Atualização da carteira internacional – 2º Trimestre 2016

//Atualização da carteira internacional – 2º Trimestre 2016

Atualização da carteira de investimentos internacionais e os principais acontecimentos do 2º trimestre

Lá se vai mais um trimestre e chegou hora de atualizar nossa carteira de investimentos com as cotações do último dia 30 de junho.

Novamente, o fato mais importante dos últimos três meses se encontra no mercado cambial. A moeda brasileira vem mostrando forte alta, inclusive tem sido assim durante todo o primeiro semestre. A cada operação da Polícia Federal, a cada político preso e condenado, a cada passo rumo a ratificação do impeachment, a cada sinalização de responsabilidade com as contas públicas, nossa moeda ganha valor. Do outro lado do cabo de guerra, lutando para devolver nosso país ao bolivarianismo e a perda de confiança e consequentemente à desvalorização da moeda está o Supremo Tribunal Federal e as intervenções (cada vez menores) do Banco Central.

Há uma luta hoje no Brasil entre os juízes concursados, trabalhando pela justiça, e os juízes nomeados por ex-presidentes, trabalhando pelo partido.

Em relação às variações cambiais tivemos a desvalorização de todas as moedas da carteira frente ao Real. A perda da Libra Esterlina foi a maior em virtude da histeria relacionada ao Brexit.  Nada com o que se preocupar.  A economia do Reino Unido vai se sair melhor sem os inúteis burocratas de Bruxelas atrapalhando.

MoedaVariação no Trimestre
Dólar dos EUA-9,8%
Euro-12,6%
Dólar de Hong Kong-10,8%
Libra Esterlina-16,8%
Franco Suíço-11,6%

Praticamente todos os governos do mundo desenvolvido pagando juros próximos de zero ou negativos e o Brasil com juros na casa dos 14%. Essa discrepância demonstra o nível de (des)confiança que o Brasil transmite mundo afora.

Investimentos

Em se tratando dos ativos da carteira, mais uma vez o destaque positivo ficou para o ETF Market Vectors Gold Miners. A recuperação do preço dos metais preciosos, principalmente do ouro, tem se mostrado bem rápida. Consequentemente as empresas mineradoras, cujas ações estão dentro da carteira desse ETF, valorizam-se fortemente. No 2º trimestre, o ganho foi de 38,7%. No ano, já soma astronômicos 101,9% de alta!

Outro destaque na carteira de ações foi o ETF Guggenheim Defensive Equity, que subiu 5,5% em Dólar. Os demais ETFs permaneceram próximos da estabilidade. Um outro fato importante foi o agrupamento (reverse split) do ETF Proshares Short S&P 500 na proporção de 2:1. Tínhamos 98 cotas e agora temos 49.

carteira de investimentos internacionaisNo campo da renda fixa, algumas valorizações importantes em moeda local. Market Vectors Fallen Angel High Yield Bond ETF apresentou alta de 8,2%. PIMCO Total Return ETF teve alta de 1,8% e ABF Hong Kong Bond Index Fund subiu 1,9%.

Na alocação destinada aos REITs, PowerShares Active U.S. Real Estate Fund subiu 6,1% em Dólar dos EUA, iShares Asia Property Yield subiu 3,2%. O destaque negativo ficou por conta de iShares UK Property com queda de 13% no trimestre. A queda chegou a ser mais forte nos dois dias seguintes ao Brexit, quando a cota chegou a fechar em GBP 6,48. É um fundo que já acumula desvalorização de 25% no ano em Libra Esterlina. Talvez uma oportunidade ouro para comprar imóveis em Londres.

Os investimentos alternativos tiveram retorno positivo neste trimestre. PowerShares CEF Income Composite Portfolio subiu 2,6% e Guggenheim Multi-Asset Income ETF teve alta de 4,2%. Entretanto, o destaque novamente ficou com SPDR® Morningstar Multi-Asset Global Infrastructure ETF com elevação de 6,4% no 2º trimestre.

Os ETFs relacionados aos metais preciosos obviamente também tiveram alta conforme já havia comentado antes. ZKB Gold subiu 8,8% e ZKB Silver subiu 22,0%, refletindo uma forte recuperação da prata no mês de junho.

No total, a rentabilidade da carteira ficou em -6,62% no segundo trimestre e -11,19% no semestre quanto computada em Real. Nada mal, levando-se em conta a apreciação da moeda brasileira.

Os dividendos recebidos no trimestre, já descontado o imposto retido na fonte, estão abaixo:

  • PowerShares DWA NASDAQ Momentum Portfolio $3,38
  • PIMCO Total Return ETF $7,39
  • Market Vectors Fallen Angel High Yield Bond ETF $31,63
  • ProShares Investment Grade – Interest Rate Hedged $16,28
  • PowerShares LadderRite 0-5 Year Corporate Bond Portfolio $2,02
  • iShares Interest Rate Hedged 10+ Year Credit Bond ETF $10,81
  • iShares RMB Bond Index ETF HKD 175,00
  • PowerShares Active U.S. Real Estate Fund $14,78
  • iShares European Property Yield UCITS ETF €33,31
  • iShares UK Property UCITS ETF GBP 11,17
  • iShares Asia Property Yield UCITS ETF $27,84
  • PowerShares CEF Income Composite Portfolio $59,59
  • Guggenheim Multi-Asset Income ETF $26,39
  • SPDR® Morningstar Multi-Asset Global Infrastructure ETF $23,94

A visão atual da carteira como um todo pode ser encontrada na tabela abaixo:

carteira de investimentos

Evolução da carteira de investimentos internacionais no 2º trimestre de 2016. Clique para ampliar.

By | 2017-08-10T14:42:31+00:00 4 de julho de 2016|Carteira|29 Comments

29 Comments

  1. Investidor Troll 04/07/2016 at 05:55 - Reply

    Olá amigo! Como vai?

    Sua alocação é uma das mais interessantes da Blogosfera, mas creio que falta exposição a BRL na seção stocks e bonds, não acha?

    Um abraço!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 04/07/2016 at 07:16 - Reply

      Olá Troll,

      Acho que com o intuito especulativo ou de trades sim. Por exemplo, ter colocado um ETF que seguisse o MSCI Brazil.

      Mas o objetivo da carteira é não estar exposto ao Brasil. De exposição a essa baderna já basta nossas vidas.

      Abçs!

      • Investidor Troll 04/07/2016 at 10:35 - Reply

        Aqui pode não ser o melhor lugar para viver, mas para investir a história é diferente, especialmente quando se trata de renda fixa.

        • Investidor Internacional
          Investidor Internacional 04/07/2016 at 13:50 - Reply

          Você não precisa estar com o dinheiro no Brasil para investir na renda fixa daqui.

          Se é que me entende.

          Abçs!

          • Fabio 05/07/2016 at 16:32 - Reply

            Mas você não possui investimentos em renda fixa brasileira, de modo que não recomendou a exposição, certo? Qual a tua posição a respeito?

            • Investidor Internacional
              Investidor Internacional 05/07/2016 at 17:58 - Reply

              Olá Fábio,

              Eu não faço recomendação de nada, mas acho que temos que estar cientes dos riscos. Nosso governo opera em déficit e tem dívida a juros estratosféricos. Isso é muito grave.

              Abçs!

  2. Rodolfo Oshiro 04/07/2016 at 08:53 - Reply

    II,

    Tem conhecimento sobre bitcoin? Tenho um amigo que costuma fazer compra fora com frequência e usa o bitcoin ao invés das casas de cambio para conversão… dei uma pesquisada e parece que a valorização de 1 ano disso é absurda,200% 300%. Acha bitcoin um investimento de longo prazo válido? Ou isso é meio “perigoso”?

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 04/07/2016 at 09:38 - Reply

      Olá Rodolfo,

      Tenho uma página específica sobre Bitcoin, onde falo a respeito da moeda.

      Acho um investimento válido. Alguns dizem que é o Ouro 2.0, mas carece de valor intrínseco. Pensei até em colocar na carteira, mas acabei optando pelos investimentos mais tradicionais.

      Abçs!

  3. Rodolfo Oshiro 04/07/2016 at 10:15 - Reply

    II,

    Entendi… é vou acompanhar a cotação disso. Quem sabe compro lá uns trocos….

    Valeu!

  4. 04/07/2016 at 12:14 - Reply

    Parece ser uma carteira bem diversificada, este é o único comentário que posso fazer já que não entendo nada de investimentos internacionais.
    Mercado tá estranho nos últimos 3 dias, bolsa e dólar subindo juntos, rs.
    Abraço!

  5. Glenn 04/07/2016 at 23:51 - Reply

    Vc não acha que está exposto demais em ações, bonds e REITs?.
    Não sinto conforto nenhum em ter alocação nisso. Venho me desfazendo de tudo, inclusive aqui no Brasil (onde ganhei bem entrando final do ano passado e começo desse ano), e alocando tudo em metais preciosos. Seja compra física, a vista na bolsa, opções ou ações de empresas de ouro e prata.
    Foi uma decisão acertada e me rendeu muito. Em especial as opções da SLW.

    Colapso mundial está por um fio, eu não acho prudente fiar exposto em bolhas.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 05/07/2016 at 09:11 - Reply

      Olá Glenn,

      Essa carteira é mais à título de ensino. Entretanto, há uma boa exposição em metais precisos, cash, ações de mineradoras e uma posição vendida no S&P 500.

      Está de certa forma hedgeada contra desastres.

      Abçs!

  6. Glenn 05/07/2016 at 00:01 - Reply

    O mesmo em relação a moedas. Não fico alocado em papel, moeda fiduciária como vc mesmo sabe, não vale nada.
    E para o RU é bom sair da EU, mas agora não existe espaço para melhorar nada a sua economia.O mundo entrou em colapso, é como uma reação em cadeia, depois que começa não para mais. RU não tem mais tempo para se ajeitar. Além disso não vai mudar nada, nunca muda. Povo vota, mas no final reina o desejo dos parasitas que governam. Vão manter toda a burocracia da UE e ainda vão entrar imigrantes no país. Isso se não voltarem atrás daqui uns dias o povo.

    Depois de um certo momento não adianta mais tentar esfriar o reator nuclear, a reação já deu inicio e não irá parar até destruir tudo.
    Como disse o Soros: The Brexit crash will make all of you poorer – be warned

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 05/07/2016 at 09:14 - Reply

      Olá Glenn,

      O Brexit não irá em si causar nada. É só uma reação a toda a burocracia, regulamentação e crescimento desse supra-estado chamado União Européia.

      Não é à toa que Noruega e Suíça não entraram nesse barco.

      Dar poder a políticos é o grande mal da humanidade.

      Abçs!

  7. Glenn 05/07/2016 at 10:17 - Reply

    Sim. O Brexit não é a causa, mas sim um sintoma. Mas infelizmente não mudará nada. Estado nunca reduz seu tamanho, esse vácuo deixado pela UE será preenchida prontamente pelos burocratas ingleses.
    Tanto que o BC Inglês já anunciou um QE. Mais do mesmo. Povo só acha decidiu algo.

    Bom que vc está mais protegido que a carteira de estudo. Com certeza vais sair mais rico nessa super crise.

    Pior que depois muitos vão falar que essa crise era imprevisível, ninguém podia adivinhar. Não vai faltar economistas da Unicamp na Globo fazendo esse tipo de declaração.

  8. Investidor Maluco 05/07/2016 at 21:13 - Reply

    Falta muito pro fim do mundo.

    Não entendo nada sobre investimentos internacionais, nem nacionais rsrs

    Aprendo muito com vcs

  9. Muito legal acompanhar sua carteira. Meu próximo investimento serão ETFs ou ações de minerações de ouro.

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 06/07/2016 at 08:29 - Reply

      Olá Conhecimento financeiro,

      Obrigado pelo comentário.

      Fique à vontade para perguntar o que quiser.

      Abçs!

  10. Rodolfo Oshiro 06/07/2016 at 16:18 - Reply

    II,

    O mais engraçado é o investidor maluco hahahaha …

    Ah sobre a carteira .. é sempre bacana.. da pra aprender um monte … queda basicamente por causa de moedas, agora, acho que quem chega em um nível a investir no mercado global, tem que desapegar um pouco de ficar fazendo continha com real… eu observo a carteira na sua moeda local, se tá subindo é bom ,se tá caindo é ruim, em dolar, em libra… real… vai saber se haverá real daqui 10 anos ..

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 06/07/2016 at 20:28 - Reply

      Olá Rodolfo,

      Exato, se cada um subir na sua própria moeda já é alguma coisa.

      O problema é quando o governo de um país “forte” como por exemplo o Japão, resolve fazer keynesiamos demais e a moeda perde 20 a 30% do valor.

      Se é pra balizar em alguma coisa que seja em ouro ou franco suíço.

      Abçs!

  11. Sanders 23/07/2016 at 00:40 - Reply

    Por gentileza, por onde eu posso iniciar compras de ativos do Exterior?
    Por exemplo eu quero montar uma carteira somente com Ações dos Bancos Internacionais, mas tudo em dolar, como faço? onde é o melhor caminho pra poder abrir as portas pra minha carteira de Dividendo Internacional.
    Não se preocupem, ja iniciei uma com ativos Brasileiros.
    me Interesso muito, muito mesmo em REITS que onde vi pagam obrigatoriamente 90% dos lucros.
    Sé me tira essa dúvida, Para começar investir com eu dinheiro em real, como faço pra montar minha carteira totalmente internacional?

    Fico muito Agradecido e admiro o conhecimento de todos, Parabens!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 23/07/2016 at 11:49 - Reply

      Olá Sanders,

      Você pode começar fazendo o mini-curso que montei com os artigos em ordem para você aprender tudo.

      Qualquer dúvida estou á disposição.

      Abçs!

  12. Frugal 29/08/2016 at 00:44 - Reply

    OPa II não sei se já perguntei mas qual corretora vc utiliza?
    Eu estava em dúvida entre abrir uma conta no euro pacific bank e utilizar a plataforma deles do SAxo Bank e em abrir uma conta no BB americas e utilizar a interactive Brokers pois achei que ela me atenderia melhor globalmente. O ruim é a sucessão patrimonial nos EUA e a mordida dos 30%, mas já superei isso. Chegará o tempo em que me mudarei de carne e osso para um paraíso fiscal e levarei comigo todos os meus investimentos.

    Abraço!

    • Investidor Internacional
      Investidor Internacional 30/08/2016 at 22:59 - Reply

      Olá Frugal,

      Não acho uma boa os Estados Unidos.

      É melhor ficar de fora por uma série de fatores, principalmente a dívida de 17 trilhões.

      Não posso responder minha corretora. 🙂

      Abçs!

Leave A Comment

INVISTA NO EXTERIOR COM SEGURANÇA
Receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail. Você irá aprender sobre diversos assuntos:
  • Abertura de conta no exterior
  • Investimentos internacionais
  • Abertura de empresa no exterior
  • Planejamento tributário
  • Planejamento sucessório
  • Proteção patrimonial
  • Negócios internacionais
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.
ASSINE NOSSO CURSO
Você irá receber um e-mail a cada 2 dias com artigos selecionados ensinando como investir no exterior e explicando os perigos de manter todo seu patrimônio no Brasil.
Por favor, verifique seu e-mail agora
NEWSLETTER
Assine a newsletter e receba atualizações do site e material exclusivo diretamente no seu e-mail.
  Seu e-mail jamais será compartilhado para outros fins.