar que as melhores oportunidades de investimento estivessem confinadas neste 1%, por mais que nos últimos anos tenha havido um marketing forte neste sentido.

Investir no ExteriorAs únicas exceções a isso são os BDRs nível 1 não patrocinados, que são recibos emitidos por alguns bancos sendo equivalentes às ações de algumas empresas americanas e que são negociados na Bovespa e alguns fundos multimercado que investem parte do patrimônio no exterior. O primeiro está restrito a investidores que comprovem patrimônio acima de 1 milhão de reais e possuem baixíssima liquidez. Os principais fundos também são destinados apenas a investidores de alta renda e possuem custos altíssimos em comparação com produtos similares comprados diretamente nos Estados Unidos e Europa.

Para se ter uma ideia de quão pequeno é o mercado brasileiro, o Google sozinho vale hoje mais que todas as empresas listadas na bolsa brasileira. Isso porque é uma empresa que foi fundada em 1998 e que lançou as ações ao mercado em 2004. O surgimento desse tipo de empresa só é possível em países que forneçam condições para os empreendedores se desenvolverem e que tenham uma massa crítica de talentos vindos das melhores universidades, como é o caso dos Estados Unidos.

Isso é facilmente demonstrável pelas incontáveis empresas americanas que continuam a revolucionar o dia a dia das pessoas de todo mundo desde o advento do computador pessoal, do surgimento da internet e da popularização dos telefones celulares. Quantos investidores estão podendo lucrar no sucesso da Microsoft, Apple, Amazon, Intel, Oracle, IBM, entre tantas outras? Certamente poucos brasileiros.

Investir no ExteriorNão é só isso. Quantas empresas americanas passaram por períodos como a grande depressão, duas guerras mundiais, guerra do Vietnã, guerra da Coréia, chegada do homem a lua, colapso da União Soviética, guerra do Golfo e estão presentes até hoje? Resumindo de maneira objetiva: Quantas empresas americanas existem há mais de 100 anos, estão listadas em bolsa ao alcance do investidor e possuem valor de mercado acima de U$ 1 bilhão? A resposta é 372. É mais do que o total de empresas hoje listadas na Bovespa (365)! Ainda tem mais. Nada menos que 10 dessas empresas tem pagado dividendos ininterruptamente há mais de 1 século, incluindo o período da grande depressão americana. Algumas são conhecidas dos brasileiros, como a Procter & Gamble, Coca-Cola e a Colgate-Palmolive. Assim fica mais fácil entender o que significa credibilidade.

Além disso, também é possível cruzar para o outro lado do mundo, onde existem empresas atendem o país mais populoso do mundo, a China, e de lá também vendem produtos e serviços para todo o resto do mundo. Recentemente, o Ali Baba, maior empresa de comércio eletrônico do mundo, abriu capital na Bolsa de Nova Iorque. A empresa conecta empresas chinesas ao mercado consumidor local e internacional e suas vendas anuais são maiores que a da Amazon e eBay juntos. Assim como ele, muitas outras empresas chinesas altamente lucrativas possuem ações listadas seja em Nova Iorque, seja em Hong Kong e estão ao alcance do investidor internacional.

Esta é só a ponta do iceberg em termos de investimentos globais. Não se pode ficar restrito às oportunidades de apenas um país, quando outras melhores estão à sua disposição no resto do mundo.

By | 2017-08-10T14:42:53+00:00 14 de novembro de 2014|Diversificação|24 Comments

24 Comments

  1. shoemaker 02/09/2015 at 23:49 - Reply

    Saudações Investidor. Parabéns pela iniciativa de vanguarda e pela excelência do conteúdo apresentado. Conheci o site hoje e gostei muito.
    No texto voce fez referência às BDRs, e fundos que investem no exterior.
    Eu venho acompanhando esse mercado há pelo menos 1 ano e notei nos últimos meses aumento de liquidez em algumas BDRs (AAPL34 por exemplo) e, especificamente, um ETF, o IVVB11, fundo do índice S&P 500, negociado aqui na Bovespa, cujo volume já atinge a média de 1,5 milhões/dia, e que apresenta uma taxa de administração de 0,27% a.a. Talvez seja uma boa possibilidade, ainda que limitada aos assim chamados investidores qualificados, de iniciar uma diversificação visando o mercado externo.
    Se achares que se enquadra no escopo do site, gostaria de sugerir um post a respeito.
    Abçs.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 03/09/2015 at 08:26 - Reply

      Olá,

      Sim, a tendência é a liquidez das BDRs ir melhorando. Só que na Bovespa é tudo muito lento. É uma bolsa monopolista e acomodada. Não tem políticas que favorecem a abertura de capital e nem produtos modernos. Com muito custo abriram para essas BDRs, mas que são ainda muito limitadas.

      Um outro ponto negativo é que seus dividendos serão todos convertidos em reais no momento do recebimento, com desconto de taxas e impostos. Acho que atrapalha um pouco a questão de manter “poupança” em moeda forte.

      A Bolsa da Suíça tem um programa de listagem de empresas estrangeiras que já conta com mais de 500 de 26 países diferentes. Acho que seria uma opção melhor do que manter aqui. Veja a lista completa aqui.

      Abçs!

      • shoemaker 03/09/2015 at 17:38 - Reply

        É uma diferença abissal, realmente.
        Se a opção então for pelo ETF do S&P 500 ao invés das BDRs, pela política do fundo, o investidor não recebe sequer dividendos.

