Ações da Fastly: como investir?

ações da fastly

Uma nova empresa exponencial no ramo da tecnologia

Depois de ter abordado a Roku na série sobre ações exponenciais, chegou a vez da Fastly.

As ações da Fastly (NYSE:FSLY) podem ser uma opção para quem se interessa por tecnologia e procura um porto seguro no meio da pandemia.

Como eu expliquei no artigo “Como investir na infraestrutura do século 21?” as empresas de tecnologia ligadas à internet são o que o petróleo e as estradas representavam no século 20. São serviços essenciais para os dias de hoje.

A Fastly  foi fundada em 2011 diretamente no Vale do Silício e realizou seu IPO em maio de 2019 ao preço de 16 dólares por ação.

O que ela faz? Ela é, de maneira geral, um Content Delivery Network (CDN) ou Rede de Entrega de Conteúdo. É o serviço responsável por entregar websites e aplicativos de forma rápida e segura em qualquer computador ou smartphone do mundo.

Como um CDN funciona?

Um CDN é composto por uma rede de servidores espalhados pelo mundo, notadamente perto do grande público consumidor de internet. Por mais que os grandes serviços de nuvem, como Azure da Microsoft ou AWS da Amazon, concentrem grande parte do conteúdo da internet mundial, seria muito demorado e ineficiente que cada usuário do planeta precisasse acessar diretamente os servidores centrais.

Desta forma, a Fastly é responsável por descentralizar esse tipo de conteúdo em sua rede espalhada pelo mundo, mais perto dos usuários. É um serviço que demanda bastante, pois além da segurança necessária, é preciso estar sempre atualizando o conteúdo para ele representar fielmente o que está nos servidores principais de seus clientes. Mudanças de preços em produtos e resultados parciais de uma eleição, por exemplo, precisam estar sendo atualizados rápida e constantemente (em questão de milissegundos) para que o usuário receba a informação mais nova e fidedigna.

Não só a atualização, como a entrega do conteúdo no computador ou smartphone das pessoas precisa ser rápida. Ninguém gosta esperar muito tempo para acessar uma página ou um aplicativo. Estima-se que apenas 1 segundo a mais na abertura de uma página de e-commerce pode representar mais de 1 bilhão de dólares a menos na receita pelo simples fato do usuário desistir de esperar.

A loja virtual que contrata a Fastly quer que um possível comprador de qualquer lugar do mundo tenha o produto exibido na tela instantaneamente. Por isso, é necessário que a informação esteja próxima ao público consumidor para que o trânsito de dados se complete mais rapidamente.

A Fastly possui 68 POPs (Pontos de Presença) estrategicamente posicionados nas regiões mais povoadas de 26 países em 6 continentes visando economizar milissegundos de espera que valem bilhões.

Além do serviço de CDN, a Fastly oferece outros serviços nesta mesma linha:

  • Edge Cloud Platform e Edge Compute Technology: é todo  o sistema que processa essas aplicações o mais próximo do usuário possível
  • Otimização de imagem: ajusta a qualidade e tamanho das imagens para que sejam entregues na sua tela de maneira eficiente
  • Vídeo e streaming: procura oferecer vídeo sob demanda e lives de forma rápida e sem travamentos
  • Nuvem e segurança: a ampla rede de computadores da Fastly é capaz de detectar ataques e vulnerabilidades que podem ameaçar a segurança dos clientes.

Competição e Crescimento

Ninguém atua sozinho em um serviço tão fundamental para o funcionamento da internet. Afinal de contas, metade do tráfego mundial da internet passa em um CDN. A maior empresa do setor chama-se Akamai (NASDAQ:AKAM) e uma outra concorrente direta, que também abriu capital recentemente é a Cloudfare (NASDAQ:NET). Fastly é a menor, mas a que cresce mais rápido.

A Fastly possui no momento clientes de alto crescimento, como abaixo:

  • Shopify
  • Spotify
  • Slack Technologies
  • Ticketmaster
  • Github

O crescimento da empresa em termos de receita tem sido fenomenal desde o IPO e o valor gasto por cliente tem aumentado ainda mais. Como a Fastly cobra por volume de dados, quanto mais as pessoas usarem serviços como Spotify, por exemplo, mais ela precisa pagar pelo serviço.

Essa é a evolução do preço da ação (azul), da receita (vermelho) e do lucro por ação (laranja):

Conclusão

As ações da Fastly estão se beneficiando do aumento do consumo de internet em meio a quarentena. Entretanto, a tendência para os próximos anos é a de que esses serviços continuem cada vez mais demandados pelos consumidores. Serviços de streaming de vídeo e música, bem como comércio online ainda têm muito o que crescer e a Fastly está pronta para entregar esse conteúdo rapidamente a quem pedir.

Aviso: Declaro que não sou analista de valores mobiliários. As informações discutidas no artigo possuem propósito educacional e refletem única e exclusivamente meus estudos, pesquisas e opiniões. Não devem ser consideradas como recomendação de investimento.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Este post tem 6 comentários

  1. Avatar
    Investidor

    A infraestrutura da internet é realmente um setor fascinante e menos conhecido do que empresas tecnológicas que atendem o varejo mais diretamente. Inclusive, uma das empresas que Warren Buffet investe na Berkshire Hathaway é a Verisign, que há anos provê registro de domínios de sites (um mercado virtualmente ilimitado).

    1. Raphael Monteiro

      Olá Investidor,

      É verdade. Tem muita empresa que fornece serviço para as grandes da internet, mas que a maioria não conhece.

      Abçs!

      1. Avatar
        YNVEST

        Raphael,
        Falando nesse assunto, outro dia pesquisando descobri a Entegris (ENTG). Faz produtos químicos usados em chips e semicondutores. Empresa bem redonda e dando lucros constantes. Será que vale uma resenha dela aqui no site?

  2. Avatar
    YNVEST

    Vlw Raphael. Obrigado.

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão