Green Card para o seu dinheiro [Guest post]

//Green Card para o seu dinheiro [Guest post]

Investir no exterior é mais fácil do que se imagina

Hoje tenho o prazer de publicar um texto do Mauro Calil, especialista em investimentos e fundador da Academia do Dinheiro, que foca justamente naquilo que é abordado aqui, o investimento no exterior. É um assunto que cada vez mais vai ganhando importância dentro do universo das finanças pessoais no Brasil.

Um abraço!


A despeito da impressão causada pelos recentes escândalos de corrupção, enviar dinheiro e investir fora do Brasil não é ilegal. A ilegalidade reside em pontos específicos como não ter uma origem lícita do dinheiro remetido para fora do Brasil ou, então, não declarar à Receita Federal a remessa ou investimentos feitos.

Então é melhor fazer tudo dentro da lei, assim seu dinheiro recebe um “Green Card”.

GreencardInvestir no exterior é mais fácil do que se imagina e esta informação os clientes não recebem do gerente de banco. Ele é pago para manter seu dinheiro no banco. O máximo que faria por você seria oferecer alguns fundos que investem recursos no exterior. De qualquer forma, você não teria qualquer controle dos investimentos feitos e, além disso, os custos seriam maiores do que investir diretamente.

A concorrência entre bancos ou corretoras em países como os Estados Unidos , por exemplo, é enorme. Esta “real” concorrência entre eles faz com que sempre estejam criando novos investimentos e serviços. Assim, os custos para se manter uma conta em alguns bancos pode chegar a zero, mesmo com saldos pequenos.

E por que pensar nisso agora?

Bem, a situação econômica do Brasil não é das melhores. O real está se desvalorizando e manter reservas no exterior com remuneração em dólar pode ser a salvação da lavoura para muitas situações. A primeira e mais evidente é a proteção cambial frente à inflação. Nos EUA, ela é de 2% ao ano contra 10,7% no Brasil. Além disso, ao fazer remessas você usa uma taxa de câmbio pouco maior que o dólar comercial e menor do que o turismo. O IOF será de 0,38% . Esse é o único imposto caso a conta de recebimento no exterior seja de sua própria titularidade.

Mas atenção: se a conta de recebimento for de outra titularidade agrega-se a cobrança de IR, uma novidade criada na fúria arrecadatória de 2015.

Bank of America GreencardA burocracia para abrir uma conta no exterior depende da regulamentação de cada país. Porém, nos EUA, destino comum aos brasileiros, a maior parte das instituições pedirá os documentos básicos como passaporte e comprovantes de endereço. Existem instituições que fornecem ajuda on-line e abrem uma conta em seu nome também on-line. Nesse caso, resta ao cliente remeter os documentos solicitados.

Com a conta aberta, você terá o nome da instituição, número de conta e agência e país sede. Estes dados aliados à sua declaração de IR ou algum outro comprovante de origem dos recursos serão suficientes para você buscar um banco ou corretora de valores para fazer a sua remessa. Algumas aceitam fazer remessas consideradas pequenas tais como US$ 5.000,00, por exemplo.

Parabéns! Agora você tem dinheiro com “Green Card”, onde pode investir em dólar, fugir da inflação brasileira e pagar menos impostos. Ah! se for usar o cartão de crédito americano para pagar as despesas efetuadas lá também não irá pagar os altos impostos ou taxas brasileiras sobre o consumo.

By | 2017-08-10T14:42:33+00:00 13 de Março de 2016|Educação financeira|31 Comments

31 Comments

  1. Gilson 15/03/2016 at 11:35 - Reply

    Preciso abrir uma conta em portugal, mas primeiro quero saber se posso investir em day trade pela plus500, uma corretora day trade que operei aqui no Brasil e agora não esta podendo mais por causa da legislação.
    pergunta, se eu abrir uma conta em Portugal eu poderia investir nesta plataforma. Por favor preciso de esclarecimento.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 16/03/2016 at 10:39 - Reply

      Olá Gilson,

      Não conheço essa corretora, mas pelo que eu tentei entrar no site, ele está bloqueado para acesso no Brasil.

      Se você tem interesse em abrir conta nessa corretora, seria melhor entrar em contato com eles e saber as limitações para clientes do Brasil.

      Abçs!

  2. Carlos Eduardo 15/03/2016 at 13:37 - Reply

    Interessante saber. O Bank of America permite abrir conta para brasileiros não residentes à distância?

    • Juca Bala 15/03/2016 at 14:12 - Reply

      Olá,

      Por mais que eu tenha lido a série sobre abrir conta no exterior, e revirado seu blog, ainda tenho algumas dúvidas.
      Entendi que o mais interessante é ter uma conta como corretora, e outra conta para gastos pessoais. Uma para aplicações financeiras e outra para ter a possibilidade de portar um cartão de crédito que evite pagar 6% de iof em compras internacionais.

      A da corretora, ok, perfeito, pode-se abrir com um custo inicial e ficar sem taxas mensais.
      Porém a minha intenção é abrir uma conta em um banco estrangeiro para pagar custos com viagens internacionais. Para uma conta bancária comum, eu só encontrei os que cobram mensalmente para manter a conta ou tem uma taxa desvantajosa para o cartão de crédito. Ou que ainda exigem SSN.
      Você tem alguma sugestão de onde abrir uma conta com os seguintes critérios:
      – Abertura da conta à distância;
      – Não necessitar SSN;
      – Possibilidade de manter um valor na conta para evitar pagar uma taxa mensal (obs: ouvi um conhecido afirmar que se for ao Citibank nos estados unidos e abrir a conta pessoalmente apenas com passaporte e comprovante de residencia do Brasil, pode-se abrir uma conta e manter 2mil dólares para não pagar taxas mensais para o banco;
      – Cartão de crédito incluído na conta, se possível, sem custos mensais. Talvez sem custo, apenas um cartão de débito, o que seria bom também.

      Se não for possível abrir à distância, se alguém tiver a informação de que é possível fazer isto no citibank, eu adoraria a confirmação.

      Obrigado.

      • Investidor Internacional
        Investidor Internacional 16/03/2016 at 11:01 - Reply

        Olá Juca,

        Corretora sem taxas mensais é tranquilo.

        Banco que ofereça tudo isso sem taxas já é bem mais difícil.

        Alguma taxa vai ter. Não existe milagre.

        Uma coisa que precisa ficar claro é que um banco internacional com clientes fora do país tem custos maiores de “compliance”, custos para mantee as contas multi-moedas, gerentes que falam diversos idiomas, etc. É uma estrutura mais complexa.

        Quanto ao Citibank, para abrir conta à distância os valores são bem maiores.

        As contas mais baratas são aquelas que você abre pessoalmente nos EUA e como eu falei são contas bem simples com um cartão de débito.

        Abçs!

      • Joao 01/04/2016 at 18:34 - Reply

        Nos USA, os melhores bancos para estrangeiro abrir conta, na minha opinião, são os seguintes:
        Wells Fargo, BofA e TD Bank.

        Tentei no TD Bank, mas eles exigiram um comprovante de endereço (conta de luz, telefone, etc..) como não tinha, acabei desistindo. Tentei em MIA e NY, mas sem sucesso. No Wells eu nem cheguei a tentar, pois abri a conta no BofA. Super simples. Não exigiram endereço nos USA e aceitaram de boa o do Brasil. Foi rápido, fácil e sem complicação.
        Com o preenchimento de alguns poucos formulários (8WBEN) e depósito inicial, o correntista já sai da agência com o debit card provisório pronto para usar. Recebi o cartão definitivo em minha residência sem qualquer custo adicional. Atendimento nota 10!
        – Cartão de crédito sem SSN é quase impossível. Para conseguir um credit card sem SSN só depositando altas quantias e deixando-as sob custodia como forma de garantia. Na boa, esqueça credit card.
        – No BofA, o mínimo para isenção de tarifa é US$1,5K.
        – Abrir conta no USA, hoje em dia, só indo pessoalmente na agência.

        Ps. Quanto a corretoras de valores, tem infinitas (Interactive Brokers, TD Ameritrade, etc…).
        Opero na Drivewealth devido a melhor relação custo benefício.

        Espero que eu tenha ajudado.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 16/03/2016 at 10:41 - Reply

      Olá Carlos,

      À distância acredito que não.

      Abçs!

    • Joao 01/04/2016 at 17:52 - Reply

      Infelizmente, não. Antigamente era possível, agora, só indo pessoalmente a agência para abrir.

  3. CASSIO 15/03/2016 at 14:02 - Reply

    Queria ver se alguém sabe ou tem a informação de algum banco nos EUA que abra a conta a distância sem precisar se deslocar até lá ou ter residência lá.
    E, se não for possível, eu precisando estar lá no ato da abertura da conta, como vou fornecer um endereço se não moro lá ? Acredito que esse endereço seja para entrega entre outas coisas, de cartões e eventualmente senhas de acesso…

    • Juca Bala 15/03/2016 at 14:14 - Reply

      Olá Cássio,

      Tenho a mesma dúvida. À distância é possível abrir no BBAméricas, porém ano passado eles aumentaram o valor mínimo de 2 mil para 10 mil dólares.

      • Old joe 15/03/2016 at 17:26 - Reply

        Fui à agência de Fort Lauderdale e abri a conta em 20 minutos.Abri com 30 Dólares.

      • Joao 01/04/2016 at 18:39 - Reply

        Este é o único banco que conheço que abra conta a distância e 10mil dolares de deposito inicial.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 16/03/2016 at 10:41 - Reply

      Olá Cássio,

      Já vi gente abrindo no Wells Fargo e Bank of America.

      Eles entregam o cartão na hora.

      Entretanto é uma conta bem simples.

      Abçs!

      • Arnaldo 10/04/2016 at 02:16 - Reply

        Olá Investidores,
        Tenho uma conta há 9 anos, aberta do Brasil, no Wells Fargo Advisors. É o braço de investimentos do Wells Fargo. Pediram cópia do passaporte, endereço no Brasil e certidão de isenção de débitos na Receita Federal, que obtive pelo site dela.
        Eles dão um cartão de débito VISA Plus para compras e saques, inclusive no Brasil, sem o IOF. Muito útil em viagens ao exterior. Para compras pela internet aceitam como um cartão de crédito.
        O atendimento é excelente, por ligação gratuita e em português pela Ag. Miami. Como tenho muitos investimentos, não me cobram taxas de manutenção.
        Espero ter sido útil.
        Abraços, A.

        • Investidor Internacional
          Investidor Internacional 10/04/2016 at 09:54 - Reply

          Olá Arnaldo,

          Obrigado pelas informações. Vai ser muito útil para quem quiser ter conta nos EUA.

          Abçs!

    • Joao 01/04/2016 at 18:00 - Reply

      Amigo, serve o seu endereço do Brasil. Abri a minha conta no BofA, no final do ano passado, e forneci o endereço do Brasil. Rápido, fácil e sem complicação.
      Prenchimento do formulário 8WBEN e outras poucas assinaturas, depósito de US$1,5K e saí já com o debit card provisório pronto para usar.
      O cartão definitivo chegou na minha residência, aproximadamente, em 1 mês.

      • Joao 01/04/2016 at 18:02 - Reply

        Os US$1,5K depositados foi para adquirir isenção da taxa de manutenção de US$15 ao mês.

  4. Jota 17/03/2016 at 14:16 - Reply

    Trustes: Como confiar?! Ou como saber em qual confiar?! Como escolher???

  5. Fabio 06/04/2016 at 20:34 - Reply

    Posso enviar do Brasil US$ 100.000 para uma conta de minha própria titularidade nos EUA sem pagar o IR de 6% ?

    Ats

  6. Mario 29/04/2016 at 11:55 - Reply

    bom dia, gostaria de ter algumas informacoes que voce talvez possa me ajudar:

    Tendo uma conta nos EUA, comprar acoes americanas, com residencia no Brasil, geram um imposto de 30%, o qual poderá ser aproveitado quando se faz o carne leao no Brasil. Ok, entendido. Pergunta: se tenho acoes de empresas da Holanda, da França, da Suiça, etc, como ficam os impostos retidos / liquidos destas acoes? Por exemplo, uma acao da SANOFI, suiça, quando ela paga o dividendo nos EUA, algo é retido na Suiça (35%) e depois nos EUA (30%)? Se a taxacao é em cascata ou, considerando o valor original do dividendo, somente tem uma taxacao de 30%?

    grato, Mario

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 29/04/2016 at 12:49 - Reply

      Olá Mário,

      Essa questão da taxação de dividendo é bem complexa, pois envolve o país sede da empresa, país onde a ação está listada, país onde o investidor declara imposto. São 3 variáveis. Não é uma informação difícil de encontrar para quem é americano, canadense ou inglês. Pro brasileiro, que não tratado com ninguém (só existe aquela compensação) é algo mais complexo.

      A Sanofi, que por acaso é francesa, coloca no site que existe uma taxação, aparentemente na França, e a alíquota vai depender de quem está recebendo. Já a página da Adidas mostra que existe uma taxação feita na alíquota alemã.

      Se há alguma taxação a mais nos EUA, só vendo na prática. Não sei lhe dizer, pois nunca tive ADR. Acho mais efetivo ter a ação em seu país original para evitar qualquer surpresa.

      Abçs!

  7. Mario 29/04/2016 at 11:56 - Reply

    desculpe, esqueci de dizer que falo da taxacao sobre dividendos

  8. Mario 02/05/2016 at 11:26 - Reply

    obrigado pela info.
    Esse assunto de tributacao sobre dividendos de acoes de varios paises é bem complexo mesmo. No meu caso, tenho conta corrente na Italia, e investimento em acoes de empresas americanas (AMGEN, DISNEY), francesas (DANONE), holandesas (UNILEVER), alemãs (THYSSEN) e suíças (SANOFI, NESTLE) e os dividendos pagos sao deduzidos de aliquotas de impostos diferentes dependendo de cada pais de origem. Estou querendo simplificar todo o processo, recomeçando do zero, escolhendo um banco em um país que:
    – nao debite o IR dos dividendos pagos ou se debitar, que eu possa utilizar o credito quando declarar o carne leao aqui no Brasil
    – que, em caso de sucessao, os impostos sejam nulos ou moderados. Estive lendo que nos EUA, para um investidor estrangeiro, nao residente, estes impostos sao altissimos, chegando a 40%.

    Dito tudo isso, voce teria alguma informacao valiosa para me ajudar a escolher o banco e o país, que contemplem estes 2 pontos acima?

    grato, Mario

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 02/05/2016 at 22:24 - Reply

      Olá Mário,

      O imposto na fonte será descontado independente do que vocâ faça. A não ser que você mude sua residência fiscal para outro país e use os tratados do respectivo país.

      Quanto aos EUA, tem algumas explicações na página da IRS.

      O ideal é ter conta em países que não tributam não residentes em ganho de capital e herança.

      Abçs!

      • Carlo 16/07/2016 at 22:19 - Reply

        Olá, II.

        Você poderia me informar se a Suíça tributa os não residentes em ganho de capital? Eles diferenciam se a ação é negociada em uma bolsa de lá ou se em bolsa estrangeira?

        Abraço,

        Carlo

        • Investidor Internacional
          Investidor Internacional 17/07/2016 at 16:46 - Reply

          Olá Carlo,

          Na Suíça você só é tributado nos dividendos das empresas suíças. Nesse caso com imposto de 35%.

          Abçs!

          • Carlo 17/07/2016 at 18:25 - Reply

            Olá, Investidor Internacional.

            Obrigado pela resposta. Um ótimo domingo!

            Abs,

            Carlo

  9. Guimarães 21/03/2017 at 21:56 - Reply

    Boa noite, Investidor Internacional.

    Tenho uma pequena empresa que faz extração de granitos etc… , tenho um amigo americano que quer investir US$ 100.000 na empresa, seria possível através deste cartão de débito wells fargo? comprando equipamentos, etc… ou teria que fazer toda a operação pelo Banco Central através de uma corretora de câmbio?

    Agradecido.
    Guimarães

Leave A Comment

INVISTA NO EXTERIOR COM SEGURANÇA
Receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail. Você irá aprender sobre diversos assuntos:
  • Abertura de conta no exterior
  • Investimentos internacionais
  • Abertura de empresa no exterior
  • Planejamento tributário
  • Planejamento sucessório
  • Proteção patrimonial
  • Negócios internacionais
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.
ASSINE NOSSO CURSO
Você irá receber um e-mail a cada 2 dias com artigos selecionados ensinando como investir no exterior e explicando os perigos de manter todo seu patrimônio no Brasil.
Por favor, verifique seu e-mail agora
NEWSLETTER
Assine a newsletter e receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail.
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.