  2. João paulo 21/12/2015 at 20:00 - Reply

    O grande problema de enviar dinheiro para o exterior são as taxas bancárias. Só de enviar a grana via remessa internacional isso lhe custa de 3 a 5 % do dinheiro enviado… O que é muita coisa! Você sabe alguma forma de pagar menos taxas? Que banco voce recomendaria?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 21/12/2015 at 20:23 - Reply

      OLá João Paulo,

      Os únicos custos são o IOF de 0,38% e o spread nas taxas de câmbio, que variam de banco pra banco.

      Você pode encontrar um comparativo de custos entre as instituições na página do BC.

      Abçs!

      • Victor 14/04/2016 at 01:50 - Reply

        Olá investidor internacional.

        Hoje essas taxas ainda são as mesmas ?

        atenciosamente

  3. João paulo 21/12/2015 at 20:02 - Reply

    Seria MUITO útil se você criasse um post com um tutorial de como proceder para enviar capital para o exterior. Muitos iniciantes se perdem ai, como eu me perco. Alem disso, um post ensinado passo a passo a como criar conta em um banco ou corretora estrangeira seis bem útil. Fica a sugestão. Abraços!’

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 21/12/2015 at 20:25 - Reply

      Olá João Paulo,

      Em janeiro, os leitores receberão instruções mais detalhadas para abrir contas e fazer envios, além de alguns benefícios que estamos tratando com bancos e corretoras internacionais.

      Assine a lista de e-mail que receberá estas informações em primeira mão.

      Abçs!

  4. rafael guordani 11/02/2016 at 00:14 - Reply

    passo a passo para envio de dinheiro ao exterior??? ja temos?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 11/02/2016 at 06:52 - Reply

      Oi Rafael,

      Basta você passar o número de sua conta no exterior para seu banco ou corretora de câmbio.

      De qualquer forma, fica anotado para fazer um passo-a-passo.

      Abçs!

  5. Norma Maria Moura Pinto 01/03/2016 at 19:55 - Reply

    Olá! Primeiramente, parabéns pelo site. Sou aposentada e tenho uma pequena reserva em FIC na Cx Econômica Federal. Estou apavorada com as últimas notícias, hiperinflação à vista, calote, capitalização do banco etc. Quero abrir uma conta poupança simples em banco no exterior, me ajudem a fazer isso? Não sei nem como começar. Agradeço muito. Abraços. Norma

  6. Felipe Parente 02/07/2016 at 14:11 - Reply

    Estou contigo nesse pensamento. Atualmente sou investidor na Bovespa, porém logo que levantar um capital que julgo ser suficiente iniciarei os investimentos no exterior!
    Obrigado por partilhar suas experiências. Abraço.

  7. gtt 14/07/2016 at 13:36 - Reply

    Estou abrindo conta no BB america a distancia, para isso é necessário aplicar 10k dolares para a abrir a conta e manter esse saldo mínimo para evitar a manutenção mensal de $15. A vantagem é enviar dinheiro do BB para o BB america com a cotação do dólar comercial pagando apenas o IOF. Depois fazer uma transferencia para a corretora nos EUA. Tem corretoras cuja transferencia pode ser feita do BB america sem taxas via ACH. Na Drivewealth não é possível, mas o suporte disse que seria possível via dwolla. A vantagem da conta tb é ter um cartão de debito do bb america q não paga o IOF de 6.38% em compras e gastos fora.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 14/07/2016 at 15:15 - Reply

      Olá gtt,

      Obrigado pelo comentário. Espero que dê tudo certo para abrir sua conta.

      Depois conte do resultado.

      Abçs!

  8. danilo 22/07/2016 at 15:00 - Reply

    Sugestão para enviar recursos para o exterior.

    Se tiver conta no Banco do brasil, pode abrir conta no BB Americas e enviar sem taxas
    Pode utilizar o transferwise
    Banco Indusval cobra 50 dólares mais spread de 1%
    Há ainda várias outras. Esse não é o motivo para não mandar grana para fora.

  9. Alan Henrique de Souza 17/08/2016 at 20:16 - Reply

    Levando-se em conta os custos, qual seria o capital mínimo necessário para investir no exterior de forma sustentável?

  10. Fabiano 13/07/2017 at 01:55 - Reply

    Investidor, parabéns pelo excelente trabalho! Considero seriamente investir em ações de boas empresas estrangeiras. Vi a menção de empresa chinesa, mas a China já sofreu uma revolução comunista e sua ordem jurídica é pouco segura à propriedade privada, mantendo um Grande Estado centralizador… Seria prudente investir nessa empresas chinesas, diante desse quadro? Agradeço muito a valiosa atenção. Saudações cordiais.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 13/07/2017 at 15:04 - Reply

      Olá Fabiano,

      Suas ponderações estão corretas. O governo chinês não é digno de confiança.

      Por outro lado, eles têm investido pesado em tecnologia, a produção industrial do país é colossal, suas reservas de ouro estão altíssimas, o superávit da balança comercial também é bem alto e o PIB per capita chinês já supera o do Brasil. Isso com uma população 6 vezes maior.

      Falarei mais a respeito no futuro.

      Abçs!

Leave A Comment

INVISTA NO EXTERIOR COM SEGURANÇA
Receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail. Você irá aprender sobre diversos assuntos:
  • Abertura de conta no exterior
  • Investimentos internacionais
  • Abertura de empresa no exterior
  • Planejamento tributário
  • Planejamento sucessório
  • Proteção patrimonial
  • Negócios internacionais
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.
ASSINE NOSSO CURSO
Você irá receber um e-mail a cada 2 dias com artigos selecionados ensinando como investir no exterior e explicando os perigos de manter todo seu patrimônio no Brasil.
Por favor, verifique seu e-mail agora
NEWSLETTER
Assine a newsletter e receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail.
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.