Como abrir uma conta bancária no exterior – Parte 2

/, Corretora/Como abrir uma conta bancária no exterior – Parte 2

Dois bancos estrangeiros com um pezinho no Brasil e um banco brasileiro com um pezinho na Suíça

Caso não tenha lido o capítulo anterior dessa série, sugiro que veja clicando aqui.

A partir do momento em que se entende a filosofia do investimento no exterior, cujos pilares são diversificação entre moedas, acesso a novos mercados e proteção patrimonial, deve-se partir para os próximos passos.

Tanto a escolha da instituição financeira, como do país são fundamentais para quem deseja possuir uma conta no exterior.

Moedas InternacionaisÉ preciso estar atento aos fundamentos econômicos e riscos políticos do país em questão, bem como a qualidade dos ativos, liquidez e capitalização de seus bancos.

Os países que possuem sistemas bancários bem estabelecidos e que contam com bancos ao alcance dos clientes estrangeiros não residentes são:

  • Suíça
  • Liechtenstein
  • Luxemburgo
  • Andorra
  • Mônaco
  • Áustria
  • Estônia
  • Letônia
  • Ilha de Man
  • Ilha de Jersey
  • Ilha de Guernsey
  • Malta
  • Gibraltar
  • Cingapura
  • Hong Kong
  • Emirados Árabes Unidos
  • Bahrain
  • Ilhas Maurício
  • Ilhas Cook
  • Ilhas Seychelles
  • Panamá
  • Ilhas Cayman
  • São Vicente e Granadinas
  • São Cristovão e Nevis
  • Aruba
  • Anguilla
  • Antígua e Barbuda
  • Belize
  • Bermuda
  • Bahamas
  • Santa Lúcia

Conta Bancária no ExteriorNão se assuste com a ausência dos EUA e a presença de muitos pequenos países caribenhos e europeus, dos quais você nunca ouviu falar ou se ouviu deve ter sido em alguma reportagem não muito favorável sobre os chamados “paraísos fiscais”. Falaremos em mais detalhes sobre esses países em breve. Por enquanto, basta saber que esses países possuem sistemas bancários sólidos e que é perfeitamente legal escolhê-los para se ter uma conta no exterior.

A segunda etapa é vasculhar essas jurisdições e descobrir quais bancos estão presentes e quais estão alinhados com seu perfil e objetivos.

Ao escolher o banco, deve-se estar atento aos seguintes fatores:

  • Custos envolvidos com a manutenção da conta bancária.
  • As moedas nas quais é possível ter conta.
  • Disponibilidade de cartões de crédito e débito.
  • Produtos de investimento disponíveis.
  • Presença de gerente ou equipe que oriente a montar um portfolio de investimentos.
  • Se há uma corretora associada ou se é possível operar diretamente nas bolsas de valores.
  • Mercados onde é posso investir.

Segurança bancáriaA partir deste post serão listados alguns bancos mais comuns usados por clientes não residentes em todo o mundo. Não se trata de recomendação, mas apenas uma forma de expor aos brasileiros de maneira organizada as instituições financeiras que se encaixam nessa característica. Cabe a cada pessoa realizar sua própria pesquisa e investigação caso queira se tornar cliente de algum deles.

A outra questão é que as necessidades e regras são passíveis de mudança. Um banco que aceitava residentes do Brasil pode passar a não aceitar. Outro que exigia U$50 mil pode mudar para U$ 100 mil, ou reduzir de U$ 1 milhão para U$ 500 mil. Assim como as tarifas e os produtos disponíveis podem mudar de um ano para outro, sem aviso prévio. Por isso, um novo contato com o banco, de forma a saber os custos e necessidades atuais para se abrir conta nele, é fundamental.

Também é bom frisar que existe uma grande diferença entre um banco convencional voltado para o dia a dia e um Private Bank voltado para investimentos e administração de recursos. Em geral, o primeiro exige pouco investimento inicial, enquanto o segundo já exige mais recursos, tem custos maiores e possui um atendimento mais personalizado.

Pra começar, alguns bancos que possuem ramificações no Brasil.

HSBC Expat

HSBC

[Artigo escrito antes da compra do HSBC pelo Bradesco]

É um ramo do banco inglês HSBC voltado para clientes estrangeiros ou que saíram de seus países e querem ter disponível um banco com acesso global.

No caso dos brasileiros, o acesso se dá se tornando cliente Premier no HSBC local e solicitando a abertura de conta no HSBC das Ilhas Jersey.

Após a abertura de conta, todo o procedimento de transferência é feito pelo bankline e é possível possuir conta corrente em Dólar, Euro e Libra Esterlina. Também disponibiliza savings account (poupança) e outros produtos de investimento em renda fixa em cerca de outras 15 moedas.

Disponibiliza cartões de crédito Visa, MasterCard e American Express.

Em relação aos investimentos, é possível aplicar em fundos do próprio HSBC e fundos globais.

Também disponibiliza assessores de investimentos, desde que atingido certos valores de depósito.

Citibank

Citibank[Artigo escrito antes da compra do Citibank pelo Itaú]

Também é possível se tornar cliente do Citibank International Personal Bank. Uma das vantagens de ser um cliente tanto do Citibank como do HSBC é o fato de serem os bancos com a maior presença mundial. Por mais longíquo que seja o país que você viajar, é bastante provável que haja alguma agência deles por lá. Entretanto, para o cliente brasileiro do Citi, este produto só é oferecido para aqueles com disponibilidade mínima de R$ 2,5 milhões.

Por outro lado, no site do braço do banco nas Ilhas Jersey, informa a aceitação de clientes brasileiros, exigindo um mínimo inicial de U$ 100 mil. Ou seja, realizar o contato diretamente pelo site pode ser mais vantajoso caso se deseje um investimento inicial menor.

O braço de Jersey possui contas multi-moedas e oferece disponibilidade de investimentos de renda fixa, como depósitos a prazo. Também é possível investir em uma grande lista de fundos de investimento e há um serviço de corretora associado com acesso a 24 países.

Existe a disponibilidade de cartão de débito na bandeira Visa.

Para clientes com disponibilidades acima de U$ 1 milhão, é oferecido o serviço diferenciado Citi Gold, que oferece mais serviços como aconselhamento e montagem de portfolio.

Banco J Safra Sarasin

J Safra Sarasin Formado em 2011 a partir da aquisição do controle do banco suíço Sarasin pelo banco brasileiro Safra. Além de possuir a sede na Suíça, possui ramificações em diversos países europeus, além do Oriente Médio, Ásia e América Central.

Está disponível para clientes brasileiros do banco Safra que queiram investir pelo menos o equivalente a U$ 500 mil.

É um Private Bank, ou seja, voltado para administração de recursos. Possui todos serviços de assessoria financeira e de montagem de portfolio que todo banco de primeira linha possui, com possibilidades de uma vasta gama de fundos e produtos.

Como dito, é um banco voltado para clientes de alto patrimônio, com serviços que atendem os mais exigentes.

Continua na Parte 3.

By | 2017-08-10T14:42:49+00:00 5 de Março de 2015|Banco, Corretora|48 Comments

48 Comments

  1. marcos c. 06/03/2015 at 08:26 - Reply

    Outro aspecto importante é relativo ao imposto sobre herança no Pais que será aberto a conta corrente. Devemos escolher países onde o IR em caso de falecimento do titular o IR sobre herança seja pago no Brasil . Por ex. , Suiça.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 06/03/2015 at 20:12 - Reply

      Também é importante não taxar investidor não residente. Aí só é necessário declarar aqui em caso de conta pessoa física.

      Abçs!

      • F 24/07/2015 at 08:16 - Reply

        Parabéns!
        O site é excelente. Conteúdo claro e detalhado, com uma apresentação gráfica bem acima da média.
        Pelo o que eu entendi (tem uma menção a este assunto na parte 8), a conta conjunta com direitos de sobrevivência (Joint Account with Rights of Survivorship) não incide taxação sobre transferência de patrimônio nos EUA, é isso mesmo? Se for assim, a sucessão seri mais vantajosa nos EUA do que na Suíça.
        Sugestão de temas, um texto abordando as vantagens tributárias de cada país, outro falando sobre a abertura de uma conta no exterior em nome de uma empresa e os custos envolvidos.

        • Investidor Internacional
          Investidor Internacional 24/07/2015 at 08:51 - Reply

          Olá, Filipe,

          Sim, esse tipo de conta nos EUA permite que a segunda pessoa seja dona de 100% dos recursos sem taxação em caso de morte da primeira.

          Ótimas sugestões. Falaremos sobre estes assuntos em breve.

          Abçs!

  2. Investidor Internacional
    Investidor Internacional 06/03/2015 at 20:13 - Reply

    Obrigado,
    Continue participando.
    Abçs!

  3. paulo n m 07/03/2015 at 20:18 - Reply

    Tava esperando mesmo essa postagem. Queria sugerir que listasse alguns dos mínimos para deposito inicial mais acessíveis nestes bancos. No mais, obrigado. Você tá fazendo um serviço de utilidade pública fantástico. Qual seu primeiro nome?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 09/03/2015 at 14:45 - Reply

      Olá,
      Sim, nas demais opções de bancos se colocado o mínimo necessário para abertura de conta.
      Abçs!

      • Eduardo 04/09/2016 at 23:28 - Reply

        Boa noite
        Eu estou querendo abrir uma conta em um banco na Suíça, para depósitos moedas estrangeiras, o CIM BANQUE é uma boa opção?

  4. Felipe Loures 22/05/2015 at 17:24 - Reply

    Primeiramente, deixo registrado meu entusiasmo em encontrar um site com informações tao úteis e claras sobre um assunto normalmente ignorado pelos brasileiros. Parabéns e obrigado.
    Desejo remeter para o exterior um total de 50 a 100 mil dólares, mas pretendo fazê-lo aos poucos, com aportes recorrentes, para formar um preço médio de dólar. Não penso em repatriar esse dinheiro, mas gostaria de poder sacar pelo menos parte dele no exterior sem dificuldades. Daí pensei em abrir conta no HSBC ou no Citibank, dada sua presença universal. Tenho, porém, algumas dúvidas:
    1- Abertas a conta fora dos EUA (ex: ilhas Jersey), consigo sacar o dinheiro nos EUA usando meu cartao nos terminais do respectivo banco?
    2 – As contas no HSBC e Citibank tem serviço de corretora de valores integrado? Se sim, permitem investir em quais mercados?
    3- É possível transferir os valores para a conta no exterior usando o meu cartão de credito brasileiro?
    Obrigado e, novamente, parabéns!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 22/05/2015 at 23:38 - Reply

      Olá,

      O HSBC está com esse problema agora de venda da operação de varejo no Brasil. Precisaria agir rápido pois facilita abrir sendo cliente daqui primeiro.

      Em seu cartão internacional você terá a rede que ele usa e é só achar um caixa eletrônico correspondente. Neste caso, o Citibank facilita muito, pois além disso você tem ainda os caixas eletrônicos do próprio banco, que estão nas principais cidades do mundo.

      A corretora do Citi abrange diversos mercados sim, mas as taxas são salgadas. Não tenho detalhes da plataforma deles.

      As transferências para o exterior são feitas por wire transfer. É igual uma TED.

      Vou dar mais opções de bancos. Nem terminou a lista de corretoras e nem começou a lista de Private Banks. O mundo fora do Brasil é muito grande.

      Abçs!

    • Mauricio 16/09/2015 at 18:02 - Reply

      Ola Felipe, vc pode abrir conta no HSBC de miami, valor minimo de $100k, ou de NY valor minimo de $50k, a diferença que a conta de Miami vc tem um gerente exclusivo que fala português e te orienta, já em NY, só movimentação off shore.
      Recomento .

      • Investidor Internacional
        Investidor Internacional 17/09/2015 at 08:31 - Reply

        Oi Mauricio,

        Abrir conta no HSBC é mais acessível sendo Premier no Brasil. Precisa de R$ 120k. Só que precisa fazer antes que o banco mude pra Bradesco.

        Abçs!

  5. José 01/09/2015 at 01:17 - Reply

    Olá Investidor Internacional,

    A partir do contato com seu blog, fiquei com interesse em abrir uma conta em um banco para utilizar em gastos para viagens internacionais e outra conta em uma corretora para ter uma reserva financeira aplicada em outras moedas.

    Em relação à conta em corretoras, vi que é relativamente fácil e vantajoso – de USD 2,5k até 10k para deixar o dinheiro rendendo aplicado em produtos interessantes como reis, etfs, bons, etc.

    Já para contas em bancos, a partir do Brasil, não encontrei boas opções para abrir uma conta fora – por exemplo, o mínimo de 100k aplicados em sugestões do gerente do HSBC não parecem ser um negócio de primeira escolha. Outra ma escolha poderia ser o Bbamericas que pede USD 10k para deixar o dinheiro parado lá na conta para evitar tarifas mensais. A melhor possibilidade aparenta ser abrir uma conta pessoalmente em um banco fora do pais.
    Como estarei em viagem de turismo para o Panamá em novembro, você acredita ser possível abrir uma conta diretamente no Citibank de lá, para gastar em viagens futuras? A idéia é ter uma pequena reserva (que não seja tarifada periodicamente pelo banco) para gastar em lazer mesmo.
    Não tenho conta no Citibank daqui.
    Devo ficar atento a outros detalhes?

    Desde já agradeço e muitíssimo obrigado pelo conteúdo!

    • José 01/09/2015 at 01:19 - Reply

      Obs. Escolhi o Citibank por ser um banco de presença mundial e que (em tese) me permitiria sacar ou usar um cartão de crédito em muitos lugares diferentes.

      • Investidor Internacional
        Investidor Internacional 01/09/2015 at 09:22 - Reply

        Olá José,

        Sim, o Citibank é uma boa opção. Se conseguir entrar em contato com eles e se certificar que é possível abrir conta e o que é necessário, seria interessante. Citibank Panamá.

        Há muitos outros bancos que serão abordados na continuação da série “como abrir uma conta bancária no exterior”.

        Abçs!

  6. Amanda costa 27/10/2015 at 14:37 - Reply

    boa tarde,
    Excelentes esclarecimentos…mas tenho uma dúvida: abrindo uma conta no citibank ou Hsbc internacional no Brasil em um desses países tipo Panamá, Caribe minha Cta seria sigilosa ou um eventual depositante teria acesso aos meus dados, como ocorre no Brasil?
    Obrigada

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 27/10/2015 at 17:18 - Reply

      Olá Amanda,

      Cada país tem uma regra de sigilo bancário, mas em geral sim.

      Entretanto a cada dia que passa, as entidades internacionais como a OECD e o governo dos EUA estão minando o sigilo bancário mundo afora com a desculpa de combater o terrorismo ou a lavagem de dinheiro, mas o que eles querem é arrecadar mais para tapar os rombos causados por governos irresponsáveis.

      Abçs!

  7. VICTOR 28/10/2015 at 16:45 - Reply

    No Citi desde 2/10/2015 as aberturas de conta nos EUA estão suspensas.

    Pessoas com a documentação em andamento mas que não foi finalizada a abertura tiveram a conta não aberta. Isso por tempo indeterminado?

    Será que o “amado” governo do PT dará uma de Collor roubando todas as poupanças e devolvendo mixaria sem correção muito tempo depois?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 28/10/2015 at 19:45 - Reply

      Olá Vitor,

      Essa é uma má notícia.

      O Citi e o HSBC são ótimos por terem agências no mundo inteiro.

      Entretanto, ainda existem diversas outras opções para abrir uma conta fora.

      Abçs!

  8. Rogério1865 19/02/2016 at 19:25 - Reply

    1- Existe algum banco na Inglaterra ou Europa que abre conta para não residente, sem a presença física? Sou cidadão da comunidade européia vivendo no Brasil.
    2- Ainda tem como abrir conta internacional no HSBC no Brasil?
    Parabéns pelo site e muito obrigado.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 20/02/2016 at 20:58 - Reply

      Olá Rogério,

      1-Sim, tem um monte. Leia todas as partes da série, que haverá outros bancos europeus.

      2-Sim, até onde eu sei, mas precisaria confirmar na agência.

      Abçs!

  9. eduardo oliveira 08/03/2016 at 13:43 - Reply

    ola.
    Sabe dizer sobre conta de brasileiro nao residente .
    Ou seja brasileiro que vive no exterior e declarou saida definitiva do Brasil, quais bancos no Brasil abrem a conta de nao residente?

  10. Verena 26/03/2016 at 08:29 - Reply

    Olá
    Sou cliente Banco do Brasil Private e estou interessada em abrir uma conta no exterior . E fui aconselhada a abrir no BB Américas pela facilidade da abertura já que sou um cliente BB Private. . Eu pergunto : vc sabe me informar se há risco já que estou preocupada com o futuro do nosso país tentando salvaguardar um pouco das minha economias ? Entrei em contato com o Citi Bank de Miami e eles estão exigindo que se tenha um endereço residencial, sendo proprietária ou aluguel de imóvel e como não possui nenhuma dessas opções . Isso dificultou a abertura imediata no Cíti Bank . Você tem alguma observação a me dar?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 27/03/2016 at 18:21 - Reply

      Olá Verena,

      Você quer dizer risco em relação a que? Se for país, é justamente pra isso que serve ter uma conta fora do país.

      A Observação é não se apegar ao BB. Há muitas opções melhores de bancos no exterior.

      Abçs!

  11. Junior 26/04/2016 at 11:35 - Reply

    Obrigado pela matéria. Super clara e bem escrita !

  12. Eduardo 28/04/2016 at 19:06 - Reply

    Muito bom!
    Sobre a questão de como fazer o envio dos valores para o exterior, uma boa opção é a TransferWise – usei algumas vezes e acabou sempre sendo mais fácil (menos burocracia) e mais barato que as alternativas. Para enviar do Brasil cobram 2% de taxa, já incluído IOF, e a cotação é bem parecida com a do Banco Central, o que acaba sendo vantajoso.
    Com esse link dá para fazer a primeira remessa com isenção da tarifa de 2%: https://transferwise.com/u/4ef003

  13. Michael 29/06/2016 at 17:19 - Reply

    Olá eu gostaria de começar pequenos investimentos no exterior tem algum artigo falando disso aqui no site?

  14. Onassys Tupiniquin 26/07/2016 at 14:53 - Reply

    Olá Pessoal,
    Possuo dupla cidadania Brasileira / Austríaca, gostaria de saber se existe alguma vantagem em abrir conta bancária na Áustria, mesmo sendo residente no Brasil,e se alguém poderia me dar mais informações sobre investimentos, cartões de Crédito e indicar as melhores instituições financeiras de lá. Obrigado, e mais uma vez parabéns pela matéria.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 26/07/2016 at 18:53 - Reply

      Olá Onassys,

      A Áustria é um país bem indicado sim para não residente abrir conta.

      Acredito que a cidadania possa ajudar, mas não sei lhe dizer na prática.

      Na continuação da série, é provável que fale sobre os bancos de lá, mas ainda não tenho previsão.

      Abçs!

  15. Paixao 08/08/2016 at 12:46 - Reply

    Boa tarde,

    Sou cliente do Safra Brasil e me foi oferecido abrir uma conta em dolares para investimento, através de uma empresa no Safra NY. Alguns amigos meus falam que o Safra não é uma boa opção pelo custo, eu achei muito bom o atendimento em portugues e opções de comprar BONDS brasileiras pelo Safra. Outros me indicam Wells Fargo e outros bancos grandes americanos. Qual você acredita que ser a melhor opção?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 12/08/2016 at 23:07 - Reply

      Olá Paixão,

      Eu não tenho experiência com nenhum dos bancos, mas pelo jeito o Safra tem mais opções. Realmente não é um banco barato.

      Abçs!

  16. Reinaldo 17/10/2016 at 12:19 - Reply

    Citibank também já se foi…

  17. Hércules 24/10/2016 at 15:33 - Reply

    Boa tarde,

    queria abrir uma conta e deixar o dinheiro aplicado para fins de rendimento no exterior. (Como se fosse uma poupança.)
    Em qual país e qual banco é uma boa opção para eu realizar a aplicação?
    Lembrando que tenho passaporte europeu.

  18. Carlos Roberto H da Silva 07/11/2016 at 10:40 - Reply

    NETELLER é uma boa opção? Qual banco no Paraguai V.S. recomendaria? Esses bancos, NETELLER, no Paraguai inclusive o ITAU ficariam a salvo da intervenção do Governo Brasileiro, (CONFISCOS, BACNJUD etc…)?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 07/11/2016 at 14:15 - Reply

      Olá Carlos,

      Nunca usei neteller, então não posso opinar.

      Não tenho conhecimento sobre o sistema bancário do Paraguai. Realmente não é um local que me atraia para esse tipo de serviço.

      Abçs!

  19. Thiago 13/11/2016 at 20:47 - Reply

    Prezado, quais as melhores opções para quem tem até 10 mil para investir? Porque várias opções que colocou são proibitivas, afinal.. nem todo mundo tem milhares de milhares só para conseguir abrir a conta.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 14/11/2016 at 07:35 - Reply

      Olá Thiago,

      São 10 mil dólares ou reais? Se forem reais, só nos bancões americanos mesmo, mas precisaria ser pessoalmente.

      10 mil dólares tem bastante opções. Claro que restringe o tamanho da carteira, mas você pode usar ETFs.

      Abçs!

      Abçs!

  20. Guilherme 08/03/2017 at 14:11 - Reply

    Boa tarde!
    Estou abrindo uma conta nos Estados Unidos apenas para receber uma quantia referente à uma negociação internacional!! Esta conta me dará direito a um cartão Black…
    Não tenho interesse em deixar esse dinheiro nos Estados Unidos. Como faço para trazer essa quantia para o Brasil? Enviei uma CIS Bancária e o nº do Passaporte e tenho um contrato de intermediação da negociação! Esse contrato me garante a comprovação da origem do dinheiro? Esse cartão pode ser usado para compras e saques aqui no Brasil?

    Aguardo retorno!
    Abraços!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 08/03/2017 at 23:00 - Reply

      Olá Guilherme,

      Basta você transferir para uma conta aqui no Brasil.

      Você só precisa justificar pra receita esse valor.

      O cartão só vai poder ser usado se mantiver saldo lá para pagar, mas se for internacional pode usar em qualquer lugar. Só fique atento à taxas.

      Abçs!

  21. Lucia 29/09/2017 at 10:38 - Reply

    Tenho uma conta no Citibank dos EUA
    Mas não movimento á 8 anos.Estou residindo no Brasi atualmente, Gostaria de saber se posso reativa_la..obrigada..Lucia silva

Leave A Comment

INVISTA NO EXTERIOR COM SEGURANÇA
Receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail. Você irá aprender sobre diversos assuntos:
  • Abertura de conta no exterior
  • Investimentos internacionais
  • Abertura de empresa no exterior
  • Planejamento tributário
  • Planejamento sucessório
  • Proteção patrimonial
  • Negócios internacionais
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.
ASSINE NOSSO CURSO
Você irá receber um e-mail a cada 2 dias com artigos selecionados ensinando como investir no exterior e explicando os perigos de manter todo seu patrimônio no Brasil.
Por favor, verifique seu e-mail agora
NEWSLETTER
Assine a newsletter e receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail.
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.