Investimento à prova de falhas

/, Educação financeira/Investimento à prova de falhas

As 16 regras que o investidor deve cumprir para não transformar seus investimentos em pesadelos

Harry Browne foi um escritor e político libertário norte-americano. Chegou inclusive a ser nomeado pelo Partido Libertário para concorrer as eleições presidenciais dos EUA em 1996 e 2000. Defensor do livre mercado, foi analista de investimentos por mais de 30 anos. Escreveu diversos livros, que juntos venderam mais de 2 milhões de cópias e foi ainda autor do “Harry Browne’s Special Report”, newsletter financeira publicada de 1974 a 1997.

Harry BrowneFalecido em 2006, seu último livro “Fail-Safe Investing: Lifelong Financial Security in 30 Minutes“, Investimento à Prova de Falhas: Segurança Financeira Para Toda Vida em 30 minutos, introduziu as 16 regras de ouro da segurança financeira. São regras simples e fáceis de entender até por quem não tem conhecimento avançado em finanças. São úteis não só para a questão financeira, mas muitas também se aplicam a outros aspectos da vida. Quem segui-las dificilmente passará por apuros financeiros ou perderá parte relevante do patrimônio.

É o tipo de orientação que deve ser lido e relido constantemente. É só lembrar de quantas vezes porventura quebramos alguma regra e qual foi o resultado disso. Segurança financeira é importante demais para ser colocada em risco.

#1 Sua carreira é a sua fonte de riqueza.

Construa sua riqueza pelo seu trabalho e profissão. Seus investimentos serão um complemento. Não tente ficar rico apenas investindo.

#2 Não assuma que você pode repôr sua riqueza.

Não encare riscos desnecessários que possam colocar em risco sua riqueza. Lembre-se das duas primeiras regras de Warren Buffett: Número 1 – Nunca perca dinheiro. Número 2 – Não esqueça a regra número 1.

#3 Reconheça a diferença entre investir e especular.

Quando você especula, quer se sair melhor que o mercado em geral. Entretanto, no longo prazo a maioria não consegue bater a valorização do mercado.

#4 Ninguém pode prever o futuro.

Apesar de muitos analistas acertarem cenários e perspectivas futuras, é extremamente difícil a mesma pessoa acertar repetidamente.

Market Timing#5 Ninguém pode entrar e sair de investimentos nos momentos certos e lucrativos consistentemente.

Acertar market timing de maneira consistente é extremamente difícil e improvável.

#6 Nenhum trading system funcionará tão bem no futuro como funcionou no passado.

Quando se trata de sistemas de computação, eles funcionam muito bem em simulações de banco de dados. Quando aplicados com o seu dinheiro na vida real, os resultados podem ser bem diferentes.

#7 Não use alavancagem.

Com a alavancagem, você multiplica os resultados, tanto os ganhos quanto às perdas. Há chance de não só perder o investimento inicial, como ainda ter que colocar mais dinheiro para cobrir o rombo.

#8 – Não deixe que ninguém tome as decisões por você.

Investir não é complicado. Com um pouco de conhecimento básico é possível montar sua própria carteira. Mesmo após ouvir conselhos e opiniões, saiba que a decisão final é sua.

#9 Nunca invista em nada de que você não entenda.

Melhor optar pela segurança de uma investimento em renda fixa do que entrar em algum negócio que não compreenda e possa trazer prejuízos imprevisíveis.

Lehman Brothers#10 Não dependa apenas de um investimento, instituição ou pessoa para a sua segurança.

Divida suas aplicações em diversos tipos de investimento e em mais de uma instituição financeira.

#11 Construa um portfólio à prova de falhas para sua proteção.

Vamos entrar em mais detalhes sobre isso no próximo artigo.

#12 Especule somente com dinheiro que você pode perder.

Se deseja especular, separe este valor da sua carteira de investimentos principal. Seja para investir em alguma nova tendência ou empresa, em caso de erro, a perda deste dinheiro não impactará seu patrimônio-base.

#13 Mantenha alguns investimentos fora do país em que vive.

É o fundamento que norteia nosso site. Nunca deixe todo o seu patrimônio ou dinheiro sob o poder de um só governo. Você ficará extremamente exposto e vulnerável.

#14 Fique atento com esquemas feitos para evitar impostos.

Existem maneiras legais de reduzir impostos. Procure conhecê-las e não tente enganar a Receita.

#15 Divirta-se.

Seu dinheiro não servirá para nada, se você não reservar um valor para gastar e aproveitar a vida.

#16 Na dúvida, opte pela segurança.

Melhor deixar passar uma oportunidade de ganhar dinheiro do que acabar entrando em uma cilada.


E você, o que achou das regras? Já segue alguma? Já desobedeceu alguma? Escreva nos comentários.

By | 2017-08-10T14:42:46+00:00 10 de Maio de 2015|Diversificação, Educação financeira|23 Comments

23 Comments

  1. trader lusitano 10/05/2015 at 22:30 - Reply

    Excelente resumo.

  2. Cassio 11/05/2015 at 22:14 - Reply

    ótimo post, como sempre… parabéns pelo site!

  3. Farinazzo 12/05/2015 at 00:18 - Reply

    “#14 Fique atento com esquemas feitos para evitar impostos.
    Existem maneiras legais de reduzir impostos. Procure conhecê-las e não tente enganar a Receita.”

    O sócio oculto, o governo, abocanha boa parte dos nossos ganhos. Vc poderia discorrer mais sobre soluções tributárias em investimentos ? E parabéns, pelo site. Sou investidor na Bovespa desde 2007 e estou diversificando meus investimentos graças a iniciativas como a sua que promovem a facilidade para ser um investidor internacional,sem ficar no lugar comum, contribuindo com material inédito de excelente qualidade. Desde 2009 não via uma iniciativa tão objetiva e fantástica de nova categoria de investimentos como a sua proposta.Continue com o belo trabalho!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 12/05/2015 at 11:38 - Reply

      Olá,

      Por exemplo, uma maneira simples de não incidir impostos com a venda de ações é limitar as vendas dentro do mesmo mês. Até 20 mil é isento para ações brasileiras e até 35 mil é isento para ações estrangeiras.

      No futuro entraremos em mais detalhes sobre a questão tributária.

      Abçs!

      • Farinazzo 08/06/2015 at 19:03 - Reply

        Obrigado! Vamos aguardar!

  4. Daniel 13/05/2015 at 22:28 - Reply

    Parabens pelo site!
    Estou sempre acompanhando!
    Como IR eh um assunto que tenho mto interesse, estou esperando ansiosamente este post sobre IR!

    Valeu!!

  5. marcos 21/05/2015 at 19:54 - Reply

    Boa Noite

    Com a liquidez existente hoje nos mercados mundiais e com os BC ainda injetando dinheiro no mercado , o que seria uma aplicação segura em caso de alta dos juros americanos ou até uma crise internacional ?
    Os fundos de bonds , imobiliários , ações não estariam sujeitos a uma flutuação muito alta das cotas?
    Não seria mais prudente deixar uma boa parte do capital em conta corrente ou aplicar em bonds com vencimento p/ 2 a 3 anos?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 21/05/2015 at 23:20 - Reply

      Olá,

      Esse é o maior problema no mundo desenvolvido. O Excesso de liquidez.

      Para se proteger uma alta de juros existem algumas opções:

      Aplicar em títulos de curto prazo, cujo duration (volatilidade em relação às taxas) é menor.

      ETF de renda fixa com Hedge para a taxa de juros.

      Produtos estruturados. Um exemplo hipotético: Se os juros forem menores que 1,5%, o produto de paga 1,5%. Se os juros estiverem entre 1,5% e 4% ele te paga os juros. Se os juros passarem de 4%, você recebe 4%.

      Deixar em cash mesmo.

      Abçs!

  6. marcos 22/05/2015 at 10:58 - Reply

    Obrigado pelas respostas . Você teria sugestões (inclusive p/ a carteira mensal) de ETF de renda fixa com hedge p/ a taxa de juros e produtos estruturados?
    Você sabe o motivo das quedas dos REITS suiços em maio ?
    Seria a hora de vendê-los ?

    Abs

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 22/05/2015 at 11:40 - Reply

      Olá,

      Um exemplo de ETF com hedge pra subida de juros é esse: https://www.proshares.com/funds/ighg.html

      Geralmente REIT é bastante sensível à subida de juros, pois operam alavancados com dívida e juros mais altos significam aumento da dívida.

      Não acho que seria hora de vendê-los. Não é aquele investimento que vai te deixar milionário, mas é uma fonte de renda constante em franco suíço.

      Abçs!

  7. marcos 22/05/2015 at 15:27 - Reply

    Boa Tarde e mais uma vez fico agradecido pelas respostas.
    E aproveito p/ comentar alguns outros pontos.

    Na direção contrária dos bonds de curto prazo , temos os bonds perpétuos , como por exemplo os do Banco do Brasil , que pagam juros em torno de 9% ao ano (em dólares) .
    P/ o investidor que está pensando em renda e p/ o longo prazo não seria uma ótima estratégia , mesmo que o valor de face desvalorize em algum períodos?
    O risco de crédito seria pequeno , correto?Lembrando a regra no 10 do post de diversificar as aplicações

    Abs

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 22/05/2015 at 23:16 - Reply

      Existem diversos títulos de empresas brasileiras, como Banco do Brasil, BMG, Votorantim, Títulos do governo, emitidos em dólar e euro sendo negociados em bolsas européias.

      O Valor de face do título pode até ser de 9%, mas a preço de mercado secundário estará pagando bem menos que isso. O fator limitante é que a maior parte desses títulos negocia a lotes de U$100.000,00. Os títulos do governo negociam a cerca de U$ 20.000,00 por lote.

      Abçs!

  8. Felipe 23/05/2015 at 16:01 - Reply

    Quais outras obras você recomenda para quem quer começar a investir?

    Tive uma queda dura a pouco tempo e preciso voltar a me restabelecer, mas quero aproveitar e voltar a fazer investimentos com um planejamento melhor. Antigamente eu apenas deixava o dinheiro render na renda fixa e o máximo que fiz de investimento foi em uma start-up e logo vendi minha parte com um pouco de lucro.

  9. marcos 28/05/2015 at 18:54 - Reply

    Boa Noite

    Voltando ao assunto de compra de bonds de empresas brasileiras , independente da limitação dos valores dos lotes , o que aconteceria com o risco de crédito em caso da situação do Brasil piorar (ainda mais) e perdermos o grau de investimento ou em caso de um aumento substancial do valor do dolar?
    Você vê risco de default em bonds quase soberanos (Banco Brasil , Caixa Federal e etc ) ou de empresas privadas como Itau , Vale e etc

    Abs

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 28/05/2015 at 22:24 - Reply

      Olá,

      Qualquer estresse no Brasil que leve a perda de confiança no país e nas empresas daqui levarão a desvalorização dos bonds.

      Inclusive é o que está acontecendo agora, sendo de forma mais aguda na virada do ano.

      Com a desvalorização, os título passam a pagar mais proporcionalmente, refletindo o aumento do risco.

      Acho que o risco de default é pequeno. As empresas são lucrativas e as reservas internacionais do Brasil estão intactas.

      Abçs!

  10. marcos 29/05/2015 at 09:58 - Reply

    Bom Dia

    Veja algumas oportunidades existentes hoje em bonds da Petrobras e Vale(valores de lote em US$ 20 mil)

    – Petrobras vencimento em 2044 (codigo ISIN US71647NAK54)
    valor 98,29% do valor de face e juros de 7,25%

    – Vale vencimento em 2039(US91911TAK97)
    valor 98,12 % e juros de 6.875%

    P/ o investidor de longo prazo , não seria uma boa opção , mesmo que os títulos percam valor quando normalizar os hros nos EUA ?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 29/05/2015 at 11:14 - Reply

      Olá,

      Essa decisão é bastante particular. Procure avaliar estes títulos dentro de todo o contexto da carteira.

      Eu acho que facilita você definir sua alocação de ativos e ir preenchendo cada alocação com os papéis que julgar interessantes.

      No contexto atual eu evitaria títulos tão longos, porque são muito voláteis. Acho que você pode até estar preparado para levar o título até o vencimento, só não sei se a Petrobras estará preparada para te pagar. 🙂

      Abçs!

  11. Milton 12/09/2015 at 15:45 - Reply

    Prezado Investidor Internacional,

    Primeiramente, parabéns pela iniciativa e pelo conteúdo! Uma questão que eu queria colocar é a seguinte: mesmo estudando e adquirindo experiência com os mercados internacionais, me parece que sempre fará falta ter ao seu lado alguma pessoa mais experiente e confiável analisando suas escolhas e fazendo ponderações a respeito. Eu sei que os bancos, especialmente na área de Private Banking, disponibilizam consultores de investimentos nesse sentido, porém além de menos acessível esse tipo de consultoria nos bancos sempre me pareceu menos confiável, uma vez que o principal foco do banco não é o lucro do cliente, mas sim o dele próprio. O ideal, a meu ver, seria contratar um consultor independente e idôneo, com quem o investidor se sentisse confortável em discutir a fundo a alocação e estratégia da sua carteira. Você sabe se existem instituições ou consultores independentes no Brasil que prestem esse tipo de serviço para investidores internacionais?

    Abraços!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 12/09/2015 at 20:39 - Reply

      Olá,

      O mais comum nesse caso é o uso de Private Banks, mas o serviço em geral não é barato e exige valores iniciais maiores do que abrir uma conta em uma corretora convencional por exemplo.

      No Brasil, o único serviço em relação a investimentos internacionais, até onde eu sei, é a venda de fundos.

      Abçs!

Leave A Comment

INVISTA NO EXTERIOR COM SEGURANÇA
Receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail. Você irá aprender sobre diversos assuntos:
  • Abertura de conta no exterior
  • Investimentos internacionais
  • Abertura de empresa no exterior
  • Planejamento tributário
  • Planejamento sucessório
  • Proteção patrimonial
  • Negócios internacionais
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.
ASSINE NOSSO CURSO
Você irá receber um e-mail a cada 2 dias com artigos selecionados ensinando como investir no exterior e explicando os perigos de manter todo seu patrimônio no Brasil.
Por favor, verifique seu e-mail agora
NEWSLETTER
Assine a newsletter e receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail.
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.