PepsiCo

PepsiCo

Pode ser Pepsi com Ruffles?

A PepsiCo (NASDAQ:PEP) é uma das maiores empresas de alimentos do mundo. Foi formada em 1965 pela fusão da Pepsi-Cola com a Frito-Lay. A Pepsi-Cola, cuja formulação original data de 1893, foi criada pelo farmacêutico Caleb Bradham como Brad’s Soda. Em 1898, ele renomeou para Pepsi-Cola em homenagem a enzima digestiva pepsina. Já a gigante dos snacks, Frito-Lay, foi criada em 1932 também por outra fusão, entre a Frito Company e a H.W. Lay & Company.

Essas fusões históricas tornaram a PepsiCo uma gigante que possui hoje 22 marcas que vendem cada uma mais de 1 bilhão de dólares por ano. Para você ter uma ideia, a Coca-Cola possui 2 marcas a menos, ou seja, 20 marcas que geram mais de 1 bilhão de dólares em vendas por ano.

Das 22 marcas bilionárias da PepsiCo, 8 são de bebidas carbonatadas, 6 de bebidas não-carbonatadas e 8 são de snacks.

Bebidas carbonatadas:

  • Pepsi
  • Diet Pepsi
  • Mountain Dew
  • Diet Mountain Dew
  • 7 Up (internacionalmente)
  • Sierra Mist
  • Mirinda

Bebidas não-carbonatadas:

  • Gatorade
  • Tropicana
  • Aquafina
  • Lipton (com a Unilever)
  • Brisk
  • Starbucks RTD Beverages (com a Starbucks)

Snacks:

  • Lay’s
  • Walkers
  • Doritos
  • Ruffles
  • Fritos
  • Cheetos
  • Tostitos
  • Quaker

As marcas da PepsiCo são amplamente conhecidas no mundo todo. Gatorade é a marca líder em bebidas esportivas com 46% do mercado global e 70% do mercado americano. Aquafina é a terceira água mais vendida dos Estados Unidos. Lipton é a marca de chá vendida em mais de 100 países. A Pepsi é o famoso refrigerante. Sierra Mist é a Sprite da PepsiCo e Mirinda é a Fanta. Na parte de snacks, Lay’s, Ruffles e Doritos estão entre os mais vendidos do mundo. Diferente das demais marcas, a Quaker possui uma série de produtos com aveia e diversos outros cereais. Seria a marca de alimento com apelo mais “saudável”.

Por mais que as bebidas sejam as mais conhecidas, a maior parte das vendas vem dos alimentos. Se somarmos a Quaker e a Frito-Lay temos 40% do lucro operacional da PepsiCo. Em termos geográficos, temos 57% das vendas nos Estados Unidos e 43% do mercado internacional.

E uma das armas da PepsiCo para alcançar tamanho domínio no mercado são as suas marcantes campanhas publicitárias como essa abaixo:

O negócio da PepsiCo

Como você viu a PepsiCo é uma gigante capaz de aproveitar ganhos de escala e sua enorme rede de distribuição para vender marcas de comidas e bebidas amplamente conhecidas em todo o mundo.

A vantagem em relação a Coca-Cola se deve ao fato da combinação balanceada entre bebidas e snacks, enquanto que a maior parte das vendas da concorrente vem das bebidas gaseificadas. Isso confere maior flexibilidade a PepsiCo frente às preferências do consumidor.

Além de usar a mesma rede de distribuição e vendas, são produtos complementares. Quem compra uma batatinha acaba levando um refrigerante também. São produtos com uma demanda inelástica, apesar dos refrigerantes já há algum tempo terem sido considerados vilões e responsáveis por casos de obesidade.

Hoje, a mudança para uma alimentação mais saudável com foco em alimentos frescos e bebidas naturais ainda representa uma ameaça para os negócios da empresa. Muitas grandes companhias de alimento processado têm sofrido para adaptar seus produtos a esse novo cenário e a Kraft-Heinz Company é o grande exemplo disso.

A PepsiCo tem a escala e os recursos para investir em bebidas e snacks com baixos teores de açúcar e sódio e seguir as novas demandas e desejos do mercado consumidor, bem como se adequar a aspectos regulatórios. Ela pode testar novas marcas, sabores e tipos de snacks e bebidas mais saudáveis ao mesmo tempo que oferece os produtos “menos saudáveis” para seu enorme público.

E se por um lado uma grande parte das vendas feita internacionalmente é prejudicial no momento em que o dólar está muito valorizado, isso pode ser benéfico caso a moeda americana perca valor.

Últimos resultados

A PepsiCo divulgou os resultados referentes ao terceiro trimestre de 2019 no início de outubro, com os seguintes destaques:

Receita de U$ 17,19 bilhões (+4% ano a ano).

Crescimento orgânico da receita de 4,3%.

Receita de acordo com o segmento:

  • Frito-Lay América do Norte: U$4,11 bilhões (+5,5%)
  • Quaker Foods América do Norte: U$576 milhões (+1.5%)
  • América Latina: U$1,90 bilhão (+2%)
  • Bebida América do Norte: U$5,64 bilhões (+3.5%)
  • Europa e África Sub-Saariana: U$3,35B (+6%)
  • AMENA: U$1,61B (+5%)

No momento, a PepsiCo possui valor de mercado de U$ 190 bilhões e sua ação se encontra na faixa de 136 dólares. Negocia a Preço/Lucro de 15,6 para os últimos 12 meses, EV/EBITDA de 17,1. O dividend yield atual é de 2,78%.

PepsiCo Dividendos
Evolução dos dividendos anuais da PepsiCo

Conclusão

A PepsiCo é uma grande e tradicional empresa do segmento de alimentos e faz parte do setor de consumo não-cíclico. A empresa tem conseguido aumentar as vendas ano após anos, mesmo que numa intensidade baixa, o que mostra que ela vem se adaptando às novas exigências dos consumidores.

Suas marcas são fortes e já conhecidas de consumidores do mundo todo. Isso permite à companhia operar com margens maiores e a ter maior lucratividade frente aos concorrentes. Também confere a ela um conforto financeiro que a permitiu aumentar a distribuição de dividendos anualmente nos últimos 47 anos, o que torna a empresa uma Aristocrata dos Dividendos.

A ação da empresa é compatível com investidores que desejem uma ação de baixa volatilidade e que distribua (estes sim) saudáveis dividendos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Este post tem 4 comentários

  1. Avatar

    Gostei muito da apresentação, gostaria de informações de outras Cias., que estão listadas na Bolsa de Nova York, se possível.

    1. Raphael Monteiro

      Olá Miguel,

      Obrigado por comentar.

      Já falei sobre algumas empresas e outras ainda virão.

      Abçs!

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão

Fechar Menu