Como abrir uma conta bancária no exterior – Parte 11

Veja como você pode ter conta bancária em um grande centro financeiro europeu

Dando continuidade à série sobre conta bancária no exterior, vamos falar de um dos três principados europeus, que além de estarem entre os países mais desenvolvidos do mundo, são também importantes centros financeiros internacionais.

Você já leu a respeito de Liechtenstein no artigo anterior e agora chegou a vez de Andorra.

O país

O Principado de Andorra se localiza na porção leste dos montes Pirineus, na fronteira entre a França e a Espanha. É aquele pequeno pedaço de terra com uma seta vermelha no mapa abaixo. Sua história tem início no século X, mas o principado adquiriu independência apenas no ano de 1278.

É administrado no regime de co-regência, ou diarquia, onde duas pessoas dividem a função de chefe de estado. Uma delas é o presidente da França (antes era da revolução francesa era o rei) e a outra é o Bispo da cidade espanhola de Urgell. Como nenhum deles efetivamente fica no país, exercem o cargo através da indicação de representantes locais. O chefe de governo é o primeiro ministro, eleito por um Conselho Geral.

AndorraA língua oficial do país é o Catalão, mas espanhol, francês e o português são bastante falados. Isso se deve ao fato de quase dois terços da sua população de 77 mil habitantes ser composta por imigrantes dos países vizinhos. Inclusive é boa a chance de você ser atendido em português.

A economia do país gira em torno do turismo e do setor financeiro. E apesar de não fazer parte da União Européia, a moeda corrente é o Euro.

A tributação no país é baixa. Não existe imposto sobre herança, sobre o patrimônio e até 2015 não havia imposto de renda. O imposto de renda possui alíquota máxima de 10% para renda superior a 40 mil Euros por ano. Existe também um imposto sobre consumo, chamado VAT, que é de 4,5%.

O país possui a maior expectativa de vida do mundo, está em terceiro em estabilidade política e a criminalidade é praticamente inexistente.

É um dos mais abertos para imigração. Existem vários tipos de vistos, alguns inclusive exigem apenas que você more no país por apenas 90 dias por ano.

Bancos

Os bancos do país são supervisionados e regulados pelo Institut Nacional Andorrà de Finances (INAF), ou Instituto Nacional de Finanças de Andorra. Como autoridade monetária, é responsável por manter a estabilidade e o funcionamento correto do sistema. Além disso, existe uma cobertura do governo que garante depósitos de até  € 100 mil por cliente bancário.

O foco dos bancos para clientes de fora do país são os serviços de Private Banking, mas também é possível abrir uma conta corrente comum.

Existem cinco bancos locais:

  • Crèdit Andorrà
  • Vall Banc
  • Andbank
  • Banc Sabadell d’Andorra
  • Mora Banc

Crèdit Andorrà

Credit AndorraEste banco é o maior do país e o mais procurado por não residentes, costumando ser bem receptivo. Foi fundado em 1949 e possui uma ampla gama de serviços financeiros incluindo banco de varejo para indivíduos e empresas, Private Banking e seguros.

Possui também presença internacional com escritórios na Espanha, Luxemburgo, Suíça, Portugal, Panamá, entre outros.

Um ponto positivo é que o banco divulga em seu site os principais índices de solvência e liquidez. Os números são bem fortes, bem acima do mínimo recomendado. O índice de solvência é de 21,7% (mínimo recomendado no país é de 10%). Índice de liquidez está em 59% (mínimo recomendado é de 40%). O rating de crédito pela Fitch é BBB, dentro do grau de investimento.

O serviço de Private Bank é aquele tradicional, onde primeiro se procura conhecer o cliente, definir o perfil de risco e traçar objetivos. Após isso, é feito um planejamento personalizado de investimentos, que uma vez implementado, é revisado periodicamente. O cliente é mantido informado sobre o andamento das aplicações através de informes e reuniões regulares.

Credit AndorraO banco disponibiliza toda uma gama de investimentos, incluindo renda fixa, ações, produtos estruturados e fundos de investimento. Este último adota o modelo de arquitetura aberta, permitindo investir nos fundos da casa e de outros gestores internacionais.

Um setor interessante do banco chama-se Foreign Investment Unit. É uma unidade especial dentro do Crèdit Andorrà dedicada a lhe auxiliar na abertura e gerenciamento de uma empresa no país.

O banco também auxilia clientes que estejam em busca de residência no país. Como eu falei, é um país bem aberto a imigrantes e existem diversos vistos de residência, mesmo que você não trabalhe ou tenha renda no país.

Os documentos necessários para abrir uma conta encontram-se nesta página. Os custos para mantê-la estão detalhados aqui. A aceitação de novos clientes está condicionada a um comitê de avaliação. O mínimo necessário para abrir uma conta é de  € 300 mil, conforme meu último contato no primeiro semestre de 2017.

Andbank

AndbankÉ um Private Bank com mais de 85 anos de experiência e o segundo maior banco do país em ativos. É um banco familiar formado em 2001 pela fusão do Banc Agrícol i Comercial d’Andorra  (fundado em 1930) e Banca Reig (fundado em 1956). Seus índices de solvência e liquidez são excelentes. O de solvência terminou 2016 a 25,5% e o de liquidez com 65,5%, o que o torna um dos bancos mais sólidos não só da Europa, como do mundo. Seu rating pela Fitch também é BBB.

Sua proposta de Private Bank conta com 5 fases:

  1. Análise das necessidades e perfil do cliente
  2. Definição dos alvos da gestão
  3. Formulação da estratégia de investimento
  4. Execução e implementação
  5. Acompanhamento e análise dos resultados

A questão familiar também é abordada. Cada investimento é pensado com preocupação voltada para o planejamento sucessório e a manutenção do patrimônio por gerações.

O Andbank Asset Management é um serviço formado por profissionais de investimentos localizados ao redor do mundo. Oferecem diversos fundos de investimento baseados em Andorra, Luxemburgo e Ilhas Virgens Britânicas.  São fundos de Renda Fixa, Ações, Balanceados, Alternativos, entre outros.

O banco possui um escritório no Brasil, localizado em São Paulo. Pelo que eu vi no site, tanto pelas rentabilidades dos investimentos, quanto pelos relatórios publicados, à princípio o foco é em investimentos brasileiros. A plataforma de fundos multimercado por exemplo inclui gestores como Mauá, Garde e Verde, por exemplo.

Vall Banc

Vall BancO Vall Banc foi formado em 2015 a partir dos escombros do mais antigo Banca Privada d’Andorra. Não, não houve um terremoto no país. Naquele ano, mais precisamente no dia 9 de março, o FinCEN, Financial Crimes Enforcement Network, órgão de dentro do Departamento do Tesouro dos EUA, informou ao governo de Andorra e ao INAF que o Banca Privada d’Andorra seria declarada no dia seguinte como uma instituição com risco primário de lavagem de dinheiro, segundo o USA Patriot Act.

A suspeita era de que grupos criminosos russos e chineses estavam usando o banco para suas atividades. Nos 60 dias seguintes, o FinCEN tomaria todas as medidas cabíveis para averiguação, que incluiria ainda quatro correspondentes bancários americanos e a subsidiária espanhola, o Banco de Madrid.

O banco então sofreu intervenção da autoridade monetária, com o afastamento do escalão administrativo e a substituição deles pelos interventores. A partir daquele momento, todos os processos internos foram readequados e analisados com o objetivo de detectar possíveis infrações.

Não houve em nenhum momento preocupação com a liquidez ou solvência do banco, mas sim em identificar clientes que pudessem estar usando o banco para fins ilícitos. Tanto que dentro do quadro de intervenção foi procurado separar os ativos, dívidas e contas de bons clientes e negócios legítimos daqueles que não estavam em conformidade. Inclusive, à época, clientes do mundo todo foram “convidados” a se apresentar pessoalmente na sede do banco em Andorra.

Até onde eu pude ler, os clientes comuns não perderam nada do que estava depositado ou investido. Possíveis prejuízos foram relacionados a medidas como limitação de transferências e saques durante a intervenção. Inclusive alguns clientes formaram grupos para contestar legalmente o modo como a intervenção foi feita e as perdas relacionadas a ela.

Os ativos bons do banco deram origem ao Vall Banc, que foi então vendido ao grupo J.C. Flowers, uma empresa americana de investimentos no setor financeiro.

Enfim, o banco herda uma expertise de décadas no setor de Private Bank europeu e uma ampla gama de clientes, com ativos acima de € 800 milhões.

Atualmente o banco está sendo bastante seletivo com a aquisição de clientes, tanto que requerem presença física em alguma das agências localizadas em Andorra para informar a origem do dinheiro e a sua atividade econômica.

Andorra é um país estável, com poucos e sólidos bancos locais. Mesmo com o problema envolvendo o Banca Privada d’Andorra em 2015, acredito que o país continua sendo adequado para quem quer internacionalizar. Ainda mais agora que os bancos devem estar bem mais seletivos e evitando qualquer tipo de cliente que possa acender uma luz vermelha em Washington.

Pra finalizar, separei o vídeo abaixo, para apresentar um pouco mais desse pequeno país:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Este post tem 18 comentários

  1. Um país de impostos tão baixos parece um sonho distante para quem reside no Brasil.

    1. Investidor Internacional

      Olá Francis,

      Até 2015 era melhor ainda.

      Mas eles são bem abertos à imigração, só é preciso ver todos os requisitos necessários.

      Abçs!

  2. Muito obrigado por mais esta matéria. Continue assim, sempre com dicas valiosas sobre as melhores opções de contas no exterior. Recentemente encontrei o Finance Bank, do Líbano. Gostaria que opinasse a respeito, pois estou em dúvida se é uma boa opção. O país não é conhecido por seus serviços financeiros, a não ser que isso esteja mudando.

    1. Investidor Internacional

      Olá Thomas,

      Líbano para não residentes significa Private Bank.

      Não encontro este que você citou entre os principais do país.

      Em breve poderei abordar este país também.

      Abçs!

  3. Me chamou atenção o catalão. Não sabia que existia um país colado que fala catalão. Talvez a briga pela separação da Espanha tenha mais fundamentos que simplesmente questões econômicas.

    1. Investidor Internacional

      Olá Armando,

      Andorra é o único país do mundo em que a língua oficial é o catalão.

      A separação da Catalunha é por questão étnica e cultural mesmo.

      Muitos países da Europa acabaram sendo formados misturando povos diferentes. Os bascos dentro da própria Espanha são outro grupo diferente.

      Abçs!

  4. sempre um trabalho mais que interessante eu diria super importante por expandir nossos horizontes com informações tão relevante.

  5. Muito obrigado II, muito interessante para quem já acumulou um bom patrimônio.

    Como sugestão para um futuro artigo, me interessa muito saber mais sobre o Chile. É um país próspero, próximo, com impostos baixos e dívida pública controlada, ainda que nos últimos anos esteja em déficit.

  6. Parabéns pelo post! Que tal publicar uma tabela ou infográfico com a lista dos 11 países para abertura de conta bancária e classificá-los, com valor mínimo de investimento e impostos? Gosto muito deste blog!

    1. Investidor Internacional

      Olá André,

      Obrigado por comentar.

      Já tenho uma lista de bancos.

      Você pode clicar em cada um para ver os detalhes. Inclusive muitos detalhes mudam sem aviso.

      O ideal mesmo é ver o estilo do banco e entrar em contato para saber os detalhes.

      Abçs!

  7. ola amigo, sabe me dizer se existe algum banco na Colombia que aceite abertura de contas de estrangeiros? Conta para livre movimentacao depositos e transferencias. Obrigado. Exclentes artigos…

  8. Olá,

    Alguma dica de conseguir trabalhar no mercado financeiro na Espanha, em Madrid? Acho que na capital deve ter mais mercado.

    Obrigada,

    Renata

    1. Investidor Internacional

      Olá Renata,

      Infelizmente não tenho dica não.

      Talvez procurando ofertas em bancos, corretoras e administradores de recursos de lá você consiga encontrar alguma coisa.

      Abçs!

  9. Já estive lá, a propósito adorei o site!

Deixe uma resposta

Posts mais lidos

Fechar Menu