Diversificação internacional como pilar da independência financeira

Diversificação internacional

Como a diversificação internacional pode salvar seu projeto de independência financeira

A busca pela independência financeira é um dos assuntos mais debatidos quando se trata de finanças pessoais e investimentos. Entretanto, todos se esquecem de um detalhe crítico e fundamental, que é o papel da diversificação internacional nesse processo. Sem ela, décadas de trabalho e dedicação podem se perder do dia para a noite, como já aconteceu dezenas de vezes na história.

A apresentação abaixo foi elaborada após ser convidado para participar do 1º Congresso Brasileiro para Independência Financeira, que ocorreu no último mês de setembro. Como nem todos os leitores puderam participar, muitos entraram em contato para que a apresentação fosse disponibilizada aqui no site.

Fique à vontade para comentar e criticar na área de comentários abaixo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Este post tem 14 comentários

  1. Avatar

    Uai!
    Não fiquei sabendo deste congresso. Tem home page?
    Abraço e parabéns pelo vídeo.

  2. Avatar

    Muito bom o vídeo! Mas tenho uma dúvida: no caso de contas no exterior não seria possível que um governo autoritário forçasse a repatriação dos recursos investidos lá fora, ou até mesmo criasse uma a tributação específica dos investimentos mantidos no exterior. Isso também representaria um confisco indireto. Existe esse risco?

    1. Investidor Internacional

      Olá Hélio,

      Muito difícil.

      O volume de dinheiro passível de confisco dentro do Brasil (Poupança, previdência privada, FGTS, etc) é tão grande que não valeria a pena ir atrás de cada conta espalhada por brasileiro no mundo inteiro. Será preciso uma acusação muito séria contra você para um governo de outro país mexer na sua conta lá.

      Outra que esse último episódio da regularização de recursos mantidos fora já rendeu um bom caixa pro governo.

      Abçs!

  3. Avatar

    Grande II

    Acho que você me ajudou a perder o medo de ir pra fora e hoje em dia tenho conta e corretora no exterior.
    A sensação de tranquilidade é imensa.

    Abraço!

    1. Investidor Internacional

      Olá Frugal,

      Ser brasileiro complica nossa própria avaliação do país.

      Tente avaliar o Brasil do ponto de vista de um estrangeiro, um suíço ou um britânico por exemplo. Viu como a coisa piora de figura?

      O risco está muito mais aqui do que fora.

      Você não escolhe o país onde nasce, mas pode escolher onde manterá seu patrimônio.

      Abçs!

  4. Avatar

    Excelente video II. Voce por acaso já definiu a questão do banco ou corretora estrangeiros que faria parceria para investimentos no exterior?

    1. Investidor Internacional

      Olá Marcos,

      Sim, estou em fase de testes com alguns leitores. Quando o material definitivo ficar pronto, eu avisarei.

      Abçs!

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão

Fechar Menu