Investir na Apple

O que os resultados da Petrobras e da Apple nos dizem a respeito dos seus países de origem

O dia 27 de janeiro de 2015 foi emblemático. Duas grandes empresas divulgaram seus resultados. No Brasil, a Petrobras tornou público, com atraso, seu balanço referente ao terceiro trimestre de 2014. Nos Estados Unidos, a maior empresa em valor de mercado do mundo, a Apple, divulgou seu resultado do primeiro trimestre fiscal de 2015, cujo período terminou em 27 de dezembro de 2014 (é estanho, mas é isso mesmo).

Os resultados não poderiam ser mais díspares.

Graça Foster Ações da Petrobras e Apple

A Petrobras, que já foi a maior e mais lucrativa empresa brasileira, estandarte do nacionalismo tupiniquim, divulgou um resultado não auditado, na calada da noite, onde o mais importante foi deixado de fora. Veja esta parte do release:

“A Companhia entende que será necessário realizar ajustes nas demonstrações contábeis para a correção dos valores dos ativos imobilizados que foram impactados por valores relacionados aos atos ilícitos perpetrados por empresas fornecedoras, agentes políticos, funcionários da Petrobras e outras pessoas no âmbito da “Operação Lava Jato”. ”

Basicamente, os cálculos realizados pela empresa em relação às perdas com a corrupção apontavam uma redução no valor de R$ 88 bilhões dos ativos da empresa. Por exemplo, a refinaria de Abreu e Lima que estava avaliada em U$ 18 bilhões valia na verdade U$ 7 bilhões. Isso é só uma parte das dezenas de obras com suspeita de superfaturamento e desvio de verbas que estão sob investigação da Polícia Federal.

Nada mais é que o resultado do capitalismo de estado chinfrim adotado pelo Brasil nos últimos anos. Um modelo em que os cargos mais importantes são preenchidos não por competência, mas por afinidade política. Um modelo em que empresas estatais e aquelas financiadas com o dinheiro público são usadas para benefício de políticos, funcionários públicos e empresários sem escrúpulos. Ao mesmo tempo em que estes mesmos atores desviam fortunas para fora do Brasil, deixam um rastro de destruição e vergonha para trás.

Enquanto isso, no mundo civilizado, mais precisamente em Cupertino, Califórnia, a Apple divulgou simplesmente o maior lucro trimestral já registrado em toda a história por uma companhia de capital aberto, U$ 18 bilhões de dólares, batendo as expectativas mais otimistas. Ela teve uma receita de U$ 74 bilhões, com venda recorde de 74,5 milhões de iPhones !

Steve Jobs iPhone Ações da Petrobras e AppleNas palavras do presidente Tim Cook: “Gostaríamos de agradecer nossos consumidores por um trimestre incrível, que viu a demanda pelos produtos Apple aumentar a nível recorde de todos os tempos. Nossa receita aumentou 30% em relação ao ano passado para U$ 74 bilhões e o trabalho de nossas equipes para alcançar esses resultados foi simplesmente fenomenal.”

Uma empresa que desde os primórdios tem sido símbolo do modelo capitalista americano, quando dois amigos reunidos em uma garagem criaram uma nova indústria, a do computador pessoal. De sucesso e pioneirismo nos anos 80 a dificuldades nos 90, a Apple ressurgiu em 1998 com o primeiro iMac, mas foi em 2001 com o iPod e em 2007 com o iPhone, que a empresa foi definitivamente catapultada ao estrelato.

Produtos inovadores e de grande qualidade que mudaram a indústria e conquistaram consumidores de todos os cantos do mundo. Fruto da genialidade e de muito suor dos seus funcionários. Fruto também da liberdade e do espírito empreendedor passados de geração em geração por pessoas que não sonham em ser funcionários públicos, mas sonham sim conquistar o mundo criando produtos que satisfaçam as necessidades e desejos das pessoas.

O gráfico da evolução de preço das ações da Petrobras e da Apple, em dólar, não mente. Enquanto a empresa americana bate recorde atrás de recorde, a derrocada das ações da empresa brasileira parece não ter fim.

Ações da Petrobras e Apple

Nada mais contundente para ratificar o que se tem dito neste site nos últimos meses. Não deixe o local de seu nascimento determinar o sucesso de seus investimentos. Liberte-se de suas raízes. O mundo é cheio de oportunidades. A Apple é apenas uma delas.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Este post tem 6 comentários

  1. Avatar

    Investidor, bom dia!
    Tenho seu blog cadastrado na minha lista de blogs favoritos e acompanho suas postagens com frequência.
    Estou fazendo uma pesquisa das ações, FIIs e modalidades de renda fixa mais promissoras para os próximos 4 anos. Você poderia participar?
    Se sim, basta responder este post listando as 5 ações preferidas, 5 FIIs preferidos e a modalidade de renda fixa preferida.
    Grato,
    Uó!
    https://blogdouo.blogspot.com.br/

  2. Avatar

    Vc investe diretamente numa corretora americana ou em BDRs aqui no Brasil? Pergunto pois vi que Wallgreens agora tem BDRs.

    1. Investidor Internacional

      Não e não.

      BDR é interessante, mas por enquanto de liquidez bastante limitada. É ridículo limitar a negociação a fundos e investidores superqualificados. Todos deveriam participar.

      A lentidão da BMFBovespa em buscar mudanças, novos negócios e popularização é surreal.

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão

Fechar Menu