Por que abrir capital na Bolsa de valores?

bolsa de valores

Cada vez mais pessoas negociam ações, mas a maioria não sabe as razões desse modelo

Acredito que a maioria dos leitores do site esteja familiarizada com a compra e venda de ações em bolsa de valores. Entretanto, acredito que muitos acionistas jamais pararam para pensar sobre os motivos que levam uma empresa a abrir capital, listando ações publicamente.

Pode até parecer um contrassenso: “Se esta empresa é tão boa assim, por que você está vendendo uma parte dela?”

Para responder a essa pergunta, resolvi compilar uma série de motivos que levam as empresas a fazerem uma oferta pública de ações ou IPO (do inglês Initial Public Offering), seja na B3, na NASDAQ ou em qualquer outro mercado.

Motivos para abrir capital na bolsa de valores:

Levantar recursos para investimentos

Em geral, o principal motivo para uma empresa oferecer ações no mercado é levantar capital sem fazer dívida. Vamos supor que uma companhia esteja precisando de dinheiro para desenvolver uma nova linha de produtos e atender uma necessidade do mercado. Sua dívida está no limite do que os administradores consideram o ideal. Então a empresa vende uma parte da companhia e usa esse dinheiro para financiar o desenvolvimento, a produção, o marketing e a distribuição dessa nova linha de produtos.

Uma vez que a companhia se torna de capital aberto, maior é a facilidade com que ela pode emitir novas ações para financiar ainda mais seu crescimento. É o chamado follow-on. Vimos muitos no Brasil nos últimos meses. É um diferencial importante em relação às empresas de capital fechado.

Pagar dívidas

Outra razão para abrir capital é captar dinheiro visando reduzir as dívidas da companhia. Além disso, ao se tornar pública e ser obrigada a expor o balanço e a cumprir padrões de governança corporativa, o custo da dívida futura tende a diminuir. Isso permite que a companhia se refinancie a juros menores.

Dividir o risco de propriedade 

Quando uma companhia cresce, a abertura dela no mercado de ações atrai novos investidores (ou sócios) para a companhia e dilui o risco do fundador da empresa. Esses novos sócios, ao participarem da administração, trazem novos executivos, novos modelos, novas ideias, que contribuirão para o crescimento futuro da empresa.

Oferecer liquidez a fundadores e investidores iniciais

Muitos empresários passam anos, talvez décadas, desenvolvendo um negócio e pode surgir a necessidade de diversificar em outros ativos ou mesmo fazer caixa com outros objetivos. Ao vender parte das ações numa abertura de capital, os fundadores conseguem embolsar os lucros do crescimento da companhia até aquele ponto, ao mesmo tempo em que retêm parte (ou mesmo o controle) da companhia.

Além disso, muitos investidores que financiam o crescimento dessas empresas em estágios mais iniciais (como os fundos de private equity, venture capital ou investidores-anjo) precisam de um meio de saída para realizar o lucro quando a empresa atinge o patamar desejado. Esses investidores são especializados em entrar em negócios pequenos e sair quando eles ficam grandes, repetindo o processo com várias empresas. Falei sobre isso no artigo sobre as ações do Facebook.

Atrair talentos

Uma das formas das empresas de capital aberto atraírem os melhores profissionais do mercado é oferecendo a eles ações ou opções sobre ações. Dessa forma, a dedicação dos funcionários em dar o melhor e fazer a empresa crescer e as ações valorizarem é premiada de forma direta. Tanto ajuda a melhorar a remuneração, quanto alinha o objetivo dos funcionários com os da empresa.

Aquisição com oferta de ações

As companhias de capital aberto são capazes de realizar aquisições com o pagamento em ações ou uma mistura de ações com dinheiro de forma muito transparente. Isso reduz a necessidade de usar caixa ou se endividar para comprar alvos estratégicos para o futuro da  companhia.

Exposição

Uma companhia listada em bolsa de valores possui maior exposição “gratuita” do que uma companhia de capital fechado. Ela entra no conhecimento de bancos, fundos de investimento, investidores individuais, etc. Não deixa de ser uma forma de divulgação ou marketing indireto, que contribui para o fortalecimento e prestígio da marca.

Motivos para não abrir capital

Claro que existem ainda outros motivos que levam as empresas a permanecerem de capital fechado. No Brasil, é possível citar inúmeras grandes companhias de capital fechado, como por exemplo a indústria farmacêutica e as redes de televisão.

Há razões para não listar em bolsa:

  • Custo elevado com a listagem e processos burocráticos, como auditorias obrigatórias
  • Custo com atendimento a acionistas e divulgação de fatos relevantes e resultados
  • Não querer expor os números da empresa para a concorrência
  • Não ter que prestar contas a outros acionistas

Conclusão

Portanto, o mercado de capitais, particularmente o mercado acionário de Bolsa de Valores, é o local em que novas oportunidades e soluções são oferecidas para empresas de todos os setores. Cabe aos empresários saberem se o modelo de abertura de capital é o mais adequado para o crescimento de suas empresas.

Claro que nem tudo são flores.  Os investidores precisam tomar cuidado, pois muitos IPOs são feitos visando se desfazer de algum “abacaxi” sem modelo de negócio claro ou previsão de lucratividade. É preciso avaliar cada um deles para saber em quem vale e em quem não vale investir.

Aviso: Declaro que não sou analista de valores mobiliários. As informações discutidas no artigo possuem propósito educacional e refletem única e exclusivamente meus estudos, pesquisas e opiniões. Não devem ser consideradas como recomendação de investimento.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Este post tem 4 comentários

  1. Avatar

    muito obrigado pelo o alerta raphael muito enportante sua messages obrigado e de fatos q precisas sempre fazer avaliaçoes ,

  2. Avatar
    Pablo

    O famoso equity, comentado muito pelo Flávio Augusto, que está prestes a fazer um IPO da Wise UP.

Deixe uma resposta

Posts com maior repercussão