Como é uma loja da CVS nos Estados Unidos

loja da cvs

A saída da CVS do Brasil não é um bom sinal

Ontem, dia 26, foi concluída a venda da Drogaria Onofre, controlada pela americana CVS Health (NYSE:CVS), para a RaiaDrogasil (B3:RADL3). A rede que possuim 50 lojas, sendo 47 no estado de São Paulo, teve receita bruta de 479,4 milhões de reais em 2018. As ações da RaiaDrogasil reagiram bem, subindo 3,28% no dia do anúncio e 7,4% hoje.

Eu particularmente uso a Onofre quando preciso de algo com uma certa urgência. Eles entregam em até 4 horas na Grande São Paulo e em até 90 minutos na cidade de São Paulo. É ótimo para quem não tem tempo ou está com dificuldades de se locomover até uma farmácia.

Como eu mostrei no artigo sobre Nova Iorque, estive nos Estados Unidos ano passado para resolver uma pequena burocracia, abrir uma conta bancária e aproveitei para passear. Uma das coisas que mais me chamou a atenção foram as farmácias, ou drogarias no caso. É possível encontrar de tudo no andar de baixo delas, com os medicamentos sendo vendidos no andar superior.

Além disso, algumas das lojas da CVS possuem Clínicas Minuto (MinuteClinic®), onde profissionais de enfermagem e paramédicos atendem queixas corriqueiras e não-urgências. Não bastasse, a CVS oferece uma consulta através de Vídeo-Chamada para quem não puder ir pessoalmente.

É um outro patamar de variedade de serviços que a nossa estúpida legislação nos proíbe de usar. Já pensou o tanto que seria benéfico para as pessoas se cada farmácia pudesse ter um médico de plantão?

Bom, como surgiu essa notícia, eu acabei me lembrando de ter feito um vídeo dentro de uma loja da CVS em Nova Iorque. A sessão de cervejas acabou ficando num outro vídeo mais curto, mas eles vendem uma variedade enorme. Neste, entretanto, eu mostro mais produtos.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Este post tem 12 comentários

  1. Avatar

    Legal, eu conheço a CVS e realmente é um ótimo padrão.

  2. Avatar

    Acho complicado um médico em farmácia. É claro que será pressionado a prescrever medicação ao paciente. É claro também que no Brasil, hoje, ainda que atendendo nas redes particular e pública,boa parte de médicos trabalham na prática para laboratórios e óticas, induzindo pacientes (clientes) para a indústria da doença. Definitivamente a ética anda longe da profissão mais nobre de todas.

    1. Raphael Monteiro

      Olá, Jocelio,

      Esse possível conflito de interesses é uma preocupação que eu já tive.

      Por outro lado, acredito que pessoas morrendo na fila sem atendimento e sem remédio é muito mais grave do que isso.

      Os benefícios superam em muito os possíveis problemas.

      Abçs!

  3. Avatar

    Amigo, eu cheguei a comprar essa ação pois fiquei muito impressionado com a CVS qnd morei nos EUA.
    Eles também aplicam vacinas, medicamentos, fazem curativos, coletam exames e etc. além de venderem muita coisa diferente.

    Acho que essa ação está muito injustiçada no seu valuation atual. Mercado de saúde nos EUA é um colosso e os americanos gostam mesmo da CVS. Agora sobre o fato de vender a Onofre, provavelmente com prejuízo, é um fato ruim, operar no Brasil é muito difícil, talvez eles não tenham arrumado bons executivos e uma boa equipe pra tocar aqui e desistiram, a gente nunca vai saber, quem sabe tenha sido muitos processos trabalhistas ou coisas da ANVISA e vigilancia sanitaria ou um jogo pesado da Raia Drogasil para fazer um dumping.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Frugal,

      Eles estão passando por algumas situações nos EUA, como a compra bilionária da Aetna e um “goodwill impairment”, que estão impactando nos resultados.

      Vamos ver como a empresa reagirá.

      Abçs!

  4. Avatar

    Tbm conheço a CVS ´s de Miami EUA, a variedade de produtos é ótima. Entretanto, ainda conseguir comprar vitaminas mais em conta no Walmart. Acredito que eles mesmo estão tentando se reestruturar, por que o mercado de farmácias é bastante competitivo no Brasil, nos EUA só vi mais Walgreens i e a CVS .

    1. Raphael Monteiro

      Olá Hellen,

      Eu vi muita CVS e poucas Walgreens. O que é interessante é que lá existe uma certa sobreposição dos serviços de farmácia com serviços médicos, supermercados e, por que não dizer, até restaurantes.

      É outro modelo, bem diferente do Brasil.

      Abçs!

  5. Avatar

    Bem, isso é bom ou ruim? vale a pena investir da RADL3 ?

    1. Raphael Monteiro

      Olá José,

      O mercado reagiu bem para a RADL3, mas a avaliação de valuation e quanto ao negócio em si é tarefa de cada investidor.

      Abçs!

  6. Avatar

    CVS foi minha primeira ação nos EUA junto com Berkshire. Ela caiu bastante e comprei mais. Estou acompanhando ela mais de perto após a compra da Aetna mas de qualquer maneira ainda acho uma boa opção. Ela só não pode cortar os dividendos que isso é morte para uma empresa nos EUA. Enquanto isso vou comprando mais um pouquinho.

    Em reação ao Brasil…. sem comentário empreender por aqui. Frugal sabe bem né ?!

    Abraços.

    1. Raphael Monteiro

      Olá BPM,

      Não queria te chatear, mas CVS e Kraft-Heinz está fazendo a alegria dos vendidos.

      São empresas boas, mas que estão passando por um momento difícil.

      Abçs!

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão

Fechar Menu