Costco

Costco

Conheça a Costco, mais uma empresa que está ignorando a pandemia e a crise econômica

A Costco Wholesale Corporation (NASDAQ:COST) foi fundada em 1976 e foi pioneira na venda de produtos baratos por meio de armazéns no estilo atacarejo, como é conhecido no Brasil. É atualmente a terceira maior varejista do mundo, a 14ª maior empresa da Fortune 500 e possui cerca de 137 bilhões de dólares em valor de mercado. São 258 mil funcionários e 785 lojas em 12 países, a grande maioria nos Estados Unidos.

Os armazéns da Costco vendem produtos tão variados quanto eletroeletrônicos, vestuário, joalheria, bebidas, hortifruti, panificação, carne, frutos do mar, rotisserie, medicamentos, ótica, combustível e etc.

Apesar de ser a terceira maior varejista do mundo, uma grande parte dos lucros (cerca de 70%) vem do recebimento das anuidades pagas pelos seus 101 milhões de membros. À princípio, surpreende que a empresa dependa mais das anuidades do que da venda de produtos em si. Falarei mais sobre isso adiante.

Em termos de distribuição geográfica, vemos que os Estados Unidos, que detém a maior parte das lojas é o grande responsável pelo desempenho da companhia, com 73% da receita e 64% do lucro operacional. O Canadá vem logo em seguida, com 14% da receita e 19% do lucro operacional. Os demais países vêm logo depois.

O modelo de negócio

O segmento de supermercado é uma parte do varejo caracterizada por altas receitas, baixas margens e pouca retenção de clientes. Vende muito, sobra pouca e o cliente compra cada dia em um lugar. Neste ambiente competitivo, a Costco elaborou um modelo para se destacar.

O seu sistema de filiação conseguiu unir excelentes preços a uma alta fidelidade da clientela. A taxa de renovação é de 90,9% e isso gera 3 bilhões e meio de dólares em receita por ano. É um número que cresce ano após ano graças ao aumento do número de filiados e à elevação da taxa. É um dinheiro que praticamente entra limpo no caixa, gera uma altíssima margem e permite à companhia vender produtos de varejo praticamente a preços de atacado.

Esse modelo é tão bem implementado pela Costco que permite a ela bater os preços do bicho-papão do varejo mundial, a Amazon. Coloque “Costco beat Amazon” no YouTube e encontrará vídeos como esse:

Ao contrário do Wal-Mart que chega a oferecer 140 mil itens em suas superlojas, a Costco se limita a vender entre 3 e 4 mil itens. Ela sabe escolher uma variedade de produtos que vendem bem e que não sobrecarregam a logística.

Por vender alto volume de uma menor variedade de produtos, ela é capaz de comprar dos fabricantes a preços menores. A Costco é tão eficiente que chega a vender o estoque antes mesmo de precisar pagar.

Quem já visitou Makro, Atacadão ou Sam’s Club no Brasil sabe que esse tipo de loja é bem espartano. É um verdadeiro armazém, com embalagens gigantes e produtos ainda nas caixas. Não se investe para tornar a loja bonita e atraente. O objetivo é vender muito a preço baixo.

O modelo de filiação também permite um controle maior do fluxo de pessoas nas lojas e um conhecimento aprimorado do comportamento dos consumidores. Isso é usado para adequar o estoque ao fluxo das lojas, impedindo que faltem ou sobrem produtos.

O fosso competitivo é justamente receber anuidades que permitem vender bons produtos a preços extremamente baixos. Não só vendem as marcas mais famosas, como uma marca própria, chamada Kirkland Signature. Por ser própria, gera margens maiores.

Associado às lojas, a Costco vem aperfeiçoando o seu modelo de e-commerce. Como sabemos, a internet tem sido desruptiva para as varejistas. O modelo de comprar e coletar na loja tem alcançado sucesso. A entrega de hortifrutis no mesmo dia também.

Em resumo, a economia de escala, os preços baixos, as anuidades, a lealdade dos clientes e uma seleção adequada de produtos formam a armadura que protege a empresa dos concorrentes de tijolo e das lojas virtuais.

Os números da Costco

Abaixo vemos a evolução dos números da Costco no decorrer dos anos. Em azul, o preço da ação. Em vermelho o lucro por ação. Em verde a receita. Em laranja o dividendo por ação.

Como vemos, é uma empresa em constante evolução nos últimos anos. O dividendo, por exemplo, tem sido elevado anualmente desde 2004.

Conclusão

Costco é uma empresa de altíssima qualidade, com diferenciais competitivos interessantes, que  permitem a ela sobreviver à Amazon e ao Coronavírus. Por estar em um segmento não-cíclico (supermercados) é também menos sujeita a crises econômicas.

É fundamental para empresa manter seus fiéis clientes pagando as anuidades, que são o verdadeiro responsável pelos lucros. Para isso, precisará manter e aprimorar a sua capacidade de manter uma boa seleção de produtos a preços muito competitivos.

Até o momento, a empresa tem conseguido sucesso e os acionistas têm sido muito bem recompensados.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Este post tem 6 comentários

  1. Avatar
    Fábio

    Raphael, parabéns pelo conteúdo que você disponibiliza. São informações muito relevantes e interessantes para que quer investir e conhecer sobre investimentos no exterior.
    Espero que continue com seu belo trabalho aqui neste site.
    Grande abraço!!!

  2. Avatar
    Ivan Jacomassi Junior

    Olá Raphael, muito bom seu artigo.

    Onde encontramos dados financeiros e patrimoniais das empresas americanas ? existe um canal semelhante ao que o “TradeMap” ou “Fundamentus” fazem ? De forma que possamos avaliar o P/VPA por exemplo ?

  3. Avatar
    Douglas

    Passando aqui para lhe agradecer por esses artigos com excelente conteúdo.
    *
    Domingo a noite sempre fico na expectativa do artigo “saindo do forno”
    *
    Obrigado

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão