8 conselhos financeiros que todo brasileiro deveria ouvir – Parte 2

//8 conselhos financeiros que todo brasileiro deveria ouvir – Parte 2

Conselhos fundamentais para quem preza uma boa educação financeira

Dando continuidade ao post anterior, vamos falar de mais quatro conselhos. Se você não leu o último artigo, com os primeiros conselhos financeiros, leia antes, pois há alguns conceitos que irão lhe ajudar a entender o que será dito agora.

Lembre-se de não basta querer investir sem possuir a mentalidade e o conhecimento corretos. Conhecimento para saber em que terreno se está pisando e a mentalidade que transcende a questão financeira e lida com algo mais complexo como liberdade e segurança. Já comentei sobre isso no artigo que fala o porque de investir no exterior. Dê uma lida depois.

Bom, vamos aos 4 novos conselhos financeiros que todo investidor brasileiro deveria saber:

5- Pare de gastar dinheiro com besteira

Esse é um terreno arenoso, pois o que pode parecer besteira para uns, pode parecer essencial para outros. Entretanto, não é esse exatamente o ponto.

Gaste com as coisas que você efetivamente goste, use e que caibam no seu orçamento.

Vamos a alguns exemplos da vida real. Sujeito gasta 100% das economias para comprar um carro de luxo. Erro número 1: gastar todas as economias. Erro número 2: não perceber os gastos extras como seguro mais caro, IPVA mais caro, manutenção mais cara e consumo maior de combustível. Conclusão, dois anos depois teve que vender o carro por valor bem mais baixo.

“Há pessoas demais que gastam o dinheiro que ganham para comprar coisas que elas não querem para impressionar pessoas de quem elas não gostam.” Will Rogers

Casal compra uma casa na praia e faz uso no máximo 15 dias por ano. Só o custo da casa e da manutenção daria pra passar uns bons meses em hóteis 5 estrelas no Caribe e na Polinésia Francesa. Se pelo menos alugasse, já se tornaria um investimento e não um passivo gerando despesas. Agora, se a pessoa tem um barco ou uma casa na praia, não faz dívidas para comprar ou mantê-la, gosta de usar, faz uso frequente e ainda consegue economizar, perfeito! Se não usar parte do que se ganha para se divertir, a vida não faz sentido.

Educação FinanceiraOutro erro é comprar um monte de roupas, bolsas e sapatos caros, usar uma vez e largar no fundo do armário. Tem algum evento social e quer ficar bonito? Alugue!!! Há vários sites que permitem aluguel dos mais variados acessórios e que vai fazê-lo economizar milhares de reais ao longo dos anos.

Riqueza não ter uma pilha de coisas entulhadas em casa ou imóveis e carros cujas despesas você não pode pagar. Riqueza é acumular ativos, sejam ações, títulos, imóveis para investimento, participações em negócios, coisas que geram dinheiro para você e não despesas extras.

“Nós deveríamos viajar leves e viver de maneira simples. Nosso inimigo não são as posses, mas o excesso.” John R.W. Stott

Conselho número 5: Pare de acumular tralhas que você não usa.

6-Entre no mercado financeiro

Qual o maior erro das pessoas que entram no mercado financeiro?

É achar que o mercado financeiro vai deixá-los ricos.

Não, o mercado financeiro não vai lhe deixar rico. O que vai lhe deixar rico é o que eu falei na lição número 2, o seu trabalho. Os ativos financeiros lhe ajudarão a preservar e a crescer seu patrimônio, bem como lhe fornecer uma renda alternativa.

Quem entra no mercado para ficar rico rápido, tende a perder rápido. Além disso, essa mentalidade do enriquecimento rápido é o que faz as pessoas gastarem fortunas em loterias, ou outros golpes que vez ou outra aparecem, sejam “bois gordos” ou “avestruzes”.

Não existe segredo para investir. Quem deseja ter sucesso nos investimentos, primeiro deve adquirir um sólido conhecimento básico. Deve saber os príncipios de investimento. Para isso, ler bons livros a respeito é importantíssimo. Quer saber quais?

Pai Rico Pai Pobre

Quem Pensa Enriquece

O Homem Mais Rico da Babilônia

A Filosofia Bastter de Acumular Patrimônio

Adeus Aposentadoria

Acho que são 5 livros simples e básicos que tira qualquer um da ignorância, além reforçar e dar mais embasamento para aqueles que já investem. Todos com versão em português, os dois últimos de autores brasileiros.

Educação FinanceiraCom esse conhecimento básico, já é possível discutir melhor com gerente de banco ou mesmo algum assessor de investimento. Falar com profissionais, sem o mínimo de conhecimento, pode ser bastante prejudicial, pois muitos funcionários de bancos e instituições financeiras pensam mais em satisfazer seus superiores do que seus clientes.

Quer saber se você foi passado pra trás pelo gerente do banco? Veja se você possui dinheiro aplicado em Título de Capitalização. Se tiver, você foi.

“Quantos milionários você conhece que ficaram ricos investindo na poupança? Não preciso dizer mais nada.” Robert G. Allen

Além disso, deve-se ter em mente três pontos para se investir:

  1. Manter sua carteira de investimento simples. Não invente nada mirabolante ou que você não conheça.
  2. Pensar no longo prazo e saber que altos e baixos acontecerão.
  3. Saber que não há atalhos. O crescimento dos investimentos demora e leva tempo. A própria curva de juros compostos mostra isso. O crescimento rápido se dá após muitos anos.

Entenda que as duas coisas andam juntas. Sua capacidade de gerar riqueza pelo seu trabalho, investindo em você, e seu conhecimento de finanças para potencializar o que você gerou pelo trabalho.

Conselho número 6: Adquira conhecimento para entrar no mercado financeiro.

7- Acabe com as dívidas

Pra falar em dívida, prefiro começar pela citação de Einstein:

“Os juros compostos são a oitava maravilha do mundo. Quem entende isso, ganha; quem não entende, paga.” Albert Einstein

Quem sabe o mínimo de matemática sabe que juros são ótimos quando se está recebendo e péssimos para quem está pagando. É algo que se multiplica por conta própria com o passar do tempo e faz a felicidade de alguns (bancos) e tristeza de outros (devedores).

Educação FinanceiraPra piorar, a dívida da pessoa física, seja empréstimo pessoal, financiamentos de carro e casa, cartão de crédito e cheque especial costumam ser mais altas do que qualquer investimento financeiro que se possa fazer. No Brasil, essa diferença entre o custo dos bancos para captar recursos e os juros que eles ganham para emprestar, chamado spread bancário, é o maior do mundo.

É bizarro, mas há pessoas que ao mesmo tempo tem uma dívida de mais de 1% por mês e mantém aplicação na poupança, rendendo em torno de 0,6%. Está literalmente jogando dinheiro fora. Por isso é tão importante o conhecimento financeiro e não se meter em dívidas.

Ter dívida significa duas coisas:

  1. Você comprou algo que não tinha capacidade de comprar.
  2. Parte do que você produz será usada para pagar juros para quem lhe emprestou o dinheiro.

Se não possui capacidade para bancar certos gastos ou comprar certos produtos, simplesmente não compre. Tenho uma grande curiosidade em saber como será daqui 20 anos a vida de bancários e motoristas que gastam mais de R$ 3 mil reais para comprar um iPhone no dia do lançamento. Será que não estarão reclamando do preço do convênio médico ou dos remédios, enquanto duas dúzias de iPhones apodrecem no fundo da gaveta?

Outra dívida comum e que muitos hoje ainda fazem é entrar em um financiamento imobiliário logo depois do casamento. É umas das piores decisões que alguém pode fazer na vida. Fora o fato da pessoa passar décadas com uma dívida alta, poderá perder diversas oportunidades, seja para investir em si mesma (por falta de recursos), seja para assumir cargos mais elevados ou propostas de trabalho melhor em outras cidades. E caso queira mudar de ideia, devolver o imóvel ou querer vendê-lo nessa situação pode gerar um grande prejuízo.

Educação FinanceiraVeja como é algo surreal acreditar que é uma boa decisão financeira economizar no cafezinho, mas achar que gastar R$ 500 mil ou mesmo R$ 1 milhão em uma casa ou apartmento é um gasto “normal” e que não interferirá no futuro financeiro. São esses grandes gastos que impactam suas finanças, não os pequenos.

Não tenha gastos desnecessários e fora da sua realidade só porque seus pais, amigos ou parentes tiveram. Tome suas próprias decisões. Veja o que é mais adequado para você. Viva sua própria vida.

“Nunca gaste dinheiro antes de tê-lo.” Thomas Jefferson

Quer algumas dicas simples para eliminar as dívidas?

  • Venda algo para pagá-las. Pode ser algumas das tralhas que você descobriu não precisar mais.
  • Cancele algum serviço não-essencial, como TV a Cabo ou assinaturas de revista.
  • Pegue o plano de celular mais barato.
  • Trabalhe mais. Faça hora extra, bicos, vire motorista do Uber nos finais de semana. Trabalho é o que não falta.
  • Faça compra em supermercados mais baratos e experimente marcas de menor preço.
  • Reduza alimentação fora de casa.
  • Só compre o que estiver em promoção.
  • Troque uma dívida com juros altíssimos (cartão de crédito ou cheque especial) por outra com juros menores (empréstimo pessoal).
  • Tenha uma vida mais simples de maneira geral.
  • Evite desperdiçar água e energia elétrica em casa.
  • Troque a diversão paga (ir ao cinema) pela diversão grátis (ir ao parque).

Não tenha dúvidas de que os sacrifícios que são feitos para se enriquecer são muito menores que aqueles feitos para pagar dívidas. Enquanto no primeiro você está sendo beneficiado, no último você está sendo escravizado. Dívidas consomem não só o seu dinheiro, como também a sua liberdade.

Conselho número 7: Viva dentro da sua capacidade. Não faça dívidas.

8-É possível ficar rico partindo do zero

Mais uma vez, vou pegar a lista de bilionários da Forbes. Das 100 pessoas mais ricas do mundo, 27 receberam herança e 73 criaram a fortuna por conta própria. Desses, 36 tinham pais pobres e 18 não concluíram faculdade.

Agora veja, 8 deles estavam em situação pior que a de muita gente que está lendo este texto.

  • 3 eram órfãos
  • 1 é filho de trabalhador de ferrovia
  • 1 é filho de soldador
  • 1 é filho de taxista
  • 1 é filho de trabalhador rural
  • 1 é filho de serralheiro

Claro que não significa que é fácil sair de uma situação adversa e ser dono de uma fortuna como a deles. São pessoas extremamente competentes e fora do comum. Significa apenas que é possível subir na vida pelos seus próprios esforços. Há um infográfico interessante sobre esses dados.

Ao invés de colocar a culpa nas injustiças do mundo, no governo ou na falta de oportunidades, olhe para você mesmo e veja o que você está fazendo para melhorar sua condição. Geralmente o sucesso está mais relacionado ao fator pessoal do que a fatores externos. Claro que sem levar em consideração situações extremas, como morar em Cuba, na Coréia do Norte, Síria ou outros locais inóspitos.

Educação FinanceiraSabe como você pode faturar R$ 1 milhão? Tenha lucro de 1 real por produto, vendendo-o para 1 milhão de pessoas! Ou lucro de 2 reais vendendo para 500 mil pessoas. Que tipo de produto 1 milhão ou 500 mil pessoas compram? Faça seu brainstorm e verá que as possibilidades são infinitas.

Muitos instrumentos estão disponíveis praticamente de graça na internet, como já falei na parte de educação. Você não precisa de uma fortuna para fundar uma empresa ou construir uma fábrica. Não é necessário ter estudado nas melhores faculdades ou feito MBA no exterior. Também não precisa de um escritório em um prédio envidraçado na Faria Lima ou uma equipe de PHDs trabalhando pra você.

Você precisa adquirir o conhecimento correto, saber que é possível, encontrar o serviço ou produto que as pessoas pagariam para ter e colocar tudo em prática. Em 3 passos:

  1. Ter um sonho.
  2. Ter um plano para realizar esse sonho.
  3. Desejo de trabalhar duro para colocar o plano em prática.

Percebeu que inventar desculpas não está nesse caminho?

Quer saber os tipos de habilidade que é preciso desenvolver para ter sucesso na implantação dos seus planos e que não são ensinados por educação formal?

  • Saber se comunicar de forma eficaz
  • Saber se relacionar (criar um network)
  • Ser criativo
  • Saber negociar
  • Saber se adaptar a situações adversas
  • Procurar melhorar sempre nos aspectos físico e mental
  • Tentar ser o melhor naquilo que você faz
  • Lidar com críticas e comentários negativos

Não tenha medo de falhar. Enquanto no Brasil as pessoas preferem a segurança de um emprego por medo de errar em um negócio próprio, nos Estados Unidos, falhar faz parte do jogo. Quer uma lista de pessoas que antes de alcançarem o sucesso, falharam e foram a falência?

  • Henry Ford
  • Donald Trump
  • Walt Disney
  • HJ Heinz
  • Coronel Harland Sanders (fundador do KFC)
  • Lawrence Ellison (fundador da Oracle)
  • Richard Branson (fundador da Virgin)

O sucesso não acontece por acaso. É preciso conhecimento, muito trabalho e perseverança para chegar lá.

Conselho número 8: O seu sucesso só depende de você.

Todos esses conselhos não terão nenhum efeito se você mantiver-los apenas no plano teórico. É preciso colocar em prática, sair da zona de conforto. Não espere o sucesso profissional e financeiro cair no seu colo, pois as probabilidades de isso acontecer são mínimas. O sucesso escolhe quem trabalha duro e faz o que as pessoas acomodadas apenas sonham.

E você, segue algum conselho? Tem algum conselho a mais para dar? Use os comentários abaixo e deixe sua opinião.

By | 2017-08-10T14:42:35+00:00 20 de dezembro de 2015|Educação financeira|34 Comments

34 Comments

  1. Robson Correa 20/12/2015 at 23:35 - Reply

    Excelente complementação, Investidor Internacional.

    Tem um trecho do livro De Zero a Um, do Peter Thiel (co fundador do PayPal) que ilustra muito bem a parte final de seu post.

    “Você pode esperar que o futuro assuma uma forma definida, ou pode trata-lo como obscuramente incerto. Se tratar o futuro como algo definido, faz sentido entende-lo de antemão e moldá-lo. Se você espera um futuro indefinido, regido pela aleatoriedade, desistirá de tentar dominá-lo. Para um otimista definido, o futuro será melhor do que o presente se ele planejar e trabalhar para torna-lo melhor. Os otimistas definidos lideram o mundo ocidental(…) Comece a rejeitar a “tirania injusta do acaso.” Você não é um bilhete de loteria.

    No aguardo pelas novidades do blog em 2016!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 21/12/2015 at 06:05 - Reply

      Olá Robson,

      Exatamente. Se você não se esforçar para criar o seu futuro, deixará que os outros criem pra você e daí não se podeesperar muita coisa.

      Abçs!

  2. Marcelo Bortolotto 21/12/2015 at 05:01 - Reply

    Parabéns pela iniciativa em disponibilizar este material de excelente qualidade.
    Há um pouco mais de 1 ano venho estudando sobre educação financeira pela internet e muita coisa mudou para melhor em termos gerais na vida da minha família.
    Portanto as pessoas no Brasil não entendem que conhecimento adquirido é poder de escolha com consciência e preferem ficar dependendo de parentes, culpando o chefe ou ainda dependendo de governos populistas corruptos .

    Abraço,

    Marcelo

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 21/12/2015 at 06:07 - Reply

      Olá Marcelo,

      Conhecimento e responsabilidade andam juntos e devem objetivar uma melhor segurança para a família.

      Quanto menos depender dos outros, melhor.

      Abçs!

  3. Tiago Maciel 21/12/2015 at 09:45 - Reply

    Cara, parabéns pelo seu Website. Informações muito pertinentes e muito bem escritas para quem procura aprender.

    Obrigado por compartilhar seu conhecimento.

  4. Dema 21/12/2015 at 10:24 - Reply

    Bom artigo. Infelizmente falta educação na forma ‘mais ampla’ para a grande maioria do povo, então esperar que tenham ‘educação financeira e de consumo’ é quase impossível.
    A mudança de mentalidade para muitos não depende somente dele próprio, me refiro aqueles que não puderam ter uma educação mínima.
    Acreditem, fiquei sabendo hoje que uma pessoa idosa que já se foi há uns poucos anos, guardava suas economias embaixo do colchão!
    Boas festas e excelente 2016.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 21/12/2015 at 12:18 - Reply

      Olá Dema,

      Enquanto a maioria das pessoas continuar na ilusão de que é serviço do estado fornecer serviços de educação, nunca teremos uma educação mais ampla e de qualidade.

      Um bom sistema educacional é consequência de uma sociedade livre e não a causa.

      Se essa pessoa idosa tivesse guardado dólares embaixo do colchão, teria feito a decisão correta.

      Abçs!

  5. Bruno 21/12/2015 at 15:26 - Reply

    Excelente artigo. Vim lendo a partir dos links anteriores e logo as abas do browser estavam lotadas de horas de leitura e conhecimento útil. Acrescentaria um que acabei de colocar me prática a última fase: largar as discussões improdutivas em redes sociais e ir cuidar da própria vida.

    Nos últimos cinco, seis anos, me tornei um “especialista em discutir com anônimos e não especialistas sobre qualquer ponto de vista” e isso me roubou (literalmente) alguns anos nos quais eu poderia estar trabalhando no crescimento do meu patrimônio; como faço agora e é um dos motivos pelos quais frequento esse site.

    Absorvo o que há de útil em redes sociais (o que ainda é possível, basta ter um filtro rígido) e ignoro o resto. Abro exceções para emitir opiniões em casos como esse, no qual o autor merece todo e qualquer feedback por colaborar com algo tão precioso para cada um de nós que deseja uma vida melhor.

    O resto, se quiser minha opinião de leigo que pague por ela…rs

    Obrigado!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 21/12/2015 at 15:49 - Reply

      Olá Bruno,

      Ótima dica a de abandonar discussões com desconhecidos nas redes sociais. Em geral só te consome e não acrescenta nada.

      Minha vida “virtual” melhorou quando troquei os bate-bocas por troca de ideias com pessoas que realmente têm algo de útil a acrescentar.

      Abçs!

  6. Bruno Farinazzo 21/12/2015 at 16:07 - Reply

    Excelente conteúdo! Obrigado por compartilhar!

  7. Rodolfo Oshiro 21/12/2015 at 19:14 - Reply

    Boa….. e deve tá feliz da vida né .. olha disparada do dólar de novo.. rs ..

  8. Rodrigo 21/12/2015 at 23:28 - Reply

    Já estudo e leio há uns 3 anos o tema da educação financeira e investimentos, e os resultados são animadores!!Ainda não sou milionário…rsrs Mas penso que é possivel…
    Sou novato no site e gostei bastante do que li até o momento, e espero pelas dicas sobre investimentos no exterior, porque, o andar da carruagem nacional está em marcha-a-ré com toda a força!!!
    Parabéns pela iniciativa!!!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 22/12/2015 at 07:25 - Reply

      Olá Rodrigo,

      Obrigado pelo comentário.

      É possível. Acredite em você e dê tudo pra tornar realidade.

      Abçs!

  9. Joaquim Ledo 22/12/2015 at 19:16 - Reply

    ri alto quando li donald trump.. recebeu um pequeno emprestimo de 1 milhao do pai dele.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 22/12/2015 at 19:53 - Reply

      Olá Joaquim,

      Não acho que 1 milhão de dólares faria alguma diferença no caso dele.

      As quebras dele foram na casa de centenas de milhões de dólares.

      Tem um resuminho aqui.

      Abçs!

  10. João Paulo Furtado Silva 22/12/2015 at 19:26 - Reply

    Boa noite!

    Gostaria de saber como fazer para enviar remessas de dinheiro para o exterior sem sem prejudicado pelas enormes taxas (5-6%) que incidem sobre o capital. Vou tomar prejuízo de tão caro que é a operação!

    Qual agente você me recomendaria para essas transações?

    Obrigado

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 22/12/2015 at 19:57 - Reply

      Olá João,

      O maior custo das remessas para o exterior é o spread cambial, além dos 0,38% de IOF.

      Em janeiro, passarei mais detalhes sobre os serviços que eu uso e as parcerias que estão sendo fechadas.

      Lembre-se de que o maior prejuízo que estamos levando não são de taxas ou qualquer outro custo bancário, mas sim da desvalorização cambial e da inflação.

      Metade da nossa riqueza foi liquidada em 2015.

      Abçs!

      • João Paulo Furtado Silva 23/12/2015 at 14:23 - Reply

        Obrigado pela resposta!
        Aguardo ansiosamente pelo post. Se possível, descreva as melhores opções para remessa internacional de forma confiável e com menores gastos possíveis. Por enquanto abri uma conta na TD Ameritrade, porém ainda não enviei recursos já que a maioria dos bancos/casa de cambio cobram valores exorbitantes.

  11. Rosana 23/12/2015 at 07:24 - Reply

    Gostei muito das dicas.

    ““Nós deveríamos viajar leves e viver de maneira simples. Nosso inimigo não são as posses, mas o excesso.” John R.W. Stott”
    Acredito que um estilo de vida mais simples pode fazer maravilhas para uma vida financeira saudável.
    Toda mudança exige algum esforço e comprometimento e se isso não fizer parte da natureza e dos hábitos da pessoa, essa dedicação terá que ser reforçada, ainda mais para os que gostam de ostentar ou acumular.

    “Manter sua carteira de investimento simples. Não invente nada mirabolante ou que você não conheça.”
    Excelente dica.
    Com tantas opções e informações, acredito que além do conhecimento, investimentos com os quais temos mais afinidade tendem a trazer mais confiança para alçar novos voos futuramente.

  12. Igor 23/12/2015 at 19:05 - Reply

    Olá, II.

    Ótimo artigo motivacional e informativo. Sempre aguardo ansiosamente por novas postagens de seu blog.

    Desejo um ótimo Natal e um feliz Ano Novo.

  13. marcos carvalho 26/12/2015 at 09:49 - Reply

    Parabéns pelo post. O sucesso pessoal hoje em dia é um fator complexo pois abrange não só dinheiro e bens materiais como tambem sensação de plenitude de bem estar espiritual e social (abrange a familiar). O texto mais uma vez como de praxe é claro, ilustrativo e objetivo. A grande pérola (morri de rir por dentro) é a do bancario ou motorista que compram seu i-phone 6 no dia do lançamento e pagam o preço que todos nós conhecemos por essa façanha. Mas o futuro e a velhice de medicos (sou um), engenheiros e advogados não será muito diferente do deles se tiverem a mesma mentalidade consumista, superficial e tacanha.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 26/12/2015 at 12:34 - Reply

      Olá Marcos,

      Obrigado pelo comentário.

      Cada um deve ter a liberdade de adquirir o que quiser. Pode até ser que no futuro o dinheiro gasto com o iPhone não faça tanta diferença assim, mas por outro lado mostra as prioridades das pessoas. Tem um vídeo no YouTube, não lembro do link, que a mulher fala que uma consulta médica de 150 reais é cara, mas gastar o mesmo valor no cabelereiro é trivial.

      Abçs!

      • marcos carvalho 28/12/2015 at 12:47 - Reply

        Só pra complementar, II, só quis dizer, como acho que voce também qdo falou do motorista ou bancario que adquire o i-phone 6 no dia do lançamento, é que essa caracteristica é pessoal e vai se repetir ao longo da vida dessa pessoa inumeras vezes tornando-se um traço de sua personalidade que não lhe vai gerar renda passiva muito menos segurança e confiança que o acumulo de patrimonio confere.
        Abs

  14. Camila 28/12/2015 at 16:20 - Reply

    Parabéns pelos artigos!
    Excelente qualidade dos pensamentos colocados aqui!
    Precisamos de mais pessoas assim.
    Abraço

  15. Anônimo 03/01/2016 at 19:15 - Reply

    Que artigo de qualidade! Deveria ser mostrado para todas as crianças do primário no Brasil.

    Obrigado

  16. Fred 08/01/2016 at 18:43 - Reply

    Olá, realmente seus conselhos são bem interessantes. Sou criador de um site sobre renda extra, mas sempre tive em mente que de nada adianta procurar por oportunidades sem ter uma mente financeiramente saudável que pense muito além daquilo que é ensinado pela mídia ou pela educação conservadora que normalmente recebemos. Atualmente meus investimentos estão no Brasil, mas este ano estou abrindo uma conta no exterior também graças aos seus ensinamentos. Eu estou indicando seu blog para meus leitores. Abraço.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 08/01/2016 at 22:26 - Reply

      Olá Fred,

      Sim, é preciso ter uma cabeça focada em responsabilidade financeira, tanto para conseguir ganhar, como para desperdiçar menos.

      Obrigado pela indicação. Apareça sempre.

      Abçs!

Leave A Comment

INVISTA NO EXTERIOR COM SEGURANÇA
Receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail. Você irá aprender sobre diversos assuntos:
  • Abertura de conta no exterior
  • Investimentos internacionais
  • Abertura de empresa no exterior
  • Planejamento tributário
  • Planejamento sucessório
  • Proteção patrimonial
  • Negócios internacionais
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.
ASSINE NOSSO CURSO
Você irá receber um e-mail a cada 2 dias com artigos selecionados ensinando como investir no exterior e explicando os perigos de manter todo seu patrimônio no Brasil.
Por favor, verifique seu e-mail agora
NEWSLETTER
Assine a newsletter e receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail.
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.