Elon Musk: Loucura ou Genialidade

Elon Musk

Goste dele ou não, é impossível negar que Elon Musk tem causado um rebuliço no planeta

Eu não sei se ao terminar de ler este artigo e ficará empolgado ou com medo, mas vamos lá.

Bom, esses dias eu me deparei com um vídeo no YouTube que mostrava todo o processo que culminou com a instalação de um cabo transoceânico que comunicava a América do Norte com o Reino Unido.

Vou resumir a história primeiro e depois lhe mostro onde quero chegar.

Em 1844, após anos de testes e desenvolvimento feitos por um gama de inventores, a primeira mensagem enviada por telégrafo comunicando cidades foi realizada por William Morse. Antes disso, a única maneira de enviar mensagens era de maneira física, seja com o uso de cavalos ou carruagens ou pela ainda incipiente indústria férrea.

O empresário Cyrus West Field inicialmente seria o responsável por instalar um cabo que comunicasse os Estados Unidos com o extremo leste do Canadá, resolveu esticar “um pouquinho” para que o cabo chegasse até Londres, centro econômico do mundo à época.

Houve muito ceticismo por parte do público e pelo enorme gasto de dinheiro público e privado para concretizá-lo.Muita gente achava desnecessário e que isso não melhoraria a felicidade das pessoas.

Mesmo assim, Field contratou os melhores cientistas e engenheiros da época para desenvolver um cabo que suportasse o ambiente hostil do mar e transmitisse os dados do telégrafo de ponta a ponta. Mesmo assim, houve diversas falhas e rompimentos de cabo, até que enfim, em 1858, ele foi conectado nas duas extremidades.

Imagine o avanço que foi pra época poder comunicar instantaneamente as informações sobre os mercados europeus, avisos de guerras e paz, relações diplomáticas, etc. Foi basicamente o nascimento da globalização como conhecemos hoje.

Este breve documentário conta um pouco dessa história.

O que isso tem a ver com Elon Musk?

Elon Musk, como já publicado em artigo anterior, foi um dos fundadores do PayPal, pioneiro no sistema de métodos de pagamento online. Ele poderia ter embolsado alguns milhões e mudado pro Havaí, mas preferiu criar novos empreendimentos.

E quando se trata de novos empreendimentos, Elon Musk não está interessado em criar uma nova maquininha para cartões de crédito e nem em uma nova camiseta que absorvesse suor, ele pensa em algo “um pouco” maior, do tipo causar disrupção de toda a indústria automobilística mundial e colonizar Marte.

Em 2002, ele fundou a SpaceX, uma fabricante privada de veículos espaciais, cujos lançamentos de foguetes são transmitidos ao vivo pela internet e onde os propulsores são reaproveitáveis e voltam para a base depois de terem se desprendido do foguete. É algo surreal.

A Tesla não foi fundada por ele, mas ele foi um financiador importante e depois se tornou presidente da empresa. O ano era 2004 e a empresa mais debatida do mundo hoje estava nascendo.

Além da Tesla, ele também está envolvido em outras companhias como “The Boring Company” focada em infraestrutura, túneis, logística, “OpenIA” focada em inteligência artificial, machine learning e jogos competitivos e a “Neuralink”, focada em próteses, medicina e robótica.

Basicamente Elon Musk está envolvido nas seguintes indústrias:

  • Aeroespacial
  • Automotiva
  • Energia Solar
  • Armazenamento de energia
  • Satélite
  • Transporte de alta velocidade
  • Expansão planetária

Muitos podem pensar que a Tesla é apenas uma nova fabricante de carros ou, no máximo, uma empresa que fabrica carros elétricos. Se você ainda tem essa ideia, calma que você não sabe nem metade da história.

Antes de continuar, peço que você faça o seguinte exercício mental. Para cada nova ideia que surgir, pense se você acredita que ela está mais para genialidade ou loucura. Depois responda à pergunta no final do artigo.

A Tesla é viável?

O que mais se critica a respeito da Tesla é que a produção de carros é muito devagar e ela não consegue entregar o que promete, gerando enormes prejuízos nos resultados trimestrais. Além disso, muitos críticos dizem que a empresa não seria capaz de fabricar carros com a mesma produtividade dos grandes nomes, como GM, VW e Toyota.

Em 2018, foram comercializados 1,26 milhões de carros elétricos. Uma alta de 73% frente ao a 2017 e três vezes mais que em 2016. Para 2023, projeta-se, numa análise otimista, 26 milhões de unidades, o que corresponderia a 1/3 das vendas de todos os veículos do mundo! Para isso se concretizar, é absolutamente necessário uma grande queda do preços das baterias.

Você deve estar pensando “como seria possível multiplicar em 20 vezes a produção de veículos elétricos em apenas 5 anos?”.

Basta pensar de forma exponencial e não linear. Você conhece a curva de adoção de novas tecnologias?

É esta abaixo:

curva em s

No começo a progressão é lenta. Produzir, divulgar e vender a nova tecnologia para clientes pela primeira vez é mais difícil. Existe muito ceticismo e não há um histórico para saber se aquilo realmente é bom. No caso de carros, isso fica claro. Você não gostaria de gastar 90 mil dólares para comprar um e ver o fabricante falir 2 ou 3 anos depois.

Agora saiba que em 2018, a Tesla fabricou mais carros que em toda sua história pregressa. Foram cerca de 350 mil veículos fabricados no ano. O grande responsável por isso foi o Modelo 3, o mais barato da empresa.

Veja na imagem abaixo a evolução da produção trimestral de carros da Tesla:

Produção Tesla Model 3 S Y

Percebeu que essa curva se encaixa perfeitamente na fase de infância da curva em S e ela está muito perto do ponto onde a curva dispara para cima?

A Tesla não irá aumentar a produção de carros de pouco a pouco com o passar dos anos. De um ano para outro, a produção vai subir 100, 200 ou 300%. A questão é a empresa conseguir planejar este ganho de escala. E Elon Musk sabe disso.

De forma bem realista ele acredita que em 2021 a Tesla venderá 1,5 milhão de carros elétricos e 3 milhões em 2023. É uma multiplicação de 9 vezes em apenas 5 anos.

O maior erro dos analistas é ficar preocupado com resultados trimestrais e número de carros fabricados por semana. Nesta fase da tecnolgia um mês a mais ou a menos, pode mudar os resultados de forma expressiva. Há diversos contratempos e situações inesperadas, que tumultuam a agenda. No atual passo, é muito provável que o grande salto se dará provavelmente entre 2021 e 2023.

Carros autônomos serão realidade algum dia?

Muita gente enxerga hoje um modelo Tesla apenas como um veículo diferente e não no contexto mais amplo de Elon, com toda a tecnologia embacada e capacidade de atualização.

“Nós vemos nossos carros no longo prazo como carregadores de software autônomo” -Elon Musk

Mesmo eu que acompanho muito sobre desenvolvimento de novas tecnologias, fico surpreso com as novas informações divulgadas pela Tesla e pelo quão perto eles estão de algo extraordinário.

“Eu acho que nós conseguiremos terminar um veículo totalmente autônomo até o final de 2019, o que significa que o carro será capaz de identificá-lo no estacionamento, pegá-lo, levá-lo ao seu destino sem qualquer intervenção sua. Diria que estou certo disso. Não há ponto de interrogação.” -Elon Musk

Ficou supreso? Veja agora:

“As pessoas às vezes extrapolam isso para ‘agora isso funciona com 100% de perfeição, não requerendo qualquer observação adicional’. Não é o caso. Uma vez que estes atributos estejam prontos, então começamos a marcha dos 9. Quantos noves de confiabilidade você deseja? E quantos por cento os reguladores concordam em ser confiável?” -Elon Musk

Isso significa 99%, ou 99,9%, ou 99,99%, ou mesmo 99,999% e assim sucessivamente. O raciocínio vale para tudo. Qual o percentual de confiança no funcionamento do equipamento você gostaria de ter quando pulasse de paraquedas? E quando pulasse do bungee-jump?

Você sabia que a função de ascensorista vem de uma época em que operar um elevador era perigoso? Será que os motoristas terão o mesmo fim?

Agora sente na cadeira.

“Quando nós poderíamos pensar que seria seguro para alguém essencialmente dormir e acordar no destino? Provavelmente no final de 2020. É quando eu acho que será seguro fazê-lo. Não sei quando os reguladores concordarão.” -Elon Musk

Qual o segredo para se chegar neste nível?

Dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados, dados.

Responda agora: Qual fabricante de automóveis tem os dados sobre todos os carros já fabricados por ela? Chegou à conclusão que só tem uma? Sim, apenas a Tesla. Os modelos da Tesla são softwares ambulantes que coletam todos os dados possíveis e imagináveis a respeito de como milhares de motoristas dirigem dia após dia, em todas as condições, seja chuva, sol, neve, com alagamento, furacões, incêndios, estradas com sinalizações ruins, pinturas mal feitas, sujeira na pista, animais e mais um monte de situações vividas no dia-dia.

Tudo isso é enviado pela rede da Tesla e analisado de forma detalhada pela companhia. Nenhum outro fabricante de carros ou startup de veículos autônomos tem. São dados reais, de pessoas reais, de situações reais, tudo transformado em dados e dissecado por redes neurais e inteligência artificial.

Segundo Elon Musk, a Tesla tem 100 vezes mais dados que qualquer outra empresa da área e é por isso que ela tem feito um progresso estupendo nessa área. O sistema de piloto automático completo da Tesla já entrará em produção nas próximas semanas e será cerca de 2000% superior ao sistema atual da Nvidia.

Elon afirma ainda que com o novo hardware desenvolvido é possível criar um veículo totalmente autônomo que seria 1.000% mais seguro que um motorista humano. Sim, mais seguro que você mesmo.

Carros são bens de consumo ou investimento?

Todo educador financeiro gosta de crucificar o carro, como algo que gera muita despesa e que atrasa sua independência financeira.

Seus problemas acabaram!

Um carro autônomo basicamente pode trabalhar para você durante todo o período que você não esteja utilizando. Nas 24 horas do dia, nós utilizamos o carro geralmente por 2 horas ou menos dependendo da cidade onde mora. Nas outras 22 horas ele pode ser seu funcionário, sem os encargos trabalhistas.

Como isso funciona?

A Tesla acabou de lançar seu sistema FSD, ou Full-Self Driving Computer. É um hardware composto por 2 chips principais, cada um capaz de realizar 72 trilhões de cálculos por segundo. Por questão de confiabilidade, os 2 fazem as mesmas análises e os mesmos cálculos sobre a situação do carro e precisam concordar. Além disso, existe ainda tem um CPU backup que entra em função, caso os principais falharem.

As câmeras presentes nos carros da Tesla conferem uma supervisão para o carro, muito além do que nós como motoristas somos capazes. São câmeras que cobrem 360 graus ao redor do carro e são capazes de analizar 2.100 quadros por segundo.

Com um carro capaz de fazer tudo sozinho, a Tesla planeja integrá-lo em um aplicativo que funciona como uma mistura de Uber com AirBnB e por onde você poderá “alugar” o seu carro para outras pessoas.

É ver para crer:

Agora, o que vem à sua cabeça quanto à possibilidade de entrar no seu carro, dormir e acordar no seu destino? Já imaginou porder fazer outras atividades no caminho sem correr o risco de causar um acidente ou ser mudado?  Já imaginou seu carro trabalhar de forma paralela a você, gerando uma renda passiva como táxi autônomo? Já imaginou você comprar um carro parcelado e o próprio carro trabalhar para se pagar? E tudo isso de forma segura e sem emitir qualquer partícula de poluição.

Seria o fim da Uber.

Se eu falasse isso talvez você não acreditasse, mas vindo do Elon Musk que conseguiu colocar em prática muita coisa que se julgava impossível, no mínimo temos que respeitar.

É possível ter carros voadores? 

Acha que terminou? Ainda não. Eu falei que o sujeito pensa grande, não falei?

Chegou a ler este tweet do Elon Musk publicado em 2017?

Tesla Roadster Voador

Muita gente achou que era brincadeira, mas tenho a sensação de que ele estevisse falando sério. Lembra dos propulsores da Space X que trazem partes do foguete de volta ao solo? Ligou os pontos?

Tesla Roadster Voador

Não foi em 2015 como o filme “De Volta Para O Futuro 2” previu, mas pode acontecer em breve. Você acredita?

Conclusão

Quando se acha que a humanidade chegou ao máximo em termos tecnológicos, surgem pessoas como Elon Musk e Cyrus West Field que de forma incansável e cercado dos melhores profissionais do mundo levam tudo a um novo patamar.

E você, depois de ler tudo isso, acha que as ideias e os projetos de Elon Musk estão mais para loucura ou genialidade? Responda nos comentários.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Este post tem 43 comentários

  1. Avatar

    Blz Raphael.
    Vc viu a pancada de Beyond Meat na estréia?
    Isso é loucura…..rsrssrs

    1. Raphael Monteiro

      Olá YNVEST,

      Vi sim. Quando começam a acontecer esses oba-obas já sabemos o que significa.

      Abçs!

  2. Avatar

    Toda a genialidade é loucura até ao momento que faz sentido.

      1. Avatar

        Será que veremos um homem de ferro voando pelos céus.

  3. Avatar

    Otimo artigo Raphael. Trabalho com tech e acredito que o futuro sera autonomo em todos os sentidos e verticais comerciais. Mas, para essa tech ser 100% dependente de energia renovavel, sao outros 500. Falando somente em baterias – qual a disponibilidade dos metais basicos para se fazer o numero necessario de baterias que o mundo precisa/vai precisar? E o impacto economico e ambiental dessa mineracao como esta sendo feita hoje? Esses metais estao no limbo da regulamentacao hoje, como ja foi o caso do petroleo ha mtos anos, e ja sabemos que os governos nao gostam de ficar de fora ne? Enfim, pra mim, esses fatores serao primordiais em definir o sucesso da Tesla e outras empresas que dependem e/ou pregam energia limpa. E ai, se a Tesla for bem sucedida, cai a Uber e muito mais.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Karen,

      Obrigado por comentar.

      Sim, tem vários fatores em relação as baterias, incluindo o preço que precisa cair e a questão da mineração.

      Acredito que conforme aumentar a demanda da indústria, as mineradoras investirão mais para fornecer os metais.

      Abçs!

    2. Avatar

      Muita gente vem comprando papéis de lítio na NYSE.

  4. Avatar

    Faço das palavras do José as minhas também.
    Vejo as criações de Elon Musk como muito disruptivas, mas acredito que a maioria delas não são para as gerações que habitam hoje o planeta.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Rosana,

      Eu também pensava assim, mas analisar desta forma é pensar de maneira linear.

      Veja o Facebook. Ninguém participava e de repente todo mundo estava lá.

      Veja os smartphones. Meio que do nada todo mundo passou a ter um.

      Veja o Uber mesmo. Ninguém usava e em questão de meses passou a ser a principal forma de locomoção de muita gente.

      Para entender tecnologia deve-se pensar na curva em S. O boom acontece bem na sua cara e você nem percebe.

      Se o Brasil não fosse uma república bananeira movida a manivela, não duvidaria que o meu próximo carro seria elétrico.

      Abçs!

  5. Avatar

    obrigado pela info Raphael. será que o ponto fraco disso tudo não é a possibilidade de se hackear o sistema? ate as criptos – que supostamente são o top do anti-hacker – já sofreram ataques bem sucedidos.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Satir,

      Boa pergunta. Não lembro de ninguém questionar o Elon sobre isso.

      Vou mandar um e-mail para ele.

      Abçs!

  6. Avatar

    Elon Musk é gênio. Não tenho dúvidas de que o futuro já está escrito! Parabéns Raphael pelo excelente artigo!

  7. Avatar

    Olá Raphael.
    O que é “loucura hoje” quase sempre é realidade amanhã.
    Muito bom esse seu artigo, mas vc já ouviu falar sobre o Projeto Pittsburgh?!

      1. Avatar

        Não sou o Marcos, mas acredito que seja o projeto Pittsburgh do UBER.

        Antes de tudo, desculpa por qualquer interrupção.

        1. Raphael Monteiro

          Olá Juan,

          Não tem como comparar o sistema da Uber usado LIDAR em ambientes simulados ou com pouco experiência de mundo real com os dados da Tesla colhidos por câmeras em milhões de km de situações reais envolvendo todos os carros produzidos até hoje.

          Elon Musk disse que o LIDAR não tem futuro nos veículos autônomos.

          A Tesla está uns 4 anos à frente da concorrência, o que é uma eternidade em termos tecnológicos. Não dá nem para comparar.

          Procure Tesla Autonomous Day no YouTube.

          Abçs!

      2. Avatar

        É um projeto de carros e caminhões autônomos da Uber. Na vvd uma casa de reserch brasileira é que deu esse nome como forma de mkt. Na cidade fica a sede da Uber. Mas as informações são verdadeiras. 75% do gasto da Uber é com motoristas. Eliminando esses motoristas via carros autônomos, bingo!!!!!!! custo jogado na lona.

        1. Raphael Monteiro

          Olá YNVEST,

          Não sabia que tinha esse nome, mas imaginava que era o sistema autônomo da Uber.

          O sistema autônomo da Tesla foi anunciado agora em abril. Faz uns 15-20 dias.

          Os sistemas da Uber e da Waymo acabaram de ficar obsoletos. O sistema da Tesla é melhor e já está em vias de ser colocado no mercado.

          Abçs,

          Raphael

          1. Avatar

            Cara, acho que vai ter espaço pros dois.
            Acho a Uber mais global. A Tesla me passa uma imagem mais elitizada, de ótimos produtos, só que pra uma minoria.
            Não seria o caso só dos usuários Tesla usarem o produto, como uma espécie de Apple Store?

            Tava lendo tb sobre as infraestruturas das cidades pro sistema rodar redondo. Não só internet de última geração como tb estradas decentes.

  8. Avatar

    Genial. Parabéns!

    Entevista com com Tallis Gomes, criador do Easy Taxi, comentando sobre o mercado que conhece – sem comentar sobre o futuro com a Tesla. Hoje já é uma empresa/mercado que não gera faturamento e a concorrência somente aumenta.

    https://youtu.be/-PrKLrMah7Q

    Abs.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Pablo,

      Acredito que o IPO do Uber gerará um certo zum-zum-zum no dia e depois seguirá o caminho das ações da Lyft.

      Será um desafio muito grande tornar o negócio lucrativo para o acionista.

      Abçs!

      1. Avatar

        Olá Raphael,

        Acredito que sim também. Mas fiquei pensando em outro mercado, o do lítio.
        Em rápidas pesquisas vi que não temos nenhuma opção para investimento na Bovespa. Algumas explorações no Brasil são através da Sigma. Mercado concorrido por algumas 4 empresas – americanas, canadenses e chilenas (um dos maiores exploradores).
        Somente com a divulgação (2018) de algumas montadoras de que não irão produzir mais carros a combustão a partir de 2026, as ações da Sigma subiram.E creio que a tendência é verticalizar. E olho no Grafeno, que pode ser uma substituição futura ao Lítio. Preciso acelerar meu processo ao Passaporte Internacional! Abs.

        1. Avatar

          NYSE/NASDAQ vc encontra.

        2. Avatar

          Será que o futuro das baterias não virão do nitrogênio?

  9. Avatar

    Otimo artigo! Musk é um visionario. O problema é que acredito que todas previsões que ele tenha feito até hoje não se concretizaram no momento em que ele previu. Isso principalmente quando falando sobre as empresas dele onde o gap de previsão e concretização é de varios anos. Acho que tem grandes possibilidades da Tesla não ter capital suficiente para chegar lá…
    De novo, acredito na visão mas não necessariamente na Tesla

  10. Avatar

    Bons pontos Raphael mas Musk tem outros concorrentes. Hoje em dia para ser exatamente disruptivos você deve criar algo e lançar no mercado com velocidade que assuste aos concorrentes. Quando eles começarem a pensar, o produto já está à venda em larga escala e aí sim você domina o mercado por um tempo. Lembra do iTunes? Do iPhone? Após poucos anos eles ganharam concorrentes de peso.

    Concordo com tudo o que você falou mas o risco de ter os concorrentes no cangote dele é o que faz o risco aumentar. O próprio Google já desenvolve o carro autônomo dele há anos. Em 2014 quando fui ao Google eu ví o teste do carro autônomo no campus.
    Na minha opinião, ou ele acelera esse projeto, ou não vai ser o boom esperado, uma vez que os concorrentes também já pensam nisso.

    Pra finalizar, o caso do cabeamento até Londres era em uma época que a concorrência não tinha como saber o que alguém estava fazendo. Hoje basta entrar no twitter.

    Abraço!

  11. Avatar

    Sem falar que a ideia do Musk é que vc não gaste mais com combustível nesses carros elétricos. Vc vai ter telhas solares que estarão na sua garagem para “reabastecerem” o carro qdo vc voltar do trabalho e qdo for no supermercado, por ex., vai deixar o carro carregando nas inúmera tomadas disponíveis no estacionamento.
    Vamos aguardar

    1. Raphael Monteiro

      Olá Walace,

      Exato. Ele está criando todo um ecossistema ligado à energia elétrica.

      Abçs!

  12. Avatar

    Essa questão da Tesla é complicado, eu particularmente acho que na próxima grande crise o Elon Musk vai acabar sendo preso pela justiça americana.

    Pois além das milhares de trapalhadas (para não dizer fraude mesmo) que ele vem fazendo hoje não duvido que na próxima grande crise quando a Tesla quebrar por não conseguir financiar seus prejuízos bilionários comecem a aparecer fraudes nos balanços, manipulações contábeis e etc…

    Mas é aquela coisa, essa é uma resposta que somente o tempo nos dirá, mas eu pelo menos to fora… rsrsrsrsrs

    1. Raphael Monteiro

      Olá Luiz Carlos,

      Eu não sei se é pra tanto, mas o Elon Musk exagera e fala o que não deve no Twitter.

      Abçs!

  13. Avatar

    Não acompanho muito as notícias da Tesla, mas a construção da SpaceX é algo de se aplaudir em pé (focando nos aspectos de inovação), em conjunto com outros players eles estão reconfigurando a indústria aeroespacial.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Financionauta,

      Sim, a SpaceX está com avanços incríveis na indústria espacial.

      Cada lançamento é um espetáculo.

      Abçs!

  14. Avatar

    Sou fã de caras como Elon Musk e Jeff Bezos porque eles sonham e realizam muito grande! Criam cidades novas do zero e planejadas, estão na vanguarda de muitas coisas que afetam toda a humanidades etc.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Gilmar,

      É verdade. Eles são fantásticos e colocam os sonhos em prática.

      Abçs!

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão

Fechar Menu