Planilha de juros compostos não serve pra nada

Planilha de acúmulo de capital

Muitos irão discordar, mas a verdade precisa ser dita

Todo bom site de educação financeira que se preze tem uma planilha de juros compostos, também conhecida como simulação de poupança, acúmulo de patrimônio ou de acumulação de capital.

Você deve conhecê-la. Neste tipo de planilha, você coloca o valor inicial da aplicação, o valor das aplicações mensais, a rentabilidade do investimento, o tempo da aplicação e ela calcula quanto de dinheiro você terá ao final do prazo. Algumas, como essa abaixo, permitem até descontar a inflação:

 

planilha de juros compostos
Exemplo de Planilha de acumulação de capital

 

No exemplo acima, o investidor tinha um valor de 50 mil reais para iniciar o investimento. Depois aplicou mensalmente 5 mil reais. A rentabilidade de 0,7% ao mês é bem condizente com as taxas de juros atuais, assim como uma inflação mensal de 0,3%. Baseado nisso, temos um acúmulo de mais de 3 milhões e 300 mil reais ao final dos 30 anos já corrigidos pela inflação.

Quando eu comecei a me educar financeiramente, achava essas planilhas o máximo. Ficava brincando com os números. Subia uma porcentagem aqui, tentava aumentar as aplicações mensais, tudo para ver que resultado teria em 20 ou 30 anos.

Não dá para negar que é bastante estimulante perceber que aplicações aparentemente pequenas por um longuíssimo período podem render milhões. Entretanto, esse resultado não passa de uma ilusão e irei explicar o porquê.

Bonito no papel e inútil na prática

Quantas coisas são lindas no papel, mas quando colocadas em prática não têm o mesmo efeito? Esse tipo de planilha é exatamente assim. Quanto trazida para o mundo real, deixa de ter o mesmo valor.

Veja só todas as variáveis usadas para calcular o valor futuro dos investimentos:

  1. Saldo inicial
  2. Aplicação mensal
  3. Tempo de aplicação
  4. Rentabilidade mensal
  5. Inflação mensal

São cinco variáveis principais. Uma pequena mudança em alguma delas já cria um resultado totalmente diferente.

No exemplo abaixo, aumentei a inflação para 0,4% ao mês:

Exemplo de Planilha

São mais de 600 mil reais que você deixaria de ter se a inflação fosse apenas 0,1% ao mês maior.

Mas não é aí que eu quero chegar.

O fato é que qualquer um dos cinco fatores (com exceção do primeiro) são absolutamente impossíveis de serem definidos. Mais impossíveis ainda considerand prazos longos como 20 ou 30 anos. Ok, talvez você possa definir a aplicação mensal para sempre, mas a inflação irá devorá-la.

Veja só quanto os produtos do supermercado custavam no ano 2000 e sinta o que é inflação:

folheto do supermcado - inflação
Folheto de supermercado no ano 2000

 

Hoje mesmo eu vi esse Café sendo vendido a R$ 10,90 e o pão francês aqui sai em média a R$ 0,90 cada.

Você certamente precisará aumentar progressivamente o valor das aplicações para pelo menos descontar a inflação, mas aí entra um outro problema.

O nível de renda e de gastos de cada pessoa (ou um casal) flutua com o tempo, então a disponibilidade para realizar investimentos varia também. Pode haver promoção ou mesmo perda do emprego. Gastos imprevisíveis com saúde também podem impactar.

Ou seja, não é possível definir um valor exato de aplicações mensais pelos próximos 5 anos, que dirá pelos próximos 30. Mesmo para quem é funcionário público, pode haver surpresas boas ou ruins no meio do caminho.

A outra questão é que não é possível saber com exatidão a rentabilidade dos investimentos. A não ser talvez que você compre um CDB prefixado com vencimento em 30 anos, algo que não existe no mercado. No exterior, é possível comprar Bonds com vencimento em 30 anos, ou mesmo Bonds perpétuos, sem data de vencimento. Mas quem quer ficar preso por 30 anos a juros baixos como nos patamares atuais, correndo muito risco inflacionário?

Mesmo aplicações indexadas pela Selic fluturam muito nos últimos 10 anos:

Variação da Selic

Quem conseguiria prever de antemão que a flutuação seria essa?

Quem usou uma planilha de juros compostos em 2012, deve ter usado uma rentabilidade anual em torno de 7,5%. Quem usou em 2015, deve ter usado mais de 14% ao ano. Ao longo de 20 ou 30 anos essa divergência daria uma diferença de milhões de reais no resultado final. Mesmo assim, nenhum deles seria condizente com a realidade, pois já nos primeiros anos a variação na taxa foi imensa.

No gráfico abaixo, temo a curva do IPCA junto com a curva de variação da Selic:

variação da taxa selic e ipca

Alguém lá 2009 imaginaria que a inflação fosse flutuar desta forma? Mesmo com a questão das metas de inflação, pode-se ver que a inflação furou o teto por diversas vezes, tendo sido muito superior a ele em 2015 e 2016.

Mesmo assim, inflação medida por índice é apenas uma média. Não condiz com a variação de nossos gastos mensais. Inflação, ou neste caso, aumento de gastos é algo muito individual. O surgimento de filhos, gastos com saúde, mudança de residência ou de padrão de vida afetam muito mais as contas de uma casa do que pesquisas de preço poderão inferir.

O que pelo menos eu posso tirar dessa planilha?

No termo em que elas são criadas, que seria saber quanto dinheiro você terá daqui 20 ou 30 anos se economizar e investir tanto por mês, nada mesmo.

Mas você pode sim, entender que os juros compostos funcionam sim e de maneira exponencial no longo prazo, que você deve investir todos os meses em ativos que farão você ter mais dinheiro no futuro, seja sob a forma de juros, ganho de capital ou dividendos.

Também é importante saber que quanto maior for o seu patrimônio, mais renda ou ganhos ele será capaz de gerar, o que não é algo muito difícil de entender.

Em termos práticos, o que você pode fazer é calcular quanto você está economizando e investindo todo mês, qual está sendo a rentabilidade dos seus investimentos e quanto o seu patrimônio tem crescido mensalmente. Você pode sim traçar metas para ter tanto patrimônio daqui 5-10-20 anos e fazer o possível para alcançá-las, mas não será algo tão linear assim.

Portanto, é mais realista fazer os cálculos com os valores das suas aplicações, seus rendimentos e acompanhar a evolução do seu patrimônio com o passar do tempo do que colocar números numa planilha e aguardar ter aquele valor daqui 30 anos.

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Este post tem 34 comentários

  1. Avatar

    Excelente análise.

  2. Avatar

    Olá II,

    Concordo com você. As coisas mudam muito. Os aportes ao longo dos anos podem crescer ou baixar. O importante é procurar um jeito de aumentar os aportes e investir melhor. Assim no longo prazo os objetivos traçados serão alcançados.

    Abraços!

  3. Avatar

    Raphael,

    Muito bom o seu post.
    As coisas mudaram muito do ano 2000 até hoje.
    Gostei do folheto que postou, o contraste com a atualidade é gigante.

    Boa semana,

    1. Raphael Monteiro

      Olá Rosana,

      Tudo muda muita rápido. Não dá para acreditar que premissas colocadas em uma planilha valerão por 30 anos.

      Abçs!

  4. Avatar

    Existe outra variável muito importante que não foi analisada no seu artigo: a tributação. No Brasil a carga de impostos sobre os investimentos é muito alta (em alguns casos a tributação é mensal) que compromete muito a rentabilidade final do investimento.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Hélio,

      Exato. Teria que considerar IR a cada vencimento de CDB ou outra aplicação não isenta. Nos fundos ainda haveria come-cotas.

      É impossível conseguir calcular tudo.

      Abçs!

  5. Avatar

    verdd
    sao varias variaveis

  6. Avatar

    Raphael uma duvida
    existe corretoras quem oferece acesso a diversos mercados
    minha duvida e o seguinte ser eu abir uma conta no canada onde Brasil e canada tem acordo de bitributação e compra atravez da plataforma corretora ativos da suiça por exemplo onde Brasil nao possuir acordo como fica esta questao de imposto operando esses desta forma

    1. Raphael Monteiro

      Olá Cleberson,

      É uma boa pergunta. Valeria a pena enviar para a Receita.

      A meu ver, não existe uma resposta 100% correta, mas eu considero o lugar onde está o investimento, no caso a Bolsa da Suíça.

      Abçs!

  7. Avatar

    Bela Explicação! Nunca fui adepto destas Planilhas. Igual aquele sobre gastos que sempre indicam fazer para ver onde está indo o dinheiro. Concordo com elas, para quem realmente ainda não se organizou.
    Eu, após ter mudado hábitos de compra, transfiro todo mês 10% do meu salário para investimentos assim que entra na conta início do mês. O resto me viro durante o mês e vou gastando com consciência.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Isac,

      A planilha de gastos é boa para quem não tem controle do que gasta. Não é todo mundo que precisa.

      Abçs!

  8. Avatar

    Excelente texto Raphael. Voce e um dos financial influencers que sigo, mas de longe e o que mais traz verdades alem das que ja estao estampadas por ai. O futuro e tao imprevisivel quanto esses calculos de rendimentos com aplicacao dessas taxas atuais. Mas uma prova da necessidade do que deve ser feito no agora. Te falar que algo que me preocupa de verdade nessa aplicacoes visando esse futuro (logo ali ou longinquo, que seja) sao as provaveis e possiveis guerras que vao destruir muita coisa (dizimar se nao todos, grande parte da populacao) e uma outra que me preocupa ate mais que guerras, que e a queda do sistema financeiro atual. Sera que voltaremos ao escambo? Sera que Bitcoin e uma solucao? Investir no hoje pensando no amanha e interessante e sadio, mas ate quando esse amanha vai existir dessa forma como conhecemos? Ok ok… nao da pra viver somente o hoje como se nao houvesse amanha (esqueci a palavra pra isso)… mas esperar esse futuro prospero para viver tambem se torna cada vez mais uma incognita.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Marcus,

      O mundo já passou por tanta coisa, inclusive guerras e estamos ainda aqui.

      Não me preocupo tanto com isso. O importante é investir em algo que tenha valor.

      Abçs!

  9. Avatar

    Muito bom o texto Raphael. Como disse o Marcus Moraes, você falou muito bem as verdades na análise que fez. Sou um investidor recente em Bolsa de Valores. Procurei estudar um pouco antes mas ainda preciso aprender muito. Atualmente uso o meu banco para fazer as aplicações, mesmo sabendo que estou perdendo valores em pagamentos de taxas. Espero poder acompanhar mais seus textos e publicações para me atualizar. Se puder dar mais dicas agradeço. Obrigado pela análise. Muito bom.

  10. Avatar

    Excelente análise Raphael. Realmente é impossível adivinhar o que vai acontecer nos próximos 24 meses, quando muito em 20 ou 30 anos. Mas para aqueles que não conseguem guardar/acumular dinheiro, a planilha serve como uma indicação e um incentivo para que alguém comece a investir/acumular mensalmente um recurso para o futuro. A planilha pelo menos dá um norte para aqueles que não tem hábito de aplicar mensalmente e serve como um objetivo a ser alcançado. No final das contas alguém que tenha seguido a planilha com certeza vai ter algum montante guardado, quem não gosta de enxergar um número de 7 casas lá na frente? Melhor isso, caso contrário muitos não teriam ou não terão nada no futuro. Um abraço.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Campos,

      Acho que usar um sistema de metas baseados na situação individual de cada um e realizar um acompanhamento com o tempo para ver se está cumprindo, mais realista e prático.

      Só de saber que a curva é exponencial já é um ótimo começo.

      Abçs!

  11. Avatar

    onde baixa a planilha?

    1. Raphael Monteiro

      Olá Gustavo,

      O artigo é justamente para mostrar que ela não serve pra nada. 🙂

      Abçs!

  12. Avatar

    ola Raphael conforme a duvida em cima perguntei pra receita obtive uma resposta curta e direta
    resposta receita: Eventual imposto pago na Suíça não poderá ser compensado.
    entao isso diz q operações daytrade ou swinq trade serei taxado no pais de origem das operações
    ou tou engando..

    1. Raphael Monteiro

      Olá cleberson,

      Então o entendimento é que vale a bolsa onde está o ativo.

      Daytrade e Swing Trade são operações de ganho de capital. Não são tributados lá.

      Abçs!

      1. Avatar

        Vale a bolsa onde o ativo é negociado ou Vale o país onde o ativo está domiciliado?

        1. Raphael Monteiro

          Olá Roberto,

          No meu entendimento, vale o país onde está sendo negociado o ativo.

          Abçs!

  13. Avatar

    Raphael,
    Vc poderia incluir as tabelas de planos de Previdência que tb são as maiores tranqueiras do mercado.

  14. Avatar

    Vdde pura e simples. E pensar que muitas vezes no passado realizei vários exercicios mentais com essas calculadoras rsrs. O post foi esclarecedor e vem ao encontro do que tambem acho hoje em dias delas.Na realidade nem pra moedas de paises desenvolvidos elas servem quanto mais para uma moeda exótica como o real.

  15. Avatar

    Excelente! É uma referência totalmente hipotética que pode acabar frustrando o investidor, principalmente o iniciante!
    (Lendo todos os seus posts. Parabéns!)

    1. Raphael Monteiro

      Olá Pio,

      Exatamente. É uma ilusão que não tem a menor chance de dar certo.

      Abçs!

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão

Fechar Menu