7 ETFs americanos para quem deseja viver de renda

Viver de renda

Conheça ETFs que vão colocar dinheiro no seu bolso

Depois de ter falado sobre 10 ações americanas que distribuem bons dividendos, decidi fazer este vídeo para mostrar uma lista de ETFs montados com o objetivo de distribuir renda.

São ETFs que investem em diversos ativos geradores de renda, como bonds, ações comuns, ações preferenciais, ativos híbridos, REITs, etc.

É importante prestar atenção nas características de cada ETF, incluindo os ativos nos quais eles investem e como eles conseguem aumentar a distribuição de dividendos. Isso terá um profundo impacto na rentabilidade total de sua carteira, pois cada um possui uma dinâmica própria.

Viver de renda por meio de investimentos é um desejo que muitas pessoas têm, mas é algo que deve ser bem planejado

Não esqueça de se inscrever no canal e ativar o sininho para receber as notificações.

Bons investimentos!

Aviso: Declaro que não sou analista de valores mobiliários. As informações discutidas no artigo possuem propósito educacional e refletem única e exclusivamente meus estudos, pesquisas e opiniões. Não devem ser consideradas como recomendação de investimento.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Este post tem 16 comentários

  1. Avatar
    Sobreposição

    Parabéns pelo seu vídeo!!! Fiquei com uma dúvida, escolho apenas um dos seis etfs ou seria melhor dividir o capital entre eles?? Se for para dividir o capital entre eles, não haverá muita sobreposição de ativos pois em alguns as grandes posições são das mesmas empresas?

    1. Raphael Monteiro

      Olá,

      Como eu falei, não são recomendações, mas sim para dar um panorama sobre os ETFs voltados para renda.

      Cabe a cada um entender seu perfil e fazer as alocações necessárias. Em caso de ETF, ler o prospecto e a estratégia para ver se o investimento faz sentido para os seus objetivos.

      Abçs!

  2. Avatar
    Marco Aurélio

    Parabéns mais uma vez pelo detalhamento e qualidade das informações!
    Somos bem desprovidos aqui no Brasil ainda de tamanha diversificação!
    Vou me inscrever no seu canal!
    Um abraço!

    1. Raphael Monteiro

      Olá Marco,

      A ideia foi justamente essa. Mostrar toda a variedade de ETFs que estão disponíveis nos Estados Unidos.

      Abçs!

  3. Avatar
    André

    Olá, obrigado pelas informações. Uma dúvida, os dividendos desses ETFs são reinvestidos neles mesmos ou são realmente distribuídos para os investidores?

    1. Raphael Monteiro

      Olá André,

      Nos Estados Unidos, todo ETF distribui dividendos. Apenas na Europa você encontra os dois tipos, acumulação e distribuição.

      Abçs!

  4. Avatar
    Francisco J Garcia

    muito boa sempre sua analises.
    O JGP me parece o mais interessante pela qualidade da carteira.

  5. Avatar
    Antonio Mussoi

    Boa tarde André, para quem recolhe impostos aqui no Brasil, de ganhos no exterior, os dividendos distribuídos pelos ETFs, assim como os de ações, são sujeitos a 30% de retenção (withholding) na fonte, correto? Obrigado

    1. Raphael Monteiro

      Olá Antonio,

      Sim. No caso dos Estados Unidos, há 30% de imposto retido na fonte caso o investidor seja não residente e não haja acordo para evitar bitributação.

      Abçs!

  6. Avatar
    André

    Nos EUA existe esse acordo para evitar bitributação? Pelo que entendi, seriam cobrados 30% sobre os dividendos na fonte nos EUA, mais 15% no Brasil.

    Esse imposto de 15% no Brasil, é cobrado só quando o dinheiro é trazido para cá, ou só de receber na corretora americana eu já terei que declarar por aqui?

  7. Avatar
    osiris

    Bom dia Rafael. Como investidor eu acho mais interessante ETF e ações que não pagam dividendo (mas tem crescimento), pois evita a tributação (desde que dentro dos limites). Tomando essa afirmação como premissa, qual (is) ações/fundos você sugere para compra?

    1. Raphael Monteiro

      Olá Osiris,

      Investir em ETFs que não pagam dividendos é uma estratégia interessante para quem já iria mesmo reinvesti-los.

      Eu não posso sugerir ETFs.

      Abçs!

  8. Avatar
    Potengy

    Rafael, eu fiquei com uma dúvida na pergunta do Osiris. Com o crescimento do ETF (com sua valorização) e não pagamento de dividendos, caso você queira realizar o lucro, seja no curto, no médio ou no longo prazo, não há incidência do imposto? Se houver, para mim não fará diferença alguma. Estou certo?

    1. Raphael Monteiro

      Olá Potengy,

      Se o volume total de vendas do mês estiver dentro do limite de isenção de 35 mil reais, não há.

      Ele quis dizer imposto sobre os dividendos, que nos EUA é de 30%.

      Abçs!

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão