Os 7 melhores ETFs de tecnologia e 1 com potencial astronômico

/, Investimentos/Os 7 melhores ETFs de tecnologia e 1 com potencial astronômico

Veja como um investidor comum pode multiplicar seus ganhos no setor de tecnologia

Nos últimos artigos procurei mostrar os diversos segmentos que compõem o setor de tecnologia. E você viu que é tarefa fácil escolher as empresas com maior potencial dentro desse universo, particularmente quando se quer investir em empresas menores, longe de blue-chips, como Apple, Microsoft, Alphabet, Amazon e Facebook.

É por isso que o ETFs têm se desenvolvido tanto. Estão longe de ser armas de destruição em massa, como alguns têm falado. São ferramentas que facilitam ao pequeno investidor acesso e diversificação em mercados, setores e segmentos por um custo baixo.

Diante disso, fiz uma pesquisa dentre os mais de 60 ETFs do setor de tecnologia negociados nos Estados Unidos e escolhi os mais interessantes para lhe mostrar hoje. Também encontrei um em especial que julgo ter um altíssimo potencial na próxima década.

Não custa lembrar que essa lista é uma opinião pessoal e não uma recomendação de investimento.

Então vamos à ela:

1. First Trust Dow Jones Internet Index Fund (NYSE:FDN)

Este fundo negociado na NYSE Arca busca seguir o índice Dow Jones Internet Composite. Para fazer parte dele, a empresa deve ter mais de 50% de suas receitas vindas da internet, deve ser negociada a mais de 3 meses, deve valer mais de U$ 100 milhões e ter um certo grau de liquidez. O rebalanceamento da carteira é feito trimestralmente e o custo de administração é de 0,54%.

O total de ativos do ETF é de U$ 4,5 bilhões atualmente, distribuído em 42 ações. As principais posições hoje são Facebook (8,8%), Amazon (8,2%), Netflix (5,6%), Paypal Holdings (5,2%) Salesforce (4,8%), Alphabet Classe A (4,6%) e Alphabet Classe B (4,5%).

O fundo foi criado em 2006, o que permite um bom histórico para estudo. Sua rentabilidade média anual desde o início é de 15,2% até 30/6/2017. À título de comparação, o índice S&P 500 rendeu no mesmo período em média 8,5% ao ano.

ETFs de Tecnologia

Evolução do First Trust Dow Jones Internet ETF vs S&P 500

2. Vanguard Information Technology ETF (NYSE:VGT)

Este fundo é negociado na NYSE Arca e busca seguir o índice MSCI US IMI Info Technology 25/50. O índice é composto por empresas do setor de Tecnologia da Informação, incluindo software, serviços e equipamentos de hardware.

O fundo foi criado em 2004 e cobra apenas 0,1% de taxa de administração anual. Atualmente possui U$ 14 bilhões de patrimônio distribuído em 364 ações. As maiores posições são Apple (13,9%), Microsoft (9,3%), Facebook (6,5%), Alphabet Classe C (5,2%) e Alphabet Classe A (5,0%)

O retorno do fundo anualizado nos últimos 10 anos é de 11,1%.

ETFs de Tecnologia

Evolução do Vanguard Information Technology ETF vs S&P 500

3. PowerShares NASDAQ Internet Portfolio ETF (NASDAQ:PNQI)

Este fundo é negociado na Nasdaq e segue o índice NASDAQ Internet. Este índice segue a performance das maiores e mais líquidas empresas listadas nas bolsas americanas, cujos negócios estejam baseados na internet.

O fundo foi criado em 2008 e possui taxa de administração de 0,6%. Atualmente possui U$ 463 milhões de patrimônio com 88 ações na carteira, sendo 1/4 de empresas com sede fora dos EUA. As maiores posições são Facebook (8,4%), Netflix (8,3%), Priceline Group (8,1%), Amazon (7,4%), Alphabet (7,2%), Baidu (4,5%) e JD.com (4,3%).

Desde a criação, o fundo teve valorização anualizada na casa dos 17,3% contra 13,8% do índice NASDAQ-100.

ETFs de Tecnologia

Evolução de PowerShares NASDAQ Internet Portfolio ETF vs NASDAQ 100

4. KraneShares CSI China Internet ETF (NASDAQ:KWEB)

Este fundo negociado na NASDAQ investe em empresas chinesas e com negócios na internet ou relacionados à rede. As ações que compõem a carteira são listadas tanto nos Estados Unidos, quanto em Hong Kong. São companhias que se beneficiam do crescimento no consumo doméstico chinês. Hoje, as vendas online representam cerca de 15,5% do varejo no país asiático, totalizando cerca de U$ 750 bilhões em 2016.

O fundo foi criado em 2013 e cobra 0,72% de taxa de administração. São U$ 736 milhões de patirmônio e 33 ações. As maiores posições são Tencent Holdings (10,5%), Alibaba (9,4%), Baidu (8,9%), JD.com (7,4%), Ctrip International (5,5%), Tal Education Group (4,9%) e 58.com (4,2%).

Desde a criação do fundo, o retorno anualizado foi de 22%.

Eu já falei sobre as empresas de internet na China, mas veja na tabela abaixo uma comparação entre o crescimento delas e ass equivalentes norte-americanas:

ETFs de Tecnologia

Comparação entre as empresas chinesas e americanas de internet. Clique para ampliar

5. ARK Web x.0 ETF (NYSE:ARKW)

A ARK é uma empresa nova, fundada em 2014, com o objetivo de criar veículos de investimento que se aproveitem de tecnologias disruptivas. Pra quem critica os ETFs por simplesmente seguirem índices, saiba que 4 dos ETFs deles possuem gestão ativa e outros 2 apenas são indexados.

Uma das vantagens de se investir em inovação é não estar relacionado aos grandes movimentos do mercado. Como você viu no exemplo da empresa de biotecnologia, os resultados é que direcionam as ações e não a parte política ou econômica como um todo. Por outro lado, a volatilidade e os riscos são maiores também.

Bom, este fundo investe em empresas que se beneficiam da mudança na infraestrutura de tecnologia em direção à nuvem. Investe nos seguintes segmentos: computação em nuvem e segurança de rede (24%), dados e aprendizado por máquinas (20%), comércio eletrônico (17%), mídia digital (8%), blockchain e p2p (8%), internet das coisas (8%), mobilidade (7%) e plataformas sociais (7%).

Além disso, é o primeiro ETF a ter o Bitcoin dentro da carteira. Na verdade não é um investimento direto, mas sim no Bitcoin Investment Trust.

O custo anual é de 0,75% e o total de patrimônio é de U$ 69 milhões. A carteira tem como principais investimentos: Bitcoin Investment Trust (7,6%), Amazon (6,8%), Athenahealth (4,8%), Nvidia (4,1%), Tesla (4,1%), Twitter (4,0%) e Netflix (3,9%).

ETFs de Tecnologia

Comparação entre ARK Web x.0 ETF vs índice Nasdaq 100

6. ARK Innovation ETF (NYSE:ARKK)

Neste ETF é onde a ARK coloca as empresas mais inovadoras de todos os demais fundos temáticos que ela possui. Seja na internet, na biotecnologia ou no segmento industrial, as empresas com melhor avaliação no quesito risco-retorno são pinçadas pra cá.

O fundo possui U$ 87 milhões de patrimônio distribuídos em 50 investimentos. As maiores posições são Bitcoin Investment Trust (8,2%), Tesla (6,5%), Athenahealth (5,1%), Amazon (4,4%), Stratasys (4,4%), Illumina (4,4%), Twitter (4,1%) e Juno Therapeutics (2,8%).

O retorno desde a criação em 2014 foi de 49% frente a 44% do índice Nasdaq 100.

7. SPDR S&P Biotech ETF (NYSE:XBI)

Este ETF negociado na NYSE Arca foi criado em 2006 e segue o índice S&P Biotech Select Industry. Obviamente é um fundo que investe no segmento de biotecnologia.

Por que eu selecionei este fundo dentre os demais de Biotech?

Primeiro que ele é o que possui o melhor retrospecto. Segundo que ele possui 99 ações de empresas diferentes e a distribuição delas é mais igualitária. Não é um fundo que privilegia as maiores empresas do setor, dando margem a capturar com maior intensidade o crescimento das empresas menores. A maior empresa investida vale U$ 127 bilhões e a menor vale apenas U$ 343 milhões.

As maiores posições são: Exelixis (2,5%), Alexion Pharmaceuticals (2,5%), Clovis Oncology (2,4%), Kite Pharma (2,4%), Vertex Pharmaceuticals (2,4%), Sarepta Therapeutics (2,3%), Exact Sciences (2,2%), Celgene (2,2%) e Gilead Sciences (2,2%).

A rentabilidade anualizada desde a criação é de 14,9%.

ETFs de Tecnologia

Evolução de SPDR S&P Biotech ETF vs índice S&P 500

8. Global X Internet of Things Thematic ETF (NASDAQ:SNSR)

Finalmente o ETF que acredito ter um potencial de rentabilidade gigantesco na próxima década.

O Global X Internet of Things investe em companhias que irão se beneficiar da adoção da internet das coisas. E isso não mais é que os mecanismos responsáveis por conectar diversos dispositivos eletrônicos usados no dia-a-dia. Permite que aparelhos como refrigeradores, máquinas de lavar, termostatos e iluminação possam ser controlados remotamente. Também incorpora dispositivos eletrônicos de vestir, além daqueles nos carros, nas casas, nos escritórios, etc.

Existem 3 indústrias principais envolvidas:

  1. Fabricantes de dispositivos conectáveis
  2. Provedores de rede e serviços relacionados
  3. Fabricantes de semicondutores

A própria Global X preparou um infográfico muito interessante sobre a internet das coisas, onde mostra todo espectro de inovação que está envolvido e como ela pode mudar o futuro.

O fundo, criado em setembro de 2016, tem U$ 56 milhões de patrimônio e cobra 0,68% de taxa de administração.

As maiores posições são em STMicroelectronics (6,7%), Mobileye (5,9%), Garmin (5,9%), Sensata Technologies (5,8%), Skyworks Solutions (5,8%), Dexcom (4,6%) e AMS (4,6%).

Não comentei nenhuma posição em específico, mas sabe uma das coisas que a STMicroelectronics fabrica? Componentes para carregar baterias sem fio! Não tenho dúvida de que em alguns anos colocar o celular na tomada será algo do passado.

O fundo, que ainda não tem 1 ano, já rende 22% desde o início.

Conclusão

O setor de tecnologia é o que mais cresce no mundo. Não vejo neste momento algo que possa retroceder ou substituir a internet e a utilidade dos aparelhos eletrônicos. Muito menos acredito que a medicina e os tratamentos farmacológicos não irão se desenvolver no mesmo ritmo que tem sido nas últimas décadas.

E se pararmos para analisar bem, investir em ações é isso: Lucrar com o próprio desenvolvimento da humanidade.

By | 2017-08-10T14:42:16+00:00 6 de agosto de 2017|Diversificação, Investimentos|22 Comments

22 Comments

  1. Mauro 07/08/2017 at 01:43 - Reply

    Boa noite, investidor internacional

    Obrigado pelo excelente trabalho, esta lista é de grande valia para nos pequenos investidores.

    Qual sua opinião no ETF de tecnologia IYW?

    E este ETF SNSR é negociado em qual bolsa, pois em minha corretora americana não consegui rastrea-la.

    Obrigado

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 07/08/2017 at 06:28 - Reply

      Olá Mauro,

      Obrigado por comentar.

      SNSR é negociado na Nasdaq.

      IYW é bastante focado nas Blue-Chips. 30% da carteira é Apple + Microsoft.

      Abçs!

  2. WILLIAM 07/08/2017 at 11:09 - Reply

    Bom Dia Investidor Internacional! Parabéns pelo conjunto da obra! Como fica a tributacao no Brasil no caso dos ETFs?! Ateh 35 mil eh isento? Obrigado desde jah, Will

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 07/08/2017 at 11:22 - Reply

      Olá William,

      Minha última interpretação da lei é que ETF não se encaixa em bens de pequeno valor e a venda com lucro não estaria isenta de imposto.

      Abçs!

      • WILLIAM 07/08/2017 at 14:46 - Reply

        OK! Mas então não seria melhor eu comprar acoes das empresas que compõe o ETF para que possa vender no futuro dentro da faixa de isenção?! Bem entendido que eu tenha lucro na operação…

  3. JANICE 07/08/2017 at 14:19 - Reply

    COMO OPERAR NA NASDAQ?SE eu abrir uma conta na corretora Just2trade eu consigo comprar esses etfs?

  4. Marculino2 07/08/2017 at 15:43 - Reply

    Parabéns pelo trabalho!!!

  5. marcos carvalho 08/08/2017 at 10:51 - Reply

    Bom dia II. Excelente trabalho. Só falta agora botarmos a mão na massa e estudarmos esses ETFs para investimento. Gostaria que me desse uma dica: quero abrir conta PJ em alguma corretora que possibilite essas transações. Qual vce indicaria em se tratando de custos e portfolio com maior diversidade?

  6. Medalutador_X 09/08/2017 at 05:40 - Reply

    Sensacional como sempre. Obrigado pelo excelente material, tô te acompanhando lá na Inversa tb o/

  7. Gustavo 09/08/2017 at 11:07 - Reply

    Caro II,

    Tenho intenção de investir no exterior em breve, mas ainda tenho uma dúvida: é possível enviar e resgatar dinheiro direto para uma corretora ou sempre é necessário ter conta em um banco?

    Muito obrigado pelo seu excelente trabalho!

    Abraços.

  8. BPM 09/08/2017 at 11:50 - Reply

    II,

    Como sempre show de bola o artigo. Vamos aumentar o número de investidores internacional.

    Não vi nenhum da iShares nesta lista, será que não tem nenhum na Irlanda que acumule ao invés de pagar dividendos?

    Outra coisa, achei a taxa de alguns um pouco elevada, no geral acima de 0,6%, os Vanguard são os mais tops com 0,1% e os iShares, tem uns muito bons e outros já nessa média de 0,4%.

    Abraço camarada!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 09/08/2017 at 15:12 - Reply

      Olá BPM,

      A Vanguard e a iShares têm alguns realmente muito baratos.

      Como estamos lidando com investimentos de nicho, com empresas de crescimento e alto potencial de retorno, não acredito que 0,5% ao ano vá fazer muita diferença.

      Dividendo neste segmento com empresas de crescimento não é lá muito relevante. Só terá algum em ETFs com maior concentração de blue-chips.

      A Amazon não lucra direito, não distribui dividendos e é só alegria. As biotechs estão muito nessa linha também.

      Abçs!

  9. Adans 09/08/2017 at 13:12 - Reply

    Parabéns pelo excelente trabalho!!!

  10. jlmoreira 13/08/2017 at 15:13 - Reply

    Belo trabalho. Quais são as corretoras no Brasil que eu posso investir nessas ETF´s? E quais são os nomes dessas ETF´s no Brasil.?
    ATT
    JLMoreira

Leave A Comment

INVISTA NO EXTERIOR COM SEGURANÇA
Receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail. Você irá aprender sobre diversos assuntos:
  • Abertura de conta no exterior
  • Investimentos internacionais
  • Abertura de empresa no exterior
  • Planejamento tributário
  • Planejamento sucessório
  • Proteção patrimonial
  • Negócios internacionais
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.
ASSINE NOSSO CURSO
Você irá receber um e-mail a cada 2 dias com artigos selecionados ensinando como investir no exterior e explicando os perigos de manter todo seu patrimônio no Brasil.
Por favor, verifique seu e-mail agora
NEWSLETTER
Receba informações importantes de investimento em seu e-mail!
Suas informações jamais serão compartilhadas para outros fins.
NEWSLETTER
Assine a newsletter e receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail.
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